[Report] - Ecovia do Vez & Arredores

PaulaCoelho

Membro Conhecido
ECOVIA DO VEZ & ARREDORES

* No final de Julho fui com três amigas numa pequena roadtrip ao norte com o objectivo principal de fazer a Ecovia do Vez, aproveitando para uma volta pela zona e pelo Parque Nacional da Peneda-Gerês. O concelho de Arcos de Valdevez está inserido na Reserva Mundial da Biosfera, tendo a sua Ecovia cerca de 32km em trajecto linear divididos em três etapas, desde Jolda S. Paio ao Sistelo ao longo dos Rios Lima e Vez, passando por várias praias fluviais e pela foz dos Rios Azere Cabreiro.
http://trilhos.arcosdevaldevez.pt/activities/ecovia-do-vez/



Dia 1
* Começo o report com comida pois as duas paragens que fizemos até ao destino foram para a cafeína a meio da manhã numa área de serviço e para almoço em Ponte de Lima, onde demos com um restaurante simpático numa ruela fora do centro, a Tasca Mariazinha.
* Bem almoçadas seguimos para Arcos de Valdevez para deixar o carro no hotel e pedimos um táxi até Vilela para fazer a Etapa 2 da Ecovia, 10km de Vilela a Arcos. Optamos por fazer neste sentido para terminar na vila mas quem quiser pode fazer ida e volta ou no sentido Arcos-Vilela pois está um táxi na zona da ponte (há uma placa com número telefone caso o táxi não esteja lá). É um percurso fácil, quase todo à beira rio e sem grandes desníveis.


* Regressamos à vila, demos uma volta pelo centro e fizemos o check-in no hotel Luna Arcos, situado frente à praia fluvial. O hotel é muito agradável, confortável, com bom pequeno-almoço e restaurante, onde jantamos um risoto neste primeiro dia pois estávamos cansadas da viagem e ainda cheias do almoço… mas ainda com coragem para voltar à vila e ver a ponte iluminada.
 
Última edição:

PaulaCoelho

Membro Conhecido
Dia 2

* Neste dia fizemos a Etapa 3 da Ecovia, 11km de Vilela a Sistelo: é possível fazer ida e volta ou apenas num dos sentidos e regressar de táxi (existem placas com número de telefone em ambas as aldeias). Nós optamos por deixar o carro no Sistelo, combinar com o táxi para nos deixar em Vilela e fazer a subida a pé até ao Sistelo. Este percurso é mais cansativo que a etapa anterior pois tem muitos desníveis e subidas com degraus e talvez seja por isso que éramos as únicas malucas a subir e o resto das pessoas que encontrámos vinham a fazer o percurso inverso! Além deste passadiço existem vários percursos a partir do Sistelo e que estão assinalados em placas à entrada da aldeia.


* Depois de uma subida por um empedrado pouco confortável e de mais um encontro com um cornudo da região chegamos ao Sistelo a horas para um bom almoço no Restaurante Cantinho do Abade.
 

PaulaCoelho

Membro Conhecido
* Depois do almoço rumamos ao Parque Nacional da Peneda-Gerês entrando pela Porta de Lamas de Mouro e visitamos o Santuário de Nossa Senhora da Peneda.


* Após várias paragens fotográficas passamos pela Barragem do Alto-Lindoso e visitamos a aldeia de Lindoso, local onde encontramos uma eira com mais de 50 espigueiros dos séculos XVII e XVIII.

* Seguiu-se o Soajo, onde existem alguns espigueiros e onde paramos para uma tábua de queijo e outros petiscos no Restaurante Espigueiro do Soajo.

 
Última edição:

PaulaCoelho

Membro Conhecido
Dia 3

* Este dia foi passado no PNPG: a ideia principal era fazer os trilhos até à Ponte da Misarela e à Cascata de Pincães e passear pela Vila de Gerês mas fizemos muitas paragens pelo caminho pois a paisagem é muito bonita. Pelo meio da serra fomos parar a uma aldeia gira com um miradouro, Mixões da Serra.


* Vários encontros com cavalos e lá chegamos à Barragem de Vilarinho das Furnas.

* A paragem seguinte foi em São Bento da Porta Aberta, onde estava a decorrer uma feira.
Depois de uma volta e visita ao Santuário seguimos até a zona da marina e atravessamos a ponte para uma pausa na zona da praia no Rio Cávado.


* Seguimos caminho para fazer o trilho de 15/20 minutos de caminhada até à bonita Ponte da Misarela e à Cascata no Rio Rabagão, tendo antes parado algures num café à beira da estrada para almoçar.

* Mais uma paragem e outra caminhada de 20 minutos por terreno pedregoso e chegamos à bonita e sobrelotada Cascata de Pincães… não estava ninguém na água mas as rochas em volta estavam cheias.
 

PaulaCoelho

Membro Conhecido
* Regressámos à aldeia para um merecido gelado e seguimos até ao Miradouro da Pedra Bela, não sem antes parar inúmeras vezes para observar a paisagem!


* Chegamos à Vila do Gerês à hora do lanche, a tempo de uma volta e umas compritas. Ainda paramos na Portela do Homem mas o parque de estacionamento é longe e já eram 19h30 pelo que preferimos regressar para não fazer o trajecto com noite escura… entramos um pouco em Espanha para regressar a Arcos e quando chegamos estava tudo iluminado para as festas da cidade, carroceis montados e barraquinhas abertas, pelo que ficamos por ali para uma bifana e uma caneca.

 

PaulaCoelho

Membro Conhecido
Dia 4
* Após o check-out compramos uns mimos para a família: doces típicos no centro e o verde tinto que tínhamos provado no hotel na Quinta do Cerqueiral à saída da vila.

* Seguimos até Ponte da Barca para um passeio.
 

PaulaCoelho

Membro Conhecido
* A última visita foi a Ponte de Lima: estacionamos no parque grátis à beira-rio e atravessamos a ponte para visitar o Festival Internacional de Jardins cujo tema este ano é Jardins do Fim do Mundo, petiscamos na Tasca das Fodinhas e demos mais uma volta pela vila antes do regresso ao Oeste.


* Visitei a zona do Gerês em miúda com os meus pais e ainda não tinha voltado… adorei o passeio e espero não voltar a passar umas décadas sem cá voltar pois ficou muita coisa por ver e muitas caminhadas por fazer neste belo cantinho de Portugal! :)
 

Leonorb

Moderador
Staff
Obrigada pelo report!
É uma zona muito bonita. A ecovia, não tinha noção de como seria; deve ser muito bom umas horas por lá
 

Antonia.M.S.

Membro Conhecido
Que boa partilha Paula, que bela voltinha😉!

Para quem gosta de caminhadas e belos passeios pela natureza, está um encanto. Fiquei deliciada por poder voltar ao fantástico Minho através do teu report. E já voltava outra vez 😀😉

Da ecovia só conheço a parte do Sistelo no percurso junto à aldeia, mas o teu report revela que é tudo muito bonito, com percursos encantadores. E o Gerês, sempre maravilhoso.

Obrigada e parabéns pelo report, está fantástico!
Beijinho
 

PaulaCoelho

Membro Conhecido
@Leonorb , é realmente uma zona muito bonita e calma... fui de semana e andava pouca gente por lá! :)

@Antonia.M.S. , obrigada, também já voltava... adorei a zona, tem muitos outros trilhos e o melhor é que não apanhei muitos turistas! :D
 
Top