[Report] Grand Palladium (6 a 14 de Maio 2018)

Tópico em 'Reports de México' iniciado por assf a 26 Jul 2018.

  1. assf

    assf Membro

    22
    28
    13
    DIA DE PARTIDA
    Dia 6 chegámos ao Aeroporto de Lisboa por volta das 11h para partir às 15h20 rumo a Cancun.

    Voltinha para aqui, voltinha para ali no Aeroporto para fazer tempo para os balcões abrirem e quando se aproximavam as 12h decidimos dirigir-nos para os balcões para despachar as malas de porão. Tivemos um pequeno contratempo pois a senhora que nos atendeu imprimiu 2 bilhetes com o mesmo nome, mas por sorte não estávamos longe quando reparámos. Depois foi passear pelas lojas do aeroporto até à hora de entrar no avião. O Check-in abriu uns 45 minutos antes da hora do voo, onde fomos encaminhados para um autocarro que nos levou ao avião.

    Não há muito a dizer do avião, era enorme (o voo ia completo, o que quer dizer que o avião levava mais de 400 pessoas), tinha filas de 2-4-2 assentos e um televisor a cada 4/5 filas onde passaram 3 filmes (Wonder Woman, Goodbye Christopher Robin e outro que não me lembro o nome, mas era uma comédia). Pouco depois de levantarmos voo serviram o almoço, tirando a sobremesa que era intragável a restante refeição era aceitável (peço desculpa a quem prepara as refeições da Orbest, mas vejam lá isso das sobremesas sff, num grupo de 4 pessoas a opinião foi unânime: sabia a detergente). Depois passaram 2 filmes, andaram com o carrinho das vendas para a frente e para trás, e quando faltava cerca de 2h para aterrar foi servido um lanche, onde depois do desgosto da sobremesa do almoço, o Pastel de Nata me soube pela vida. Após isso passaram mais um filme, distribuíram os formulários de imigração para preenchermos para serem entregues à chegada ao aeroporto e quando demos conta já se avistava terra.

    Chegando a Cancun o processo foi todo relativamente rápido, tirando obviamente a parte das malas que parecia uma espera interminável. Quando saímos do aeroporto estavam já os senhores da Jolidey à nossa espera para nos indicarem qual o autocarro que nos ia levar ao nosso hotel, e lá seguimos durante 1h30 até ao nosso destino final: Grand Palladium.

    Chegando ao hotel encarregaram-se logo de tomar conta das nossas malas. O check-in demorou uns 10/15 minutos onde nos ofereceram logo um cocktail de boas-vindas e informaram que teríamos de pagar naquela altura uma taxa ambiental de cerca de 8 dólares por quarto. Quartos atribuídos, foram-nos levar, a nós e às nossas malas, ao quarto num dos carrinhos de transporte do hotel e, apesar de ser quase 22h30 (hora a que fecha o buffet e os restaurantes), ainda nos conseguimos infiltrar no buffet para comer qualquer coisa.

    O HOTEL
    O resort é enorme, divide-se em 4 hotéis: Kantenah, Colonial, White Sands e TRS. Nós ficámos no Colonial e podíamos andar por todo o resort excepto a zona do TRS que é exclusiva aos hóspedes dessa zona. O nosso quarto ficava um pouco afastado do Lobby do Colonial, que é onde existem todos os restaurante Buffet, mas nada que não se fizesse. Havia a hipótese de apanhar os carrinhos de transporte que andam de Lobby em Lobby a apanhar e largar os hóspedes, mas o tempo que esperávamos pelo carrinho na paragem era o tempo de chegarmos ao Lobby a pé.

    Tínhamos 2 piscinas principais à disposição a do Kantenah/Colonial e a do White Sands, além das outras piscinas mais pequenas espalhadas pelo resort (sendo que uma das mais pequenas é só para adultos, fica no lado do Colonial e passávamos por ela para ir para o Lobby). Nas piscinas principais havia zonas de jacuzzi e bares acessíveis dentro da piscina, e havia também diversas actividades ao longo do dia (aulas de dança, yoga, aprender a fazer cocktails, etc.). É nestas piscinas que ficam os pontos de recolha e entrega de toalhas para a piscina/praia. Quando estamos nas espreguiçadeiras há sempre um empregado a perguntar se queremos beber alguma coisa, eles vão buscar e trazem-nos a bebida sem termos que "mexer uma palha".

