Vietnam - Bagagem de Viagem

SNeves

Membro
Olá a todos. Vou de férias ao Vietnam e vou de norte a sul passando por várias cidades. Estou indecisa entre levar uma mala das rijas de 4 rodas ou uma mochila (70 litros). Alguém que já tenha viajado para este país pode dar uma opinião? As deslocações serão feitas em voo interno, táxi, bus e comboio. Obrigada
 

yara

Membro Conhecido
Fui em Novembro de 2017 e levei uma mala de porão para os dois mas lá está, são opções pessoais, e cada um deve ver o que se adapta mais a si...
 

Gonçalo Martins

Membro Ativo
Olá!

Obrigado pela resposta!

Sim, espero ter muitas.. não sei se é o sítio ideal para as fazer, se não for peço a um moderador que me indique o que fazer.

Ando há cerca de 2 meses a ver preços de viagens, para a altura de final de Junho / início de Julho de 2020. Ando a ver essencialmente no skyscanner. Os melhores preços (voos apenas com uma escala) andam a rondar os 680€ e normalmente num site que é o monstertrip.

Este site será fiável?

Haverá outra opção melhor?

Por curiosidade, o preço em agência de viagem, para os voos, é de 850€..
 

SNeves

Membro
Olá!

Obrigado pela resposta!

Sim, espero ter muitas.. não sei se é o sítio ideal para as fazer, se não for peço a um moderador que me indique o que fazer.

Ando há cerca de 2 meses a ver preços de viagens, para a altura de final de Junho / início de Julho de 2020. Ando a ver essencialmente no skyscanner. Os melhores preços (voos apenas com uma escala) andam a rondar os 680€ e normalmente num site que é o monstertrip.

Este site será fiável?

Haverá outra opção melhor?

Por curiosidade, o preço em agência de viagem, para os voos, é de 850€..
Olá, O meu voo ficou por volta desse preço. Esse site nao conheço. Normalmente marco pelo skyscanner e depois escolho ou a Go to gate ou a edreams. Para essa altura talvez seja melhor esperar por inicio de janeiro.
 

Gonçalo Martins

Membro Ativo
Sim, já me disseram isso várias vezes (para esperar por Janeiro) e provavelmente é o que irei fazer. Mas quero comprar as viagens o mais cedo possível.. se bem me conheço, ou as compro com bastante antecedência, eu já não vou.

Go to gate ou edreams. Ok, registado.

Obrigado!



Olá Ana,

Pelo que andei a ver nos sites das companhias, a Turkish e a Emirates é com voa para lá com melhores preços. Mas lá está, ainda é muito cedo talvez..

Obrigado!
 

Jorge Gonçalves

Membro Conhecido
Marcar tudo sem recorrer a agências não é nenhum "bico de sete de cabeças" :D, apenas querer um pouco mais de pesquisa e elaborar um plano de viagem bem estruturado e organizado. No final, para além de teres uma viagem perfeitamente ajustada ao que gostas, compensa também bastante em valor.

No meu caso, primeiro defino aproximadamente quantos dias pretendo ir e começo a pesquisar os voos intercontinentais para as datas que quero, sendo que convém ter pelo menos alguma flexibilidade para poderes simular várias dias de dia e de volta, pode fazer toda a diferença no custo, por vezes, basta alterar um dos dias da viagem e consegues poupar 100€/200€ por pessoa ou mais.

Depois das viagens intercontinentais marcadas, fecho o desenho de quantos dias quero ficar em cada local e a sequência do roteiro para marcar os voos internos ou outro tipo de transporte. Por exemplo, no Vietman inicialmente queria fazer de norte para sul mas percebi que era melhor fazer ao contrário devido aos preços dos voos e principalmente aos horários dos mesmos.

No final, marco os hotéis. Normalmente, tours e entradas em monumentos deixo para marcar lá salvo raras exceções, embora leve já uma ideia mais ou menos definida do que pretendo. No caso do Vietman penso que só marquei com antecipação o cruzeiro em Ha Long Bay porque queria um barco em concreto e não um qualquer. Ou seja, tudo depende do que queres fazer e do nível de detalhe que queres levar já feito de cá. Existe quem goste de só levar os voos intercontinentais marcados e não ter mais nada marcado, outros preferem ter tudo marcado ao ínfimo pormenor, eu prefiro o meio termo. :D

Não sei se já viste o meu report (tens o link na assinatura) ou os outros que existem aqui no Portal, consegues de certeza tirar muitas dúvidas e ganhar maior confiança na construção do plano de viagem.
 

