Rio de Janeiro e Foz do Iguaçu

Boas,

Estou a começar os meus planos de viagem pelo Sul da América do Sul e o destino que mais me "mete medo" devido á segurança é o Rio de Janeiro, que vou ficar 2 dias.
O hotel que estou a pensar reservar (Américas Granada Hotel, fica na Avenida Gomes Freire ) fica pelo que me parece, entre a Lapa e o Centro e muito perto da Catedral Metropolitana de São Sebastião, para quem já esteve no Rio de Janeiro acha uma zona "segura"? Dá para ir fácilmente a pé até aos museus em segurança?
Um dos dias estou a pensar fazer tudo em Uber, acham que se consegue fazer num dia e acham viável?
  • Hotel - Pão de Acucar
  • Pão de Acúcar - Cristo Rei
  • Cristo Rei - Maracanã
  • Maracana - Sambódromo
  • Sambodromo - Escadaria Selarom
  • Escadaria Selarom - Catedral Metropolitana
No outro dia gostava de ver a zona de Copacabana e de Ipanema e mais alguma coisa que possam aconselhar e ir claro de Uber. E se conhecerem algum bar\restaurante em que se toque Bossa Nova eu agradecia já que sou um fâ deste estilo.
Relativamente á Foz do Iguaçu estou a pensar em ir ás Cataratas de autocarro e depois ir até á Barragem e guardar o outro dia que lá estou para ir ao Paraguai, quem lá esteve que possa aconselhar alguma coisa eu agradeço, também já li que é um local não muito seguro.

Cumprimentos
 

Leonorb

Moderador
Staff
Olá
A zona onde fica o hotel é segura... é na Lapa, zona muito movimentada e turistica, mas não há no Rio zonas 100% seguras. Dá para visitar a pé a zona da lapa e Centro.
Quando há perturbações sociais no Rio é sempre no centro e por vezes violento. Mas se houver alguma dizem-te
Em relação ao teu programa e uma vez que ficas na lapa, retirava a escadaria e a catedral. Podes ir lá a pé.
Andar de Uber no Rio pode não ser uma boa opção por razões de segurança. Os taxis amarelos, é melhor.
Podes ver no hotel se têm "venda" de circuitos. Alguns taxistas à porta dos hoteis também oferecem circuitos.
O trânsito no Rio é terrivel... visitar os principais pontos num dia pode não ser fácil.
Sugiro que vaz ao Cristo Rei primeiro e muito cedo. A partir das 10 h é impossivel; tem muita gente e o acesso é mais demorado; gastas algumas horas. Faz por estar lá às 8/8.30. Se começares pelo Corcovado (CR) ainda deves conseguir ir ao Pão de Açucar durante a manhã e podes aprovitar a tarde para Copa Cabana. Podes tentar incluir a pedra bonita e a vista chinesa antes de Copa se o transito ajudar.
Na zona da Lapa tens muitos bares, botecos e restaurantes. A maioria tem animação. Um dos mais iconicos é o Rio Cenário, mas tens de ver a programação; com sorte apanhas Bossa Nova. Se não, pergunta no Hotel; eles devem saber indicar. Se ficarem à noite por Ipanema tens o Bar Vinicius e Bossa Nova...
Na lapa/centro visitem também a Candelária, passem no Arco do Teles e Praça 15, Cinelândia, vão à confeitaria Colombo.... tudo +/- próximo
Ir do Rio às Cataratas de autocarro é um dia inteiro... ou mais... Já ponderaram ir de avião?
 

Vitor62

Membro Conhecido
Estive em Iguaçu há uns 12 anos e, na altura, não me senti inseguro em lado nenhum e até achei muito sossegado... Não sei se as coisas mudaram entretanto.
Quanto às cataratas pelo menos 2 dias para apreciar bem.. podem fazer um passeio de barco que vos leva mesmo perto das quedas de agua.
Para além disso podem ir a um local ( não me lembro do nome ) de onde podem ver os 3 países, Brasil, Argentina e Panamá, e podem ir fazer compras à Cidade del Este no Paraguai onde se podem fazer alguns bons negócios.
De resto nada mais digno de registo.
De qualquer maneira há muita informação na net sobre esse destino.
 
Última edição por um moderador:

Pedro85

Membro Ativo
Engraçado, em Fevereiro deste ano fiz exactamente esse plano. Estive 3 dias no Rio e 2 em Iguaçu. ;)

Esse local é relativamente seguro, no entanto prepara-te para ver alguma pobreza na zona do aqueduto (e em todo o Rio, mesmo nas zonas "ricas" como Copacabana). Comigo correu tudo bem, mas aconselho a manter os dois olhos bem abertos.

