Viajar sozinho ou em grupo "espontâneo" ??

Tópico em 'Viajar Sozinho(a)' iniciado por Nuno Miguel Brito Marques a 18 Set 2018.

  1. Nuno Miguel Brito Marques

    Nuno Miguel Brito Marques Membro Novo

    5
    1
    1
    Boa tarde,

    confesso que já há muito tempo estou a tentar ganhar coragem para fazer aquela viagem sozinho, mas é algo que ainda me "aflige". Sempre me disseram que seria uma experiência óptima, mas falta dar esse passo...

    Sei que há prós e contras... digam das vossas experiências.... ;)

    viajar sozinho e conhecer a nos próprios Vs Viajar em grupo e conhecer novas pessoas....
     
  2. Mel C

    Mel C Membro Ativo

    222
    229
    43
    Eu gosto tanto deste tema :D

    Sou da equipa "viajar sozinho" excepto se o objectivo da viagem seja praia, ou andar a sair e a beber; essas coisas não gosto de fazer sozinha. Tudo o resto, a maioria das viagens que faço são culturais, outra pessoa só vale a pena se ela tiver os mesmos interesses históricos e culturais que eu, se não a outra pessoa não acrescenta nada. Conheço muito boa gente que gosta é de andar a tirar foto em frente aos monumentos sem os visitar ou dar uma voltinha de 30 minutos no museu e achar que já viu tudo, eu não me revejo nisso e não vou gastar o meu rico dinheirinho em viagens assim.

    Viajar sozinho é muito mais simples do que parece. Vais aonde queres, quando queres, durante o tempo que queres, tomar decisões é muito fácil porque decides tudo sozinho/a, nada de andar a discutir e a negociar. Para além de que a experiência de viajar sozinho é muitooo mais intensa...és só tu o que tu pensas e o que tu sentes e tudo isso tem impacto na maneira como vives e sentes cada experiência. Não há lá outra pessoa para te influenciar com as opiniões dele/a.

    Eu moro sozinha desde os 20 anos e faço tudo sozinha, vou às compras sozinha, vou ao médico sozinha, vou passear sozinha, tenho o feitio perfeito para viajar sozinha. Tenho amigas minhas que não suportam nem estar sozinhas em casa, duvido que fossem felizes a viajar sozinhas. Mas é claro que não se sabe sem experimentar.

    Por último, viajar sozinho também é sempre uma óptima maneira de conhecer pessoas, e há uma certa propensão para as pessoas meterem conversa connosco. Eu não desgosto mas quando é para visitar sítios prefiro estar sozinha como já disse. Mas se o objectivo for juntar-se a outras pessoas, viajar sozinho ajuda bastante a isso.

    Espero ter ajudado :) acho que o mais importante é não deixar de fazer nada só porque não se tem companhia. Qualquer dúvida é só apitar.
     
  3. PaulaCoelho

    PaulaCoelho Membro Conhecido

    993
    1.358
    173
    Olá Nuno :)

    Até agora só viajei sozinha na Europa: para mim a parte menos boa é não ter com quem fazer algum comentário imediato e muitas vezes almoçar/jantar sozinha.
    Se ficares em hostel, especialmente camarata e participares nas actividades que muitas vezes promovem, é fácil conhecer mais viajantes a solo.
    A parte boa é que fazes o que queres, quando queres, sem ter grande roteiro definido e sem ter de decidir em grupo.

    A minha sugestão para uma primeira viagem a solo: agarra no carro e vai até Espanha com algum roteiro em mente, marca apenas a primeira noite... se vires que não é cena para ti é só voltar para trás no outro dia, caso contrário podes ir marcando os hotéis pelo caminho. Só custa a primeira vez! :cool:
    Já agora, sou muito terra-a-terra e essa cena filosófica de nos conhecer a nós próprios... vivo todos dias comigo! Já me conheço bem :D:D:D

    Mesmo indo em grupo as coisas não têm de ser muito complicadas desde que as pessoas se respeitem: nas minhas férias de grupo muitas vezes ficamos divididas e marcamos encontro ao almoço/jantar pois nem todas gostam do mesmo e é importante que se respeite o espaço e preferências de cada um. Eu demoro muito mais tempo num museu, tenho o "mau hábito" de querer subir muitos degraus até ao topo de alguma cúpula, torre ou montanha e nem sempre tenho companhia para tal :p.
    Outras preferem estar mais de 1 hora num café ou deitadas na relva a apanhar sol. O facto de ir em grupo não implica de forma alguma andar em grupo :rolleyes:.

    Acho que o mais importante é ir, com ou sem companhia ;)
     
  4. rmonteiro

    rmonteiro Membro Conhecido

    2.265
    1.302
    223
    Boas.
    a @Mel C e a @PaulaCoelho já disseram praticamente tudo ! Embora tenho que discordar de começares por aqui perto.
    As minhas viagens sozinho sempre foram para fora da Europa e é aí que a diversão começa.
     
