[Report] Santorini, 2017

Tinker Bell

Membro Conhecido
~ A nossa viagem a Santorini ~


Em Junho de 2017 fomos passar (quase) uma semana de férias a Santorini, para satisfazer a curiosidade que tinhamos em relação a esta ilha, cujas imagens são tão divulgadas.

Ao procurar alojamento, mesmo marcando com antecedência, rapidamente percebemos que estava quase tudo esgotado para essa altura, e que os preços são super elevados. Encontrar onde ficar, preenchendo os nossos requisitos, foi uma tarefa difícil e morosa. Acabámos por escolher um apartamento para ficar por três noites, em regime APA, e na última noite ficámos num hotel mais ao estilo de Santorini com vista para a Caldera. Isto porque nos tinham dito por aqui que ir para Santorini e não ficar com vista para a Caldera era quase um crime... e agora sou obrigada a concordar. :)

O vôo para a ilha foi nocturno, aterrámos perto das 03 da manhã. Tinhamos alugado carro para a totalidade da estadia pelo site da Motor Inn, e na chegada lá estava o senhor com o nosso nome, à espera. Tratámos da papelada e siga, férias!

O vídeo da nossa viagem :)

***


Dia 1

Depois de ir buscar o carro, fomos descansar um bocado e ver o amanhecer a Kamari. Comecei o dia a passear na praia deserta, rodeada de tranquilidade e com o som do mar como companhia. Depois fomos passear pelas ruas, pelas 06 da manhã já os gregos se preparavam para abrir os seus negócios, pondo tudo bonito para os turistas.

Ali encontrámos uma bancadinha a vender donuts, e o nosso pequeno-almoço foi assim.

Muito se gaba o pôr-do-sol em Santorini, mas este amanhecer marcou-me ainda mais. Um começo perfeito para as mini-férias. :) Adorei a experiência de estar numa praia vulcânica... Na minha opinião a areia negra ainda dá um toque mais mágico à ilha.

Kamari é encantadora e cheia de bares e restaurantes, com muita vida! Foi dos nossos locais favoritos, achámos que há muitos turistas mas também muitos locais, e gostámos bastante do ambiente. Reparámos também que grande percentagem da clientela por ali são noruegueses. Um dado que pode ser interessante...



Tinhamos que esperar pela hora de fazer o check-in no hotel, pelo que decidimos fazer esta manhã na praia de Kamari e descansar da longa noite. Escolhemos uma das espreguiçadeiras mais confortáveis e giras, primeira fila, e nunca ninguém nos veio exigir pagamento por isso. Mais tarde almoçámos no restaurante que tinha a concessão dessas mesmas espreguiçadeiras, e soube mesmo bem! Dívida paga, e com gosto. :rolleyes::)


Companhia ao almoço:

Ao longo deste dia apercebemo-nos que o carro tinha um furo, e por sorte a Motor Inn localiza-se mesmo ali em Kamari. Fomos até lá, falámos com eles, e logo nos deram um novo carro e disseram para deixarmos o antigo onde estava com a chave lá dentro. Impecáveis. O senhor até falava algumas palavras de português!

:rolleyes::rolleyes::rolleyes:o_O
 
Última edição por um moderador:

Tinker Bell

Membro Conhecido
Após o almoço decidimos partir para o hotel, que era numa zona diferente da ilha, na ponta de Oía mas mais atrás. Tivemos assim o primeiro contacto com o trânsito caótico, para o qual já tinhamos sido avisados... Uiii que medo! :D Ruas apertadas sem espaço para tanta gente e tanta variedade de veículos. Claramente sendo a maior parte turistas... E o pior é mesmo a quantidade de autocarros turísticos ali. :eek:

Esta não foi a minha primeira vez na Grécia, e o trânsito serviu para matar saudades. :rolleyes::D:)

A ilha foi-se adivinhando linda, com cores vivas; misturando o verde com o azul vivo do mar, e também o negro das rochas vulcânicas. Muito giro! De vez em quando parávamos num miradouro para apreciar tudo aquilo, e tirar algumas fotografias.

