Road Trip na Eslovénia?!

Bruno Machado

Membro Ativo
Estou atento a este tópico também :D

Vou fazer algo do género no próximo mês. Para já, pelas sugestões que deram no meu tópico, Piran, Bled, Logar são obrigatórios!
 

RicardoGil

Membro Conhecido
Sim, o livro está bem escrito e tem muita informação sobre o que se pretende (Road Trip) pela região ;)
 

Ricardo Rodrigues ZAP

Membro Conhecido
A minha é fly and drive desde Treviso
OK... boa opção...
posteriormente venho cá deixar os nomes de alguns locais que visitei e adorei... é que os nomes lá das terrinhas são "complicados"... mas posso dizer que os Alpes Julianos (esse nome é fácil) são do mais extraordinário que vi.

Quanto à road-trip, conduzir lá é fácil, mas não te esqueças de comprar a vinheta antes de entrar na autoestrada. Eu este ano não tive check-points, mas há 2 anos, assim que passei a fronteira de Italia tive logo a policia a verificar todos os carros (felizmente tinha comprado).
O que é "fixe" na Eslovénia é que é tudo pertinho, por isso não vais perder muitas horas de carro...

quantos dias vais ficar? há alguma coisa em particular que pretendas ver/fazer? é uma pessoa mais de natureza ou museus, etc..?
 

Bruno Machado

Membro Ativo
OK... boa opção...
posteriormente venho cá deixar os nomes de alguns locais que visitei e adorei... é que os nomes lá das terrinhas são "complicados"... mas posso dizer que os Alpes Julianos (esse nome é fácil) são do mais extraordinário que vi.

Quanto à road-trip, conduzir lá é fácil, mas não te esqueças de comprar a vinheta antes de entrar na autoestrada. Eu este ano não tive check-points, mas há 2 anos, assim que passei a fronteira de Italia tive logo a policia a verificar todos os carros (felizmente tinha comprado).
O que é "fixe" na Eslovénia é que é tudo pertinho, por isso não vais perder muitas horas de carro...

quantos dias vais ficar? há alguma coisa em particular que pretendas ver/fazer? é uma pessoa mais de natureza ou museus, etc..?
Foi a melhor opção que encontrei. Indo do Porto para Charleroi e de lá para Treviso. O 20€ da Ryanair ainda compensam em alguns momentos.
Essa vinheta compra-se onde? Posso pedi-la no aluguer do carro?
Saio do Porto dia 20 de Outubro e regresso dia 25. Sei que não são muitos dias. Inicialmente, por recomendação dos membros do fórum, já excluí a visita a Veneza. Fica para outra altura.
A minha ideia passa por pernoitar em algum sitio entre Treviso e a Áustria (visita rápida a Villach) e fazer o acesso à Eslovénia por aí começando em Bled. Sendo uma 'visita de médico' sei que não vou poder usufruir verdadeiramente de alguns sítios da Eslovénia mas gostava de conhecer alguns pontos. Ble, Bohinj, Ljubliana, Pinar, Predjama… Relativamente às grutas, não sendo algo que me cativa, poderei equacionar alguma que me digam 'é imperdível'.
Sou um amante da natureza e das paisagens. Em países como a Eslovénia, prefiro dar primazia à natureza ao invés de museus.
Obrigado!
 

Ricardo Rodrigues ZAP

Membro Conhecido
Bom, com base no que fiz vou tentar ajudar:

Treviso, é realmente ir logo directo à Eslovenia, e dado o muito pouco tempo que tens é evitar ir pelos Alpes, ou vais demorar uma eternidade...
eu ia direito a Udine e depois Kobarid já na Eslovenia. Ai tens o Vale do Soca que é simplesmente um dos mais bonitos vales do mundo. Em kobarid, podes fazer a pequena caminhada (menos de 1 hora) que leva à cascata Slap Kozjak. Depois podes seguir para norte para Bovec (aldeia gira) e mais à frente tens a gargantas do Soca que são impermeáveis.
Depois depende... se gostares muuuuito de conduzir e quiseres ter uma aventura, segues em direcção norte e fazes a Vršič Pass que são uma sucessão de 50 ganchos na estrada. Depois segues pelos lagos Jezero Jasna e segues em direcção ao lago Bled.
Se quiseres evitar a passagem com as curvas, em Bovec voltas atrás até Most na Soči onde podes apanhar um comboio que leva carros (barato e experiência única) e vais até Bohinjska Bistrica onde há um lago que se vê rápido e depois podes seguir viagem até Bled.
Nota: onde se apanha o comboio, na zona existem as famosas Tolmin Gorges cuja entrada é paga e vale a pena a visita, mas o percurso é exigente e demorado.
Em Bled tens o lago e tens a Garganta de Vintgar que é com entrada paga, mas vale a pena visitar.
Depois de Bled podes ir direito a Lubliana (aqui já vais utilizar autoestrada e precisas de vinheta que se compra em qualquer bomba de gasolina).
Lubliana é uma cidade pequena que se vê rapidamente dado estar tudo muito concentrado.
De Lubliana podes ir até Celje apenas por causa do castelo, mas dado que tens falta de tempo, acho que NÃO compensa a viagem. Por isso de Lubliana eu começava a voltar para trás em direcção a Trieste.
Assim, depois de Lubliana parava em Rakov Škocjan que é um local não turistico e que acredito ser o maior segredo da Eslovénia... Mas aqui é descer mesmo nos "buracos" pois a visão é ABISMAL... tem só atenção porque se estiver a chover pode ser perigoso.
Aqui perto deste local tens a Postojna Cave que é obrigatório visita (gruta que entras de comboio por ser tão grande). Eu aqui tive sentimentos duplos: o valor de entrada é um ROUBO ao qual ainda juntas o valor do parque de estacionamento, mas as grutas merecem a visita... pese embora continue a achar um ROUBO.
Seguindo, mesmo junto às grutas tens o Castelo de Predjama que é brutal...
Daqui seguia para Trieste e voltava a Treviso para apanhar o avião para casa.
A ideia de ires a Rijeka eu deixava para uma futura viagem à Croácia...

Nota: as Vinhetas tens de varios preços conforme os dias. Uma vinheta de 7 dias é suficiente para o que vais fazer.

Espero ter conseguido ajudar
 

Bruno Machado

Membro Ativo
Bom, com base no que fiz vou tentar ajudar:

Treviso, é realmente ir logo directo à Eslovenia, e dado o muito pouco tempo que tens é evitar ir pelos Alpes, ou vais demorar uma eternidade...
eu ia direito a Udine e depois Kobarid já na Eslovenia. Ai tens o Vale do Soca que é simplesmente um dos mais bonitos vales do mundo. Em kobarid, podes fazer a pequena caminhada (menos de 1 hora) que leva à cascata Slap Kozjak. Depois podes seguir para norte para Bovec (aldeia gira) e mais à frente tens a gargantas do Soca que são impermeáveis.
Depois depende... se gostares muuuuito de conduzir e quiseres ter uma aventura, segues em direcção norte e fazes a Vršič Pass que são uma sucessão de 50 ganchos na estrada. Depois segues pelos lagos Jezero Jasna e segues em direcção ao lago Bled.
Se quiseres evitar a passagem com as curvas, em Bovec voltas atrás até Most na Soči onde podes apanhar um comboio que leva carros (barato e experiência única) e vais até Bohinjska Bistrica onde há um lago que se vê rápido e depois podes seguir viagem até Bled.
Nota: onde se apanha o comboio, na zona existem as famosas Tolmin Gorges cuja entrada é paga e vale a pena a visita, mas o percurso é exigente e demorado.
Em Bled tens o lago e tens a Garganta de Vintgar que é com entrada paga, mas vale a pena visitar.
Depois de Bled podes ir direito a Lubliana (aqui já vais utilizar autoestrada e precisas de vinheta que se compra em qualquer bomba de gasolina).
Lubliana é uma cidade pequena que se vê rapidamente dado estar tudo muito concentrado.
De Lubliana podes ir até Celje apenas por causa do castelo, mas dado que tens falta de tempo, acho que NÃO compensa a viagem. Por isso de Lubliana eu começava a voltar para trás em direcção a Trieste.
Assim, depois de Lubliana parava em Rakov Škocjan que é um local não turistico e que acredito ser o maior segredo da Eslovénia... Mas aqui é descer mesmo nos "buracos" pois a visão é ABISMAL... tem só atenção porque se estiver a chover pode ser perigoso.
Aqui perto deste local tens a Postojna Cave que é obrigatório visita (gruta que entras de comboio por ser tão grande). Eu aqui tive sentimentos duplos: o valor de entrada é um ROUBO ao qual ainda juntas o valor do parque de estacionamento, mas as grutas merecem a visita... pese embora continue a achar um ROUBO.
Seguindo, mesmo junto às grutas tens o Castelo de Predjama que é brutal...
Daqui seguia para Trieste e voltava a Treviso para apanhar o avião para casa.
A ideia de ires a Rijeka eu deixava para uma futura viagem à Croácia...