    Além das piscinas, o resort tem campos de ténis, basket, futebol, mini-golf, tiro ao arco e ginásio de acesso gratuito.

    Todos as noites há um espectáculo no palco do Lobby do Colonial, e diversas festas em diferentes pontos do hotel, consoante os dias.

    A praia é espectacular, na zona em frente ao White Sands e ao Colonial tem bastantes rochas e é melhor ter sapatos de água para andar por aí, mas em frente ao Kantenah, há uma zona praticamente livre de rochas e onde se pode andar à vontade. Há bastantes espreguiçadeiras na praia. Das diversas vezes que lá fomos, em diferentes alturas do dia, conseguíamos sempre espreguiçadeiras livres. Entre a piscina do Colonial e a praia há um bar/restaurante 24h, o Las Olas, onde, à hora de almoço, servem um buffet ligeiro para quem não quer sair da praia e, um pouco mais à frente, temos a zona de levantamento do material para os desportos aquáticos incluídos (kayak, padel, pedals boat, snorkling). Todos os dias havia algas na zona da praia, que iam sendo limpas ao longo da manhã, mas nada de problemático, só no último dia não conseguimos entrar no mar devido ao problema das algas.

    Há 3 restaurantes buffet na zona do Kantenah/Colonial onde íamos tomar o pequeno-almoço e almoço. A comida de todos os buffets era óptima e havia comida para todos os gostos. Ao jantar optámos por ir experimentados os restaurantes temáticos (que só abrem ao jantar), visto que temos direito a ir a um por dia.

    Para quem tenha telemóvel com sistema Android (não faço ideia se existe para IOS) aconselho a instalar a aplicação do Grand Palladium onde podem ver todas a informações do hotel desde mapas, restaurantes, horários, agenda de eventos e actividades, etc.

    O QUARTO

    A nossa reserva era para 2 quartos Deluxe que tanto podiam acabar por ser no Kantenah como no Colonial, só saberíamos à chegada. Ao fazer o check-in fomos surpreendidos com um upgrade para as suítes Júnior no Colonial.

    O nosso quarto tinha 2 camas de casal, wc com banheira de hidromassagem, zona de estar com sofá, 2 cadeiras e 1 mesinha e uma varanda com um pequeno estendal e 2 cadeiras (sabia tão bem acordar de manhã e ir sentar na varanda a ouvir os passarinhos e ver o amanhecer). No quarto tínhamos ainda 1 cómoda com a televisão em cima, e aí estava inserido o mini-bar com águas, sumos, cerveja e amendoins, e ao lado tinha ainda os utensílios para fazermos café ou chá. No roupeiro estava o cofre e também um ferro e uma tábua para passar a roupa. No wc tínhamos secador e eles disponibilizam shampoo, amaciador, gel de duche, loção hidratante para o corpo e sabonete, e claro, toalhas, roupões e chinelos. O quarto tem ar condicionado e uma ventoinha de tecto, havia fichas eléctricas em vários locais do quarto, nomeadamente junto à mesinha de cabeceira, nas quais não são necessários adaptadores pois dão para os nossos aparelhos.

    Adorámos as camas, os colchões e almofadas eram super confortáveis, e havia cobertores no roupeiro para os mais friorentos. Tivemos apenas dois pequenos problemas no wc: falta de pressão no chuveiro que foi prontamente resolvido no próprio dia em que reclamámos na recepção; e o facto de a protecção da banheira, que deveria impedir a água de ir para o chão, ter uma pequena "falha" entre a banheira e o início da mesma, ou seja, se não tivéssemos cuidado fazíamos de todo o wc uma piscina. Mas não era defeito era feitio, pois no quarto do casal que viajou connosco (que nem era na mesma vila que o nosso) queixaram-se do mesmo, mas tendo algum cuidado conseguíamos evitar que a água se espalhasse e claro que não ia ser esse pequeno pormenor a estragar as nossas férias.