Há vinhas por todo o lado, muitas delas em socalcos. Também se vê muitas obras, edifícios a serem construídos e outros que claramente foram abandonados a meio do processo. E, acima de tudo, nunca tinha visto tantos hotéis na vida! Muitos com nomes de famílias e geridos dessa forma, nota-se perfeitamente que o turismo é a galinha dos ovos de ouro ali, e toda a actividade na ilha gira em torno disso.

Sobre o caminho:

O alojamento escolhido foi o Mare Nostrum Santo, com o qual ficámos muito satisfeitos. Dentro dos preços de Santorini, o deste era óptimo (um estabelecimento relativamente novo) e o pequeno almoço foi do melhor que já tive. Mais ao estilo de AirBnB que hotel, fomos recebidos pelos hosts e sentimo-nos em casa. Deixo em baixo algumas fotos.


Depois de instalados e aproveitar um bocado o nosso alpendre, resolvemos ir até Oía despachar logo o "famoso pôr-do-sol". :D:) É sem dúvida muito bonito, mas a quantidade de gente em Oía é de meter medo ao susto, e o tipo de pessoas que ali se concentram também (demasiados "bloggers" e "turistas da fotografia"). Gostámos muito de Santorini, mas Oía foi dos sítios que menos nos cativou em termos de local para ver o pôr-do sol! Mais à frente explico... Também não gostámos nada de ver os pobres burros escravizados pelo público referido, tanto aqui como um pouco por toda a ilha. :( Nada que nos tenha surpreendido, tudo correspondeu ao esperado, nesse caso infelizmente.

Reparei que há muitas casas ao abandono, e também muitas ruas fechadas e para "acesso privado". Pareceu-me que Santorini está completamente tomada por um tipo de turismo elitista, o que deixa ainda menos espaço para as massas se movimentarem sem haver atropelos...

Apesar de tudo o pôr-do-sol ali é lindo, e a luz dourada sobre as bonitas casinhas de Oía proporciona visões para recordar, sem dúvida. Aquela vista sobre a Caldera é de cortar a respiração, especialmente o dourado do final do dia. Foi uma boa experiência!

Gostei especialmente de ver, na altura em que o sol começa a baixar, os barcos a navegar de encontro ao pôr-do-sol. Imagino que seja muito giro passar de cruzeiro por ali. :) Também gostei da animação das esplanadas e dos restaurantes, daquele ambiente de verão de que tinha tantas saudades!



Nesta noite jantámos por ali, e descobrimos que Oía é muito mais simpática e bonita depois de toda a "multidão da selfie" ir embora, proporcionando excelentes passeios numa noite de Verão. :) Aí sim, adorámos! E por isso voltámos aqui várias vezes, ao longo desta viagem, mas nunca mais para ver o pôr-do-sol...

:rolleyes::D:D
 
Última edição:

Tinker Bell

Membro Conhecido
Dia 2

Começou com o delicioso pequeno-almoço do hotel, na rua com um lindo dia de sol a cumprimentar-nos.


Neste dia tinhamos decidido ir até Akrotiri, procurando fugir às multidões e explorar a ilha à nossa maneira, e assim o fizemos. Impressionante como o simples acto de nos afastarmos de Oía nos ofereceu logo estradas desimpedidas e recantos para explorar, raramente vendo outros turistas. E que recantos! Akrotiri ficou no top dos locais favoritos. Perdemo-nos por lá, a pé, várias horas. Comprámos souvenirs e tirámos fotografias. :) E apanhámos escaldão nos ombros e pescoço, claro está! :eek::D


Subimos ao castelo, seguindo os sinais que mostro abaixo em fotografias, e descobrimos um pitoresco bar/museu com uma vista fenomenal. Mais tarde ficámos a saber que é um projecto de um casal britânico que se mudou para Santorini, há uns anos, e fizeram ali a casa deles.



Em Akrotiri há uma boa oferta de cafés e bares que convidam a estar por ali, a descontrair e aproveitar a envolvência, longe da confusão.
 
Última edição:

Tinker Bell

Membro Conhecido
A atmosfera em Akrotiri é semelhante à de uma aldeia portuguesa no interior, quase não se via ninguém na rua... As poucas pessoas estavam em esplanadas ou fechadas em casa para se proteger do calor. Também aqui encontrámos muitas casas abandonadas ou em mau estado, e sinais de pobreza e da crise. Sentimos finalmente estar na verdadeira Grécia, não apenas num postal para os turistas.