Nota: as Vinhetas tens de varios preços conforme os dias. Uma vinheta de 7 dias é suficiente para o que vais fazer.

Espero ter conseguido ajudar
Bem! Antes de mais, um enorme obrigado por todas essas dicas!
Já estive aqui a dar uma vista de olhos e de facto há aí locais que, para pessoas que gostam de natureza como eu, deixam água na boca!
Continuo no entanto algo preocupado com a altura do ano em que vou. Alguns desses locais não estarão já com neve?
A minha primeira grande dúvida para já é onde dormir no dia 20. Sem contar com atraso, devo estar em Treviso às 21h. A minha ideia era fazer logo alguns quilómetros para cima para ficar o mais próximo possível da Eslovénia. Ou então, fazer um esforçozito e ir já para a Eslovénia neste dia.
Valerá a pena criar um base para dormir? Entre Ljubliana e Nova Gorica por exemplo? Mais ou menos a meio? Ou é preferível ir dormindo pelos diversos locais?

De resto de facto há locais que me mostras e que parecem incríveis. Essa de Rakov nunca tinha ouvido falar e as fotos parecem deslumbrantes!
Essa vinheta que falas da Eslovénia, sabes se é necessária em Itália e Croácia?

Uma vez um enorme obrigado pelo tempo que tens dispensado para as minhas perguntas!
 

Ricardo Rodrigues ZAP

Membro Conhecido
Bem! Antes de mais, um enorme obrigado por todas essas dicas!
Já estive aqui a dar uma vista de olhos e de facto há aí locais que, para pessoas que gostam de natureza como eu, deixam água na boca!
Continuo no entanto algo preocupado com a altura do ano em que vou. Alguns desses locais não estarão já com neve?
A minha primeira grande dúvida para já é onde dormir no dia 20. Sem contar com atraso, devo estar em Treviso às 21h. A minha ideia era fazer logo alguns quilómetros para cima para ficar o mais próximo possível da Eslovénia. Ou então, fazer um esforçozito e ir já para a Eslovénia neste dia.
Valerá a pena criar um base para dormir? Entre Ljubliana e Nova Gorica por exemplo? Mais ou menos a meio? Ou é preferível ir dormindo pelos diversos locais?

De resto de facto há locais que me mostras e que parecem incríveis. Essa de Rakov nunca tinha ouvido falar e as fotos parecem deslumbrantes!
Essa vinheta que falas da Eslovénia, sabes se é necessária em Itália e Croácia?

Uma vez um enorme obrigado pelo tempo que tens dispensado para as minhas perguntas!
Em relação à neve, os locais que te indiquei são de baixa altitude, no entanto podes apanhar chuva (mas isso até em agosto). Kobarid por exemplo, que fica no meio dos Alpes Julianos tem temperaturas médias no final de outubro entre 12ºC maxima e 6ºC minima, pelo que, só se houver um fenómeno excepcional é que apanharás neve... mas não stresses, já andei em Dezembro em plenos Alpes Suiços e Austriacos, com grandes nevões e foi +- tranquilo :D ... Resumindo... aqui dificilmente apanharás neve. O único local que vejo possível é na Vršič Pass.

Quanto a dormidas, eu tentaria arranjar algo com check-in aberto e ia dormir já em Kobarid... porquê? derretias logo kilometros numa zona que não é muito interessante, ficavas mais perto dos teus destinos de visita para no dia seguinte aproveitares logo ao máximo e porque em Kobarid os preços são quase metade do que em Udine (podes ver isso agora no booking).
Quanto a dormidas, se fosse pela rota que te dei, organizava as coisas para dormir nos Alpes Julianos nos dias 20 e 21.
Dia 22 à noite ia para Lubliana e dormia lá.
Dia 23 e 24 dormia na zona de postojna.