SNeves

Membro
Marcar tudo sem recorrer a agências não é nenhum "bico de sete de cabeças" :D, apenas querer um pouco mais de pesquisa e elaborar um plano de viagem bem estruturado e organizado. No final, para além de teres uma viagem perfeitamente ajustada ao que gostas, compensa também bastante em valor.

No meu caso, primeiro defino aproximadamente quantos dias pretendo ir e começo a pesquisar os voos intercontinentais para as datas que quero, sendo que convém ter pelo menos alguma flexibilidade para poderes simular várias dias de dia e de volta, pode fazer toda a diferença no custo, por vezes, basta alterar um dos dias da viagem e consegues poupar 100€/200€ por pessoa ou mais.

Depois das viagens intercontinentais marcadas, fecho o desenho de quantos dias quero ficar em cada local e a sequência do roteiro para marcar os voos internos ou outro tipo de transporte. Por exemplo, no Vietman inicialmente queria fazer de norte para sul mas percebi que era melhor fazer ao contrário devido aos preços dos voos e principalmente aos horários dos mesmos.

No final, marco os hotéis. Normalmente, tours e entradas em monumentos deixo para marcar lá salvo raras exceções, embora leve já uma ideia mais ou menos definida do que pretendo. No caso do Vietman penso que só marquei com antecipação o cruzeiro em Ha Long Bay porque queria um barco em concreto e não um qualquer. Ou seja, tudo depende do que queres fazer e do nível de detalhe que queres levar já feito de cá. Existe quem goste de só levar os voos intercontinentais marcados e não ter mais nada marcado, outros preferem ter tudo marcado ao ínfimo pormenor, eu prefiro o meio termo. :D

Não sei se já viste o meu report (tens o link na assinatura) ou os outros que existem aqui no Portal, consegues de certeza tirar muitas dúvidas e ganhar maior confiança na construção do plano de viagem.
Concordo plenamente. Da trabalho mas compensa. E há destinos cujos roteiros das agências fica muito aquém do que aquilo que o destino oferece.
 
Última edição por um moderador:

Gonçalo Martins

Membro Ativo
Olá Jorge,

Sim, já li e reli o teu report, e todos os outros de quem esteve integral ou parcialmente no Vietnam. Foram um excelente ponto de partida para decidir o que quero fazer ;)

Já li o tópico das questões meteorológicas, já analisei (com as vossas opiniões) a questão dos preços de voos intercontinentais e internos de diversos países, já pesei muita coisa, e decidi que será para o Vietman.

A viagem, à partida, será para fazer a 4 ou a 6 (pessoas). E 2 dessas pessoas estiveram no Sri Lanka no ano passado, e apenas levavam a primeira noite marcada, nada mais. Foi tudo marcado lá. Portanto, o conceito não me é estranho, e eu percebo o sistema. As minhas questões prendem-se com o "como" e o "quando".

Ou seja, não sei quais os melhores sites para ver preços de voos, ou para marcar hotéis. A resposta acredito que deverá ser mais ou menos óbvia: procura e vê o que é melhor! A questão é que não sei quais são os sites fidedignos, se há sites melhores para aqui e para ali... tudo isto parece-me requerer dezenas de horas de estudo, que honestamente não tenho.

Por exemplo, para as pessoas que marcam viagens para as Maldivas, falam muito nos "sites alemães". Não sei do que se referem... Há aqui imensos reports de membros que fizerem viagens incríveis, marcadas perlos próprios. Raramente dizem onde marcaram os voos, hoteis, etc.

Depois passando aqui pelo fórum, abro tópicos (vários) a referir que há empresas em que marcamos tudo online (viagens para as caraíbas por exemplo) em que, se corre tudo bem é uma maravilha, se há um problema qualquer, não se consegue resolver.

Passei por um no outro dia, por causa da questão dos nomes nos bilhetes de avião, que um colega aqui do fórum que estava num sarilho desgraçado porque não conseguia alterar nem tinha a certeza que o deixassem voar, por causa de uma discrepância no nome nos bilhetes de avião.

Numa agência de viagens, nada disto acontece. Eu sei que em 25 viagens marcadas "à unha", 24 correm tudo às mil maravilhas. Mas depois há aquela 1 que corre mal. É raro, mas há...