Andámos tanto que acabámos por ter que voltar para trás, contrariados, porque já se estava a tornar ridículo ter alugado carro para andar ali à deriva e a torrar. :D


A caminho do carro, comprámos aqui umas recordações (fotos abaixo). A rapariga que aqui trabalhava era um amor, e contou-nos histórias da mitologia grega, fez-nos sentir ainda mais satisfeitos por ter gasto ali o dinheiro! Uma verdadeira simpatia. :) E vejam só a quantidade de coisas giras que por ali encontrámos...

 

Tinker Bell

Membro Conhecido
O objectivo seguinte era a Black Beach, pois dos pontos que tinhamos marcados no mapa era o "agora ou nunca" para ir até lá. Acabámos por desistir, devido ao mau estado da estrada de acesso, em grande parte influenciados pela experiência do furo no início das férias.

Pelo caminho parámos num miradouro, o qual também tinhamos marcado, com uma vista espectacular sobre a Caldera!



Continuando a percorrer o mapa, fomos riscar outro objectivo da lista, o qual também não esperávamos que impressionasse. Este foi literalmente ir ver e voltar. :rolleyes: A Red Beach! Lindíssima, sem dúvida, mas mais do mesmo em relação a multidões de turistas... sinal de fuga para nós. :eek::D


De regresso comprámos as melhores cerejas que já comi na vida, tão mas tão doces!!! Que delícia! Mas não comemos ali... Fomos "piquenicar" no nosso objectivo seguinte: Perissa.


Em Perissa gostámos muito do lado direito da praia, e detestámos o esquerdo - a praia está claramente dividida entre aqueles que buscam umas férias calmas e o tipo de público a que eu chamo "party party" (ao estilo de Ibiza, vá). Como resultado, o lado esquerdo estava cheio de bares com muito bom aspecto mas com música a altos berros, a abarrotar de gente - onde os grupos de americanos dominavam... :rolleyes: O outro tinha muito mais espaço livre e camas de massagem, etc ... :D E mais casais! hehehh

Perissa é bem gira, numa baía, e mais uma vez pode apreciar-se aquele mar azul em contraste com a areia negra. :) Passámos aqui o resto da tarde a relaxar e em modo férias.

 
Última edição:

Tinker Bell

Membro Conhecido
Mais tarde, a caminho do hotel... Paragem para um gelado, a apreciar a maravilhosa Caldera. A sério... Acreditem em mim... Isto é uma visão incrível, ao vivo, toda uma imensidão de azul. Que sonho!! :) Ou, neste caso, realidade... Por esta altura já sabiamos dar valor à ideia de ter um hotel com esta vista, apesar de estarmos super satisfeitos com o alojamento escolhido, ficámos ansiosos por ter essa experiência. Aconselho a todos que tenham isso em consideração! ;) E os lindos hotéis por onde escolher são mais que muitos...


Regressados à nossa Villa, vimos o pôr-do-sol no alpendre. :)


De seguida fomos até Oía, super amorosa ao anoitecer, buscar um local para jantar. Comi tão bem! Polvo grelhado, andava a sonhar com isso. :D E em teoria comemos com vista para a Caldera, só que não se via o mar... heheh só escuridão... E o ocasional cruzeiro iluminado. :) Muito romântico!


Terminámos a noite a passear por Oía, rendidos aos seus encantos. ;)
Não meto muitas fotografias porque não é necessário... já toda a gente conhece as características deste lugar. :p
 
Última edição:

Tinker Bell

Membro Conhecido
Dia 3

Este dia foi dedicado a explorar Oía, logo pela manhã. Já a tinhamos conhecido e adorado de noite, e já a tinhamos "desgostado" à hora de ponta. Estava na altura de lhe fazer uma análise completa! :D E assim foi...

(ligar o som se faz favor!)


E gostámos... Do lugar, gostámos muito. Mas à medida que a manhã foi avançando, chegou a um ponto que já não se podia respirar naquelas ruas com tanta (mas tanta) gente! Que horror! Demasiadas pessoas, pouco espaço e calor.