Eu acho que esse plano para um dia é demais. Eu optaria por deixar, pelo menos, a ida ao Pão de Açúcar para o segundo dia. Aconselho a não comprar o bilhete para o Cristo antecipado, eu cometi esse erro, com hora marcada, e quando cheguei lá em cima estava chuva e nevoeiro... Não consegui ver nada. Se o tempo estiver bom, aconselho ir lá cima no Trem do Corcovado.

Quanto a Iguaçu, recomendo meio dia para a aparte Brasileira das Cataratas. A parte Argentina é mais bonita na minha opinião, e tem muito que ver e que andar a pé... Recomendo 1 dia completo.
No caminho não esquecer de passar pelo Marco das 3 fronteiras (há tanto do lado Argentino como do Brasileiro).
Ao Paraguay, Ciudad del Este, cheguei a ir mas apenas para fazer o "check" no passaporte... Não tive tempo nem vontade, pois fiquei desiludido com a sujeira da cidade.
 
Obrigado pela ajuda.

Leonorb, não fui claro, vou da Foz do Iguaçu para o Rio de Janeiro de avião, o transporte na cidade do centro para as cataratas é que estava a pensar de autocarro, porque isto é depois de ir á Patagónia, Buenos Aires, Montevideo e Santiago do Chile e o os € já não devem abundar nesta altura. Mas não tinha ideia que a Uber não era assim tão seguro. Arranjei uma tour atravês dos muitos emails que enviei ás agências do tripadvisor e para visitar: Cristo, Pão de açúcar, escadarias Selaron, Catedral metropolitana, sambódromo e Maracanã por fora, pickup e dropoff, almoço e entradas incluída por 260R por pessoa=+/-60€.

Vitor62, o que disse era o que estava a pensar visitar na Foz do Iguaçu, eu falei de segurança na cidade porque li um artigo a dizer que o crime na cidade tinha descido muito nos últimos anos, antes a cidade era 1 das que tinha mais crime no Brasil, mas se é tranquilo acho que posso ir de autocarro.

Pedro85, ir aos dois lados era bom mas acho que com tantos dias de viagem não sei se vou ter orçamento, vou chegar do lado Argentino de avião, mas o hotel é do lado brasileiro, não sei se consigo arranjar transfer que me leve ás cataratas do lado Argentino no dia da chegada, que pelo que vi fica perto do aeroporto e no outro dia vejo o lado brasileiro. A Ciudade del Este pelo que leio dizem que é muito barato e se fosse assim tão barato eu até gostava de fazer compras, mas se for muito confuso e muita negociação eu acho que não vou gostar muito.
Alguêm sabe se á forma de ver a Barragem ou se vale a pena, porque penso que seja uma das maiores do mundo.
 

Pedro85

Membro Ativo
Pois, eu cheguei e fiquei alojado na parte brasileira. Aluguei carro, e muito sinceramente acho que é a melhor opção para quem tem tempo limitado. Eu preferia ir ao lado argentino das cataratas em vez de gastar tempo a ver uma barragem.

Quanto ao Uber no Rio, achei seguro. Nunca andei tanto de Uber como no Rio e é baratíssimo, principalmente se usarmos o Uber partilhado.
 

pafer

Membro Ativo
Opinião de quem já esteve há 10 anos em Iguaçu, precisamente no dia 1 de Maio.
Iguaçu a visitar penso que sem duvida do lado argentino, é uma visita muito mais espectacular. Cidade que pareceu segura sem qualquer problema mesmo à noite.
A barragem embora grande é só mais uma barragem, se tiver tempo é aproveitar ao máximo em Iguaçu que é uma das paisagens mais bonitas do mundo.
Na altura ficamos do lado brasileiro e de manhã fomos de BUS para lado argentino (havia vários). Penso que aí não terás dificuldade de deslocação, estamos a falar da principal atração lá. Em último caso negociando com taxi também deves conseguir preços razoáveis. (ou mesmo uber)
Cidade del este hoje parece estar bem melhor, há 10 anos, era uma das cidades mais perigosas da américa do sul, basta dizer que eramos um grupo e fomos em 2 taxis, e um dos taxistas ficou junto aos carros para não os roubarem, isto em pleno dia e com muita gente nas ruas. Hoje pelo que li em 2 ou 3 artigos parece estar melhor nesse aspecto, mas em tudo o resto continua igual, caos, muito lixo e negócios mais ou menos duvidosos. Na altura comprei tabaco a preço super barato (mas era contrabando:)) e trouxe umas toalhas feitas à mão que custaram ainda bastante para preços de lá(30€), mas são de uma qualidade muito, muito boa. Ainda hoje estão impecáveis.
Valia pelos preços praticados, no mercado de rua é preciso negociar bastante, mas havia por lá um shoppings conhecidos por ter preços muito baratos em marcas conhecidas que estavam fechados por ser feriado.
 
Top