    Tivemos direito a diversas criações com as toalhas pela pessoa que arrumava o quarto (a Kari) praticamente todos os dias fazia uma diferente (no quarto do casal que viajava connosco não faziam). Nós somos contra as gorjetas só porque sim, mas no caso da Kari sentimos que ela merecia, então num dos últimos dias deixámos lá alguns pesos de propina para ela (gorjeta em espanhol), e ela deixou-nos o wc abastecido de frasquinhos para trazer para casa.

    Uma coisa que nos passou ao lado, que não sei se é recente ou não, mas pelo menos eu não tinha visto mencionado em nenhum dos relatos que li antes de ir, é a existência de um panfleto, naqueles caderninhos que estão no quarto sobre o hotel, com a oferta de um pendente em prata com o desenho do Calendário Azteca da joalharia do Colonial. Supostamente basta ir à joalharia, entregar o panfleto com o número do quarto e passadas 48h temos o pendente. Como só reparei nesse pormenor no penúltimo dia quando comecei nas arrumações para o regresso, quando lá fomos só nos ofereciam o pendente se fizéssemos uma compra. Comprámos o fio de prata por 10€ e trouxemos o bendito pendente cujo o valor supostamente é 35 dólares.

    STAFF
    Todo o Staff do hotel é simpatiquíssimo, desde o pessoal recepção, aos dos buffets, restaurantes, piscinas, quarto, etc.. Quase sempre que passam por nós pelos caminhos do hotel nos dizem um "Hola!".

    A única situação em que sentimos que falhou qualquer coisa a este nível foi no primeiro restaurante temático a que fomos: o Chang Thai. O meu marido teve azar na sopa e no prato principal que pediu pois não gostou de uma coisa nem outra, e estando em regime Tudo Incluído, nunca pensámos que pedir um 2.º prato fosse crime, portanto, ele pediu. O empregado alterou completamente a sua postura, começou a inventar desculpas de que o prato iria demorar muito como que a demover-nos de fazer o pedido, e a realidade é que demoraram quase 1h a trazer o prato e quando retiraram os pratos vazios já nem perguntaram se queríamos sobremesa ou café. Tínhamos ficado menos mal impressionados se nos tivessem explicado que não é suposto servirem mais que um prato e que se não estávamos satisfeitos nos deveríamos dirigir ao Buffet.

    Mas pronto, foi um caso isolado e em todos os outros restaurantes temáticos e buffet fomos muito bem atendidos (mas também verdade seja dita que não voltámos a cometer a heresia de pedir um 2.º prato num temático).

    RESTAURANTES
    Tikal Buffet
    Buffet do Lobby do Kantenah, é mais pequeno que o La Hacienda, e com menos variedade, e por isso mesmo só lá fomos uma vez experimentar o pequeno-almoço.

    El Gran Azul Buffet
    Buffet da piscina do Kantenah/Colonial, o único onde se pode comer com roupa de banho visto que é na esplanada. É um buffet pequeno, fomos lá algumas vezes almoçar, quando estávamos molhados das piscina e não queríamos ir ao quarto trocar de roupa. Era o único que servia lanche a meio da tarde, que era basicamente o mesmo que o almoço, nós como almoçávamos bem nunca tivemos necessidade de comer entre o almoço e o jantar, íamos bebendo cocktails nas espreguiçadeiras da piscina para hidratar e aguentar o jantar.

    La Hacienda Buffet
    É o maior e com mais variedade de comida, fica no Lobby do Colonial, e é também o único que serve pequeno-almoço, almoço e jantar. Era o que tinha mais variedade daí ser o nosso buffet de eleição para pequeno-almoço e almoço.

    Chang Thai
    Comida asiática, foi o restaurante que menos gostámos, tanto em termos de atendimento como de comida.