Lembra-te que as estradas nos Alpes Julianos são boas, mas passam por muitas aldeias o que faz com que uma viagem demore muito tempo. Como tens pouco tempo para visitar, eu sou da opinião que passes o menos tempo possivel na estrada, para assim visitares muitas coisas, o que implica dormidas em vários locais...
Lembra-te de ajustar os teus horários à luz solar, ou seja, se o sol se levanta às 7:30, tenta estar preparado a essa hora para aproveitar o máximo de luz solar, pois às 6:30 já é de noite.
 

Bruno Machado

Membro Ativo
Em relação à neve, os locais que te indiquei são de baixa altitude, no entanto podes apanhar chuva (mas isso até em agosto). Kobarid por exemplo, que fica no meio dos Alpes Julianos tem temperaturas médias no final de outubro entre 12ºC maxima e 6ºC minima, pelo que, só se houver um fenómeno excepcional é que apanharás neve... mas não stresses, já andei em Dezembro em plenos Alpes Suiços e Austriacos, com grandes nevões e foi +- tranquilo :D ... Resumindo... aqui dificilmente apanharás neve. O único local que vejo possível é na Vršič Pass.

Quanto a dormidas, eu tentaria arranjar algo com check-in aberto e ia dormir já em Kobarid... porquê? derretias logo kilometros numa zona que não é muito interessante, ficavas mais perto dos teus destinos de visita para no dia seguinte aproveitares logo ao máximo e porque em Kobarid os preços são quase metade do que em Udine (podes ver isso agora no booking).
Quanto a dormidas, se fosse pela rota que te dei, organizava as coisas para dormir nos Alpes Julianos nos dias 20 e 21.
Dia 22 à noite ia para Lubliana e dormia lá.
Dia 23 e 24 dormia na zona de postojna.

Lembra-te que as estradas nos Alpes Julianos são boas, mas passam por muitas aldeias o que faz com que uma viagem demore muito tempo. Como tens pouco tempo para visitar, eu sou da opinião que passes o menos tempo possivel na estrada, para assim visitares muitas coisas, o que implica dormidas em vários locais...
Lembra-te de ajustar os teus horários à luz solar, ou seja, se o sol se levanta às 7:30, tenta estar preparado a essa hora para aproveitar o máximo de luz solar, pois às 6:30 já é de noite.
Olá Ricardo. Obrigado uma vez mais!
Bom, relativamente à neve acho que já estou mais ou menos descansado.
Relativamente à ida direta para Kobarid, se calhar é o que irei fazer.
Mas é curioso que o Google indica que a distância mais curta e rápida é por Villach (isto se começar a visita por Bled):
upload_2018-9-14_15-41-36.png
 
Última edição:

Ricardo Rodrigues ZAP

Membro Conhecido
Se for para ir directamente para Bled sim, mas atenta que eu estava a fazer o seguinte trajecto:
Dia 20
Treviso -> Kobarid, 160Kms, 2h30m

Dia 21
Kobarid -> caminhada Slap Kozjak -> Bovec -> Gargantas do Soca, 33Kms o tempo depende da caminhada
Depois ou ias pela Vršič Pass -> igreja Russa -> lagos Jezero Jasna -> Bled, são 72Kms e cerca de 1h:30 mais paragens
Ou voltavas a trás até Most na Soči - Apanhas o comboio com o carro ate Bohinjska Bistrica -> lagos -> Bled, Isto são 50Kms + Comboio + 20Kms

Dia 22
Ver zona de Bled, + Garganta de Vintgar e seguir para Lubliana, 55Klms

Dia 23 e 24
Lubliana em direcção a Rakov Škocjan, ao castelo de Predjama e grutas Postojna
é tudo muito próximo, por isso via como dividia entre os dois dias. De Lubliana a Postojna são 45Kms de autoestrada.

Depois aqui dependia para a noite de 24 para 25
Ou ia até à costa e visitava por exemplo Piran que vale a visita (não se pode entrar na cidade de carro).
Ou tentava chegar a Treviso ainda de dia para conhecer a cidade e ficar já mais perto do aeroporto.
 