Há muito comércio em Oía, muitas galerias de arte e ourivesarias. E, curiosamente, muitos chineses a tirar fotografias de casamento! :eek:


(foto dedicada à @susy4 :) )
 
Última edição:

Tinker Bell

Membro Conhecido
Eventualmente escapámos e fomos passar a tarde no nosso alpendre, a relaxar aproveitar as férias. :) Seria o último pôr-do-sol na nossa querida villa, que pena! Gostámos mesmo imenso de ficar alojados ali. ;) Para o apreciar em grande, caminhámos até à praia e vimos este espectáculo sobre o mar.



De seguida, regresso a Oía para jantar e dar mais uns passeios.

 
Última edição:

Tinker Bell

Membro Conhecido
Dia 4

Depois do delicioso pequeno-almoço e check-out, fomos directos para Imerovigli para ver onde era o nosso próximo hotel. Depois aproveitámos para ir espreitar Firostefani, e gostámos tanto que por ali andámos a passear, até à hora do check-in no novo hotel.

Nesta manhã tive o prazer de me cruzar com o cenário na imagem abaixo, que já conhecia do report da pessoa que me "vendeu" Santorini... e por isso lhe dedico esta fotografia... :D @Nika heheh Foi um momento que prova que o pessoal aqui do Portal acaba por ser família, e "encontramo-nos" nas nossas viagens, mesmo sem ser fisicamente. :)


Após o check-in não há muito mais a acrescentar, porque o objectivo principal deste dia era relaxar no hotel. Tinhamos piscina e jacuzzi privado, as nossas próprias espreguiçadeiras bem confortáveis... e foi apenas lagartar e desfrutar do pôr-do-sol no sossego absoluto... Ironicamente todos os nossos vizinhos foram ver o mesmo a Oía, abdicando do privilégio de apreciar este espectáculo no conforto do hotel. Vá-se lá entender ... :eek::rolleyes::rolleyes: Mas melhor assim! :D

Esta foi sem dúvida a vista favorita de toda a viagem, e posso dizer-vos que mesmo passando ali tantas horas nunca por um momento me cansei de a apreciar. As fotos não lhe fazem justiça, como sempre, mas era simultaneamente arrepiante e relaxante.

Deixo algumas fotografias e um vídeo.


À hora habitual lá foram os barquinhos de encontro ao horizonte. :)


Uma tranquilidade que deixa saudades, das experiências mais especiais que já vivi! Valeu cada cêntimo.

À noite saímos para jantar, aproveitar a excelente noite de Verão e experimentar a comida local!

 
Última edição:

Tinker Bell

Membro Conhecido
Dia 5

O dia da partida.


Depois do pequeno-almoço e aproveitar a manhã no hotel, lá fomos nós explorar as localidades que faltavam da nossa lista. Seguimos para Imerovigli, mas estava muito caótico e não apeteceu procurar estacionamento, por isso seguimos para Firostefani. Estacionámos aí o carro, e depois fomos a pé até Fira - um passeio muito giro.


Almoçámos por lá e fomos embora, para Kamari aproveitar a tarde. Para ser franca, detestámos Fira! Não podemos dizer que é mau, mas é o oposto de tudo o que gostamos num lugar. Tirando a vista e as ruas bonitas, rapidamente cansou.

Se adoram lojas e confusão, vão adorar Fira! Está cheia de vida e comércio "chique", e terá certamente muito para explorar. :)

E pronto, o resto do dia foi passado a descansar e não vale a pena acrescentar mais fotografias. ;)


À noite fomos para o aeroporto, entregar o carro - dentro do qual ficámos a dormitar até à hora do vôo... :D que era às 04 da manhã!

E assim fica aqui o simples relato das nossas férias em Santorini. Espero que gostem, e que possa ajudar alguém - perguntem o que quiserem.