    El Dorado steakhouse
    Para os amantes da carne, foi o nosso restaurante preferido. Por mim tínhamos repetido todos os dias, não fosse querermos experimentar os outros também, ahah. Vem super bem servido. Os bifes são enormes e suculentos, os acompanhamentos também são muito bons, podemos escolher 3 da lista, e a sobremesa também era óptima.

    Portofino
    Restaurante italiano de pizzas e massas. Gostámos, fomos bem atendidos e a comida era boa.

    Punta Emilia
    Restaurante de praia cuja especialidade é peixe. O ambiente é muito bom, super elegante mas com o pé na areia ao ar livre. Ficámos um pouco desiludidos com a comida, estávamos à espera de melhor visto ser o único restaurante em que é obrigatório marcação, mas, pelo menos nos pratos que escolhemos, o peixe não era nada de especial, um pouco sem sabor.

    La Lola
    Restaurante de tapas espanholas, para mim foi o 2.º preferido. Adorei!. A maior parte das tapas são muito boas e saborosas. Como éramos 4 pudemos pedir 1 prato de cada e experimentar toda a carta. Fomos muito bem atendidos.

    La Adelita
    Restaurante Mexicano, decidimos que não podíamos ir embora sem experimentar a típica comida mexicana, mas não surpreendeu, não foi dos nossos preferidos. Pedimos o que nos foi sugerido pelo empregado mas não gostámos muito. No meu caso a carne estava bastante rija e era difícil mastigar e degustar o taco. Salvou-se a Margarita da entrada e a sobremesa dos Churros (embora saiba a pouco, visto que só vêem 3 mini churros).

    Bar Hemingway
    Bar que fica no Lobby do Kantenah, a não perder a Festa do Chocolate às 5.ª feiras à tarde. Muito bom para os amantes do chocolate (como eu!). Servem diversos cocktails com chocolate (alcoólicos e não alcoólicos) que acompanham com muitas sobremesas de chocolates.

    EXCURSÕES
    Fizemos apenas 2 excursões pois, apesar de queremos conhecer a Riviera Maya, queríamos principalmente aproveitar a estadia no resort.

    Fomos a Xel-Ha, sendo que comprámos as entradas tudo incluído com transporte no próprio site do parque e saiu muito mais barato do que os preços outras empresas nos queriam fazer (não chegou a 70€ por pessoa). No dia escolhido à hora indicada na reserva estava lá o autocarro de Xel-Ha para nos levar ao parque. Foi tudo super tranquilo e um dia muito bem passado, aconselho vivamente.

    E fomos também a Chichen Itza, Ik Kil e Coba com a empresa Experiências Riviera Maya. É uma empresa mexicana. Estávamos um pouco receosos mas era a única que fazia os três sítios no mesmo dia a um preço acessível (85€ por pessoa). No dia combinado, bem cedo, tínhamos o nosso motorista privado a apanhar-nos no Lobby do Colonial. Tivemos sorte que ele safava-se muito bem no português (embora estivéssemos perfeitamente à vontade com um guia espanhol/inglês caso acontecesse) e então foi um dia muito cansativo mas muito muito bem passado. Recomendo muito os 3 locais, são lindos, cada um à sua maneira: Chichen Itza pela história que ali vive dos antepassados Mayas; Ik Kil pela beleza inigualável do local (a água é gelada aviso já!); e Coba pela vista magnífica do topo da pirâmide.

    Num dos dias à noite resolvemos também ir de Colectivo até à Playa del Carmen, foi uma aventura em tanto visto que o colectivo não nos deixou no sítio que era suposto e tivemos que percorrer um longo caminho por ruas suspeitas até chegar à Quinta Avenida. Não me fascinou, tudo muito caro, bastante confusão e parece que a Avenida nunca mais acaba. Prefiro o conceito das barraquinhas em Chichen Itza.