Boas,

Fiz este ano :D
O que gostavas de saber? Qual a tua ideia?
Boas Ricardo... a minha ideia seria alugar carro e percorrer o país de um ponto X a um ponto Y e regressar a Portugal :)

As vossas viagens vão ser fly&drive ou vão sair de carro desde PT?
Boas... Fly & drive ;) a ideia seria pegar no carro num ponto X do país e ir até a um ponto Y e regressar de avião...

OK... boa opção...
posteriormente venho cá deixar os nomes de alguns locais que visitei e adorei... é que os nomes lá das terrinhas são "complicados"... mas posso dizer que os Alpes Julianos (esse nome é fácil) são do mais extraordinário que vi.

Quanto à road-trip, conduzir lá é fácil, mas não te esqueças de comprar a vinheta antes de entrar na autoestrada. Eu este ano não tive check-points, mas há 2 anos, assim que passei a fronteira de Italia tive logo a policia a verificar todos os carros (felizmente tinha comprado).
O que é "fixe" na Eslovénia é que é tudo pertinho, por isso não vais perder muitas horas de carro...

quantos dias vais ficar? há alguma coisa em particular que pretendas ver/fazer? é uma pessoa mais de natureza ou museus, etc..?
Boas Ricardo :) a ideia seria fazer um road trip de uma semana e conhecer o país o melhor possível nesse período. Museus não é para mim... estou escaldado de entrar em museus que não tem nada de interessante. Adoro natureza, paisagem, história, passear pelas ruas, apreciar os costumes do povo, conhecer as aldeolas e os seus costumes...

Bom, com base no que fiz vou tentar ajudar:

Treviso, é realmente ir logo directo à Eslovenia, e dado o muito pouco tempo que tens é evitar ir pelos Alpes, ou vais demorar uma eternidade...
eu ia direito a Udine e depois Kobarid já na Eslovenia. Ai tens o Vale do Soca que é simplesmente um dos mais bonitos vales do mundo. Em kobarid, podes fazer a pequena caminhada (menos de 1 hora) que leva à cascata Slap Kozjak. Depois podes seguir para norte para Bovec (aldeia gira) e mais à frente tens a gargantas do Soca que são impermeáveis.
Depois depende... se gostares muuuuito de conduzir e quiseres ter uma aventura, segues em direcção norte e fazes a Vršič Pass que são uma sucessão de 50 ganchos na estrada. Depois segues pelos lagos Jezero Jasna e segues em direcção ao lago Bled.
Se quiseres evitar a passagem com as curvas, em Bovec voltas atrás até Most na Soči onde podes apanhar um comboio que leva carros (barato e experiência única) e vais até Bohinjska Bistrica onde há um lago que se vê rápido e depois podes seguir viagem até Bled.
Nota: onde se apanha o comboio, na zona existem as famosas Tolmin Gorges cuja entrada é paga e vale a pena a visita, mas o percurso é exigente e demorado.
Em Bled tens o lago e tens a Garganta de Vintgar que é com entrada paga, mas vale a pena visitar.
Depois de Bled podes ir direito a Lubliana (aqui já vais utilizar autoestrada e precisas de vinheta que se compra em qualquer bomba de gasolina).
Lubliana é uma cidade pequena que se vê rapidamente dado estar tudo muito concentrado.
De Lubliana podes ir até Celje apenas por causa do castelo, mas dado que tens falta de tempo, acho que NÃO compensa a viagem. Por isso de Lubliana eu começava a voltar para trás em direcção a Trieste.
Assim, depois de Lubliana parava em Rakov Škocjan que é um local não turistico e que acredito ser o maior segredo da Eslovénia... Mas aqui é descer mesmo nos "buracos" pois a visão é ABISMAL... tem só atenção porque se estiver a chover pode ser perigoso.
Aqui perto deste local tens a Postojna Cave que é obrigatório visita (gruta que entras de comboio por ser tão grande). Eu aqui tive sentimentos duplos: o valor de entrada é um ROUBO ao qual ainda juntas o valor do parque de estacionamento, mas as grutas merecem a visita... pese embora continue a achar um ROUBO.
Seguindo, mesmo junto às grutas tens o Castelo de Predjama que é brutal...
Daqui seguia para Trieste e voltava a Treviso para apanhar o avião para casa.
A ideia de ires a Rijeka eu deixava para uma futura viagem à Croácia...