O que quero dizer com este testamento é que sei que posso contar com a Vossa ajuda, pois é sempre aqui que venho, quando quero fazer uma viagem, já lá vão quase 10 anos. É sempre aqui a minha base, pois os membros deste fórum são incríveis, é mesmo um grupo de entreajuda. A questão é se tenho estofo para fazer isto por mim, e não é pela dificuldade que o processo tenha, é pelo tempo que acredito que vá precisar, pela pouca experiência em usar sites internacionais ou mesmo nacionais, para marcar estas coisas...

Mas agradeço todas as opiniões e ajudas, é para isso que aqui estou ;)
 

Ana Oduarte

Membro Novo
A minha opinião*:
- se não tem tempo para pesquisar, não se aventure numa viagem com um roteiro off track ou num país onde a lingua e/ou o acesso à Net possa ser um problema.

* que odeia ir em grupo de turistas!
 

Jorge Gonçalves

Membro Conhecido
Então, coisas concretas das dúvidas que tens:
1. Voos: pesquiso fundamentalmente no skyscanner, pontualmente no momondo e edreams, mas depois a marcação faço regra geral no site das companhias aéreas propriamente ditas, quer sejam os voos intercontinentais quer sejam os voos internos. Existem por vezes situações em que o voo de ida é numa companhia e o regresso noutra e nos sites das companhias fica mais caro comprar esses voos individuais e aí normalmente recorro ao edreams e marco lá. O Skyscanner não vende, é apenas um motor de pesquisa que direciona a compra para os sites que vendem, sendo o edreams um deles. Penso que nunca comprei de outra forma... já testei simular comprar em alguns desses sites menos comuns e normalmente o que se passa é que o valor que apresentam inicialmente não está correto, quando prossegues com a compra aparecem-te taxas "novas" que levam o preço para o mesmo patamar que os outros apresentam; normalmente, sempre que vires um preço que é mais baixo do que apresenta a própria companhia aérea é de desconfiar...

2. Hotéis: Normalmente uso Booking, mas na Ásia costumo usar também com frequência o Agoda, já que é uma plataforma bastante usada por lá. Neste caso, compro quase sempre nestas plataformas, mas também não é raro fazer reserva no site dos hotéis, mas só quando têm alguma promoção que não está no Booking/Agoda ou não estão lá representados. Este verão, por exemplo, estive na Malásia em Pulau Redang e a grande maioria dos hotéis que existem só vendem diretamente no site deles, fiz a escolha com base em feedback de reports aqui do Portal e marquei directamente com o hotel e correu tudo bem.

Também tenho algumas viagens em que o tempo para preparar é pouco e nesses casos os reports aqui do Portal são de uma extrema utilidade. Dou-te um exemplo: há 3 anos atrás fui à China e a decisão foi tomada menos de um mês antes da viagem. Andava a pesquisar para ir à Argentina quando entretanto vi uma promoção bastante boa para a China e mudei de planos à última da hora. Como o tempo era curto para grandes pesquisas, baseiem-me no report da Paula Coelho que estava super detalhado e fiz o meu roteiro (que é a parte que demora mais tempo) quase uma cópia do dela, fazendo depois somente alguns ajustes de acordo com as minhas preferências e adaptando ao meu nº de dias de viagem. A marcação dos voos internos e dos hotéis depois é rápido e sem stress, na Ásia e no Vietnam em concreto as opções são sempre muitas, se uma que gostas não está disponível, haverá certamente mais meia dúzia delas muito similares para poderes optar.
 

Gonçalo Martins

Membro Ativo
Obrigado pelo feedback Jorge, foi uma boa ajuda!

As dicas que aqui me deram julgo serem suficientes para iniciar a aventura. Por enquanto irei verificando os preços, mas tal como aconselharam, só lá para Janeiro começarei a ver a sério.

Ainda tenho uma série de dúvidas, mas não é pertinente colocá-las já.

Obrigado e até breve!

A minha opinião*:
- se não tem tempo para pesquisar, não se aventure numa viagem com um roteiro off track ou num país onde a lingua e/ou o acesso à Net possa ser um problema.

* que odeia ir em grupo de turistas!
Olá Ana,

Isto como será provavelmente uma viagem a 4, terei a ajuda de quem já o fez. Terá de ser assim, espero..

Uma coisa é certa, em grupo de turistas não irei! Na hipótese de marcar por agência, seria o roteiro que eu definisse. Teria essa possibilidade na agência que costumo usar, com certeza. Ficaria é mais caro do que se for eu a marcar tudo, acredito..
 
Top