    COMPRAS
    Fizemos maior parte das nossas compras em Chichen Itza onde é possível negociar bastante com os vendedores, não aceitem o primeiro preço que vos dizem. Na Quinta Avenida na Playa del Carmen, se forem à procura das lojinhas em ruas perpendiculares à Quinta Avenida também encontram preços possíveis de negociar, na Avenida em si é tudo muito mais caro.

    PARTIDA

    No dia da partida saímos do hotel às 16h30, fomos transportados de autocarro até ao aeroporto, fomos para a fila onde tivemos que pagar a taxa de saída, no nosso caso 1200 pesos por pessoa (cerca de 55 euros), quem pagou em euros pagava 60€ para sair.

    O aeroporto de Cancun é pequeno e éramos o último voo daquele dia (às 21h30).

    Na viagem para cá serviram o jantar após descolarmos, passaram 2 filmes, e quando já estávamos para chegar a Lisboa serviram o pequeno-almoço. Maior parte das pessoas ia a dormir grande parte da viagem, foi distribuído uma pequena almofada e o uma manta a todos os passageiros.

    A viagem correu bem e chegámos a Lisboa antes da hora prevista, mas tivemos que permanecer no ar às voltinhas graças ao tráfego aéreo. Desembarcámos à hora prevista e para não variar as malas demoraram eternidades a aparecer.

    Qualquer dúvida que tenham, ou alguma informação que achem em falta, disponham :)
     
    Editado por um moderador: 27 Jul 2018
  2. Rodrigo Ferreira

    Rodrigo Ferreira Moderador Membro do Staff

    702
    663
    133
    Obrigado @assf pelo report e pelo belíssimo detalhe do mesmo :)
    Só ficou a faltar umas fotos para alegar as vistas :D
     
    assf gosta disto.
  3. PauloNev

    PauloNev Moderador Sénior Membro do Staff

    4.184
    3.554
    273
    Muito obrigado pela partilha.
    Boas viagens ;)
     
    assf gosta disto.
  4. Ricardo_7

    Ricardo_7 Membro Conhecido

    2.505
    2.131
    223
    Olá,

    Obrigado pela partilha :D Para finalizar em grande, só faltam mesmo as fotos :D

    Boas viagens :)
     
    assf gosta disto.
  5. Bee

    Bee Moderador Membro do Staff

    2.880
    1.351
    223
    Não gosto de "bater no ceguinho" mas.... as fotos ficavam aqui supimpas! :D
    No entanto, muito obrigada por esta partilha ;)
     
    assf gosta disto.
  6. assf

    assf Membro

    22
    28
    13
    Rodrigo Ferreira e Leonorb gostam disto.
  7. Ricardo Botelho

    Ricardo Botelho Membro Ativo

    266
    139
    43
    Obrigado pelo report e pelo album :)
     
    assf gosta disto.
  8. Rjorge

    Rjorge Membro Novo

    10
    2
    3
    Muito bom report. Passei a minha lua de mel no White Sands em 2017 e adoramos! Se voltar ao México, sem dúvida, este será novamente o resort que irei escolher :)
     
    Editado por um moderador: 6 Ago 2018
  9. Armando Damiao

    Armando Damiao Membro Novo

    7
    1
    3
    Bom dia,

    Ir em maio como é o clima??
    Estou a pensar ir em abril 2019. Só para ter uma orientação.
     
    Editado por um moderador: 19 Out 2018
  10. Ricardo Botelho

    Ricardo Botelho Membro Ativo

    266
    139
    43
    Obrigado pela partilha mas o report com fotografias é que era mesmo TOP! :)
     
  11. assf

    assf Membro

    22
    28
    13
    Em Maio o Clima foi excelente!! Sempre muito calor, mesmo à noite nunca precisámos de casacos. Por vezes chuviscava mas nada de preocupante, nem sequer saíamos da piscina ou da praia porque até sabia bem para refrescar. Só apanhámos chuva, a sério, na última noite, mas choveu seguidinho durante 1 hora e depois parou como se nada fosse.


    Vou tentar pedir a um moderador que me deixe editar o post para acrescentar as fotos ;)
     
    Editado por um moderador: 19 Out 2018