Nota: as Vinhetas tens de varios preços conforme os dias. Uma vinheta de 7 dias é suficiente para o que vais fazer.

Espero ter conseguido ajudar
Boas Ricardo...este teu "plano"parece-me bem aproveitado...dado que a minha ideia são 8 dias e não os 5, recomendarias mais alguns locais?
 
Última edição por um moderador:

Bruno Machado

Membro Ativo
Se for para ir directamente para Bled sim, mas atenta que eu estava a fazer o seguinte trajecto:
Dia 20
Treviso -> Kobarid, 160Kms, 2h30m

Dia 21
Kobarid -> caminhada Slap Kozjak -> Bovec -> Gargantas do Soca, 33Kms o tempo depende da caminhada
Depois ou ias pela Vršič Pass -> igreja Russa -> lagos Jezero Jasna -> Bled, são 72Kms e cerca de 1h:30 mais paragens
Ou voltavas a trás até Most na Soči - Apanhas o comboio com o carro ate Bohinjska Bistrica -> lagos -> Bled, Isto são 50Kms + Comboio + 20Kms

Dia 22
Ver zona de Bled, + Garganta de Vintgar e seguir para Lubliana, 55Klms

Dia 23 e 24
Lubliana em direcção a Rakov Škocjan, ao castelo de Predjama e grutas Postojna
é tudo muito próximo, por isso via como dividia entre os dois dias. De Lubliana a Postojna são 45Kms de autoestrada.

Depois aqui dependia para a noite de 24 para 25
Ou ia até à costa e visitava por exemplo Piran que vale a visita (não se pode entrar na cidade de carro).
Ou tentava chegar a Treviso ainda de dia para conhecer a cidade e ficar já mais perto do aeroporto.
Olá Ricardo! Uma vez mais obrigado por toda a ajuda. Está apenas a faltar-me algum tempo para colocar os locais em dia e fazer o meu roteiro. Mas certamente que as tuas ajudas vão ser essenciais. Um muito obrigado mesmo ;)

Gostava de ir a Villach mas pelo que vejo também há vinhetas na Áustria :|
 

Bruno Machado

Membro Ativo
@Ricardo Rodrigues ZAP tenho por aqui uma outra questão que gostava de ter a tua opinião. Queria avançar com a reserva do carro. As estradas por lá são porreiras? A gama baixa compensa ou convém um motor melhorzito por causa de possíveis subidas?

Obrigado e um abraço
 

Ricardo Rodrigues ZAP

Membro Conhecido
Boas Ricardo...este teu "plano"parece-me bem aproveitado...dado que a minha ideia são 8 dias e não os 5, recomendarias mais alguns locais?
Sim, existe mais 1 ou 2 locais que exclui do roteiro do Bruno dada a limitação de tempo que ele tem. Posteriormente colocarei cá que não sei escrever os nomes dos locais de cabeça...
Ficam todos mais ou menos no roteiro que dei, mas implica mais tempo.

Por exemplo, uma das coisas que fiz foi rafting no rio soca, e é algo que recomendo, pois a zona é brutal e o percurso é acessível mesmo para quem tenha mais receio de adrenalina :p Foi uma forma diferente de conhecer o local e acabou por ser um dos momentos altos da viagem.


@Ricardo Rodrigues ZAP tenho por aqui uma outra questão que gostava de ter a tua opinião. Queria avançar com a reserva do carro. As estradas por lá são porreiras? A gama baixa compensa ou convém um motor melhorzito por causa de possíveis subidas?

Obrigado e um abraço
As estradas são ao nível de Portugal, o que quer dizer que as piores estradas que vais apanhar são em Itália :p
Honestamente, como vais sozinho, o carro barato (fraquinho) é mais que suficiente. Eu fiz tudo num clio 3 de 2005 e não houve qualquer stress.

Nota histórica: uma vez em Tenerife a sra do rent a car estava a tentar convencer-me a mudar para carro de gama mais alta. Um dos argumentos era que a ilha tinha estradas com muita inclinação... eu sempre a insistir a dizer que queria o carro de gama baixa... até que ela numa maior insistência me diz que assim eu teria de esforçar muito o motor. Minha resposta já farto de ouvir a sra: "quero lá saber, o carro não é meu e só vou andar com ele 3 dias".
E pronto foi o fim da conversa. :p
 
Top