  5. Nuno Miguel Brito Marques

    Nuno Miguel Brito Marques Membro Novo

    5
    1
    1
    Boas,
    Antes de mais muito obrigado pelas dicas :D:D

    Sim, tal como a @Mel C e a @PaulaCoelho tão bem disseram só deve custar é mesmo começar, acredito que depois o "bixinho" fique... o maior desafio vai ser mesmo esse, o ir sozinho... até nas pequenas coisas me faz confusão não ter companhia (almoçar/jantar) :confused::confused: mas como tudo na vida, somos um animal de hábitos... :p:p

    @rmonteiro algum destino de "eleição" fora da Europa?? ;)
     
  6. Mel C

    Mel C Membro Ativo

    222
    229
    43
    Um conselho, se ainda estás indeciso, compra os voos. Comprar os voos é o "ponto de não retorno", se já os pagaste, vais ter de ir! Assim que aterras tudo se simplifica, e vais estar tão distraído e entretido com tudo que até te esqueces dos teus próprios medos. Almoçar/jantar, nos hosteis há sempre outras pessoas que viajam sozinhas a quem te podes "colar" na hora das refeições, mesmo sem companhia, podes aproveitar o almoço/jantar para rever as fotos do dia, planear o dia seguinte, etc, e assim sempre te vais distraindo enquanto comes.
     
  7. rmonteiro

    rmonteiro Membro Conhecido

    2.265
    1.302
    223
    @Nuno Miguel Brito Marques sozinho fiz, Israel/Jordânia em 2016 e este ano fiz Egipto. Nunca fui por agência, tratei eu de tudo e fui andando por lá.
    Mas existem outros países que se não tiver companhia, arranco sozinho com a minha mochila, sem hesitar.
     
    Lady_R gosta disto.
  8. SNeves

    SNeves Membro

    49
    25
    18
    Olá a todos... na minha opinião acho que o mais importante é fazeres algo de que efetivamente gostes... por exemplo, eu adoro praia.. então a fazer uma viagem sozinha optei por um destino de praia... se estiveres a fazer ou ver algo com que te identifiques teres companhia ou não passa para segundo plano. No meu caso tb optei por um destino fora da Europa.. nomeadamente a Jamaica e adorei.
    Haverá momentos em que te sentes muito bem sozinho e haverá momentos em que podes meter conversa com outras pessoas e acabas por conhecer novas pessoas e quem sabe fazer amizades. Vai com tudo.. a vida é curta!!!
     
    Cristina Sousa gosta disto.
  9. Cristina Sousa

    Cristina Sousa Membro Conhecido

    5.451
    8.202
    323
    Olá Nuno :)
    Se tem receio (e não deve ter) de experimentar uma viagem a sós, comece por fazer por ex um circuito. Vai estar a maior parte do tempo acompanhado, fará seguramente novas amizades, vai necessariamente absorver novas realidades e culturas e pode ser uma boa rampa de lançamento para uma verdadeira viagem a solo.
    Viajar sozinho não é mau, já muito aqui foi dito, não depende de ninguém para fazer o que quer e quando quer. E, em minha opinião, não tem nada a ver com auto conhecimento, essa parte mais "sobrenatural" :D a mim é coisa que não me assiste. :p
    E como já foi dito, vá a algum lugar que queira muito conhecer, o ir sozinho vai passar para segundo plano. ;)
    O importante é ir e desfrutar.
     
    Leonorb gosta disto.
  10. NunoCorreia

    NunoCorreia Membro Ativo

    617
    238
    43
    Eu por exemplo nunca tinha ido ver um jogo do Sporting fora do país. Há 2 anos tomei essa decisão e fui a Dortmund sozinho. Lá fiz amizade com 3 sportinguistas e 1 deles tornou-se um dos meus melhores amigos.
     
    Cristina Sousa gosta disto.
  11. Ricardo_7

    Ricardo_7 Membro Conhecido

    2.505
    2.131
    223
    Olá Nuno,

    Já aqui foi tudo dito, basicamente. Contudo, no fundo, não viajas sozinho, terás sempre alguém que se cruze no teu caminho. A verdade é que ao ir sozinho, és tu que tomas as decisões e geres o teu tempo. Com alguém ou em grupo, as coisas mudam de figura. Para mim, uma das desvantagens de viajar sozinho, são os custos, pois são sempre mais elevados. Em compensação, redescobres-te a ti próprio numa aventura :)

    Por experiência própia, em grupo, tive o privilégio de fazer amizades para a vida, com a minha aventura a Marrocos. Fui sem conhecer ninguém e criamos um núcleo de amizade tão forte, que entre outras coisas, acabamos por viajar em pequenos grupos desde aí. Foi uma das experiências mais gratificantes da minha vida, pois num núcleo de 26 pessoas, fomos um só em toda a viagem. Foi mesmo magnífico e tenho orgulho de o dizer a toda a gente que me questiona sobre como foi esta experiência.

    Portanto, em sozinho ou com companhia, o importante é ir e desfrutar de cada momento :)

    Boas viagens :D