Até à próxima! ;)
 
Última edição:

PauloNev

Moderador Sénior
Staff
Muito obrigado pela partilha.
Santorini é daqueles lugares que está no imaginário de quase todas as pessoas.
Belas fotos.
Boas viagens ;)
 

jnm

Membro Ativo
Olá @Maria B.
Que report fantástico!!!
Acabadinho de regressar de Santorini e consegui rever a minha viagem no teu report :)
Do meu ponto de vista apenas fica a faltar uma referência a Firostefani que para mim é o local mais bonito da ilha.
Com algum força de vontade ainda vai sair o meu report :D
 

Paulo Leite

Coordenador
Staff
Olá Srª Maria,

Grécia no geral e algumas ilhas em particular estão na minha "shortlist"...

Obrigado pela partilha e parabéns pelas fotos... o azul da Grécia é lindo :)

PS-- Gostei do pormenor das unhas azuis a condizer com o mar...:cool:
 

Tinker Bell

Membro Conhecido
@jnm Quem agradece sou eu, porque esse comentário fez-me rever o report! :D Na realidade eu estava a confundir Imerovigli com Firostefani... Já corrigi... Também achámos ser o local mais bonito, tanto as casas como a vista, que para nós foi a mais poderosa. :) Bom saber que nos identificamos! Cumprimentos, e estarei lá para ver esse report! :D
 

Cristina Sousa

Membro Conhecido
Olá @Maria B. , report maravilhoso! Parabéns!
Achei piada a essa tua busca constante pelo lado B da ilha! Sem confusão, sem multidões, de simples paz e sossego!
É um facto que hoje em dia há lugares "massificados", isso acontece tanto em Oía como em certos locais de Lisboa ou do Porto. A globalização não perdoa, o acesso à informação é cada vez maior e todos querem conhecer os locais "da moda". De qualquer modo, pelo que vi, o pôr-do-sol ali continua a valer a pena! :)
Santorini é mesmo um postal ilustrado a azul e branco, encantador, e estas lindíssimas fotos mostram isso mesmo! Vá, não culpes os fotógrafos :rolleyes:, tu também tens futuro na área! :D
Obrigada pela partilha, adorei e é um local que continua na minha lista. Vamos lá ver quando arranjo um tempinho para lá ir... :oops::oops:
 

susy4

Membro Conhecido
UAUUUUUUU
Ontem estive a "babar" este report. Fotos brutais Maria - como diz a Cris, tens futuro :))))
As ilhas gregas parecem ter um encanto especial, visto por ti, e por isso é que continuo a dizer que sou fã dos teus reports. Consegues colocar o bichinho das viagens a quem passa pelas tuas histórias.

PS -Grata pela lembrança da minha pessoa :) és uma kida.
 

Tinker Bell

Membro Conhecido
@Paulo Leite São turquesa!!! Mas sim, a condizer com o mar :rolleyes: ... Obrigada por comentar o meu report.

@Cristina Sousa Se fores a reparar, somos sempre assim. :) Sempre a buscar "o outro lado"! :D Para Santorini íamos um pouco mais preocupados com isso, porque está sem dúvida na moda, mas aquela beleza é única e a maior parte do tempo nem reparas nas multidões. Só de me lembrar suspiro. O pôr-do-sol foi o mais lindo que já vi, mas como disse Oía não é o melhor sítio para o apreciar, na minha opinião. Mas isso ficará ao critério de cada um. Será, sem dúvida, o sítio mais lindo para tirar fotografias nessa altura do dia... Com os telhados e a luz dourada! De babar. E quando lá fores estarei na primeira linha para ver o fruto do teu trabalho como fotógrafa. :p:D

Quanto aos "turistas da fotografia", eu poderia tentar explicar... Mas tenho uma imagem, lembrei-me, que quero mostrar. E ainda hoje nos rimos à custa disso! :D:D Na altura chorei a rir, de tão caricato que foi. Primeiro explicar que Oía está cheia daqueles grupos de asiáticos sempre a disparar cliques, muitas vezes da máquina e telemóvel ao mesmo tempo. Quanto falamos de turista da fotografia, não é porque tiram fotografias, é porque nunca olham à volta e atropelam toda a gente constantemente. Numa altura parámos nós para tentar tirar uma fotografia, como sempre espera-se que o sítio desimpeça um bocadinho, e no momento do clique... repara o que surgiu atrás do meu namorado... tão sorrateiro que ele nem deu por isso! hahah :cool::D

 
Top