[Report] Tailândia Fev 2018 - Krabi, Phi Phi, Railay Beach e Patong (Phuket)

Tópico em 'Reports de Tailândia' iniciado por Tiago Gorjão a 9 Mar 2018.

  1. Tiago Gorjão

    Tiago Gorjão Membro

    48
    34
    18
    Olá a todos, aqui fica o nosso Report da viagem que fizemos â Tailândia no seguimento do tópico "Tailândia para Pobres".

    Apanhámos o avião em Lisboa às 5h da manhã a caminho de Frankfurt com uma duração de voo de 3h10. Como tínhamos uma escala de 12 horas, fomos conhecer a cidade e ver o Carnaval. O nosso roteiro pela cidade foi o seguinte:
    Visitámos o Café Hauptwachee Katharinenkirche - Junto a saída do metro de Hauptwache.
    Seguimos a Rua Neue Kräme em direção ao Rio Main até a Liebfrauekirche onde havia uma Igreja paroquial e um convento do século XIV. No meio da praça está a fonte Liebfrauenbrunnen e ainda o Café Liebfrauenberg.
    Seguindo pela Neue Kräme encontra-se a Paulskirche- Igreja de São Paulo. Fomos até à Praça Römerberg onde se encontra a Fonte da Justiça, a Gerechtigkeitsbrunnen, casas medievais, Prefeitura, Ostzeile o casario de madeira e a Igreja de Nikolaikirche. Seguimos para o Rio para ver a Haus Wertheym. Subimos à ponte Eiserner Steg e prendemos lá um cadeado com os nossos nomes. Na volta fomos pela Kaiserdom St. Bartholomäus.
    Fomos ao shopping My Zeil para comer/fazer tempo mas as lojas estavam todas fechadas por causa do Carnaval. A meio do nosso roteiro, tivemos o prazer de assistir ao Desfile, que é uma mistura de Carnaval com "Pão por Deus", onde haviam carros alegóricos a passar pelas ruas e as pessoas lá dentro iam atirando doces as pessoas que estavam a assistir. Como estava muito frio, cerca de -2/-3 ºC decidimos voltar para o aeroporto para descansar pois também não tínhamos dormido nada na noite anterior. Às 21h20 apanhámos o avião com destino a Banguecoque com a duração de 10h40m



    awww.viajoteca.com_wp_content_uploads_2014_04_Mapa_Frankfurt.

    Dia 1 (12/02/2018)

    Chegámos a Bangkok às 14h em ponto.

    Fomos direitos à Superrich (casa de Câmbio) no último piso (piso b) para trocar o dinheiro. Cada € ficou por 38,65 Bahts sendo que nas outras casas no aeroporto era 38,21 THB. Podiamos ter conseguido o valor de 38,70 Bahts se as notas fossem entre 100€ a 500€.

    De seguida fomos apanhar o autocarro transfer para o outro aeroporto, na saída 3 no piso dos desembarques. O autocarro é de borla mas é preciso mostrar o bilhete do próximo voo e a viagem durou 1h (o autocarro não dava mais de 60km e nas subidas não passava dos 20Km lol). Esperámos pelo voo para Krabi (pela Airasia para despachar malas de porão é tudo de forma automática)

    Chegámos ao aeroporto de Krabi e fomos ver de transporte para o hotel. Logo à saída do lado esquerdo há um quiosque de táxis e vans, o táxi era 350 bahts a van era 100 bahts por pessoa. Fomos numa van e deixaram-nos mesmo à porta do hotel.

    Fomos a uma 7 Eleven comprar um cartão de telefone para termos internet e fomos jantar. Assim foi o nosso primeiro dia na Tailândia.


    Hotel: The Greenery Hotel
    O hotel fica bem localizado, perto da Walking Street (como já chegámos tarde já estavam todos a arrumar as barraquinhas), das esculturas à beira rio e do Templo Wat Kaew Korawaram.
    O quarto estava limpo, a casa de banho ainda tinha cabelos dos clientes anteriores (no chão), mas para ficar só uma noite serviu perfeitamente.

    Krabi: Não tenho muito a dizer sobre Krabi, notámos que ainda não está muito virada para o turismo como os outros sítios onde estivemos.

    Gastos:
    Internet Móvel e cartão de telefone – 448 bahts
    Jantar – 340 bahts
    Stir Fried Rice com Ovo
    Stir Fried Rice com Marisco
    Frango com Alho
    Camarão com Alho
    2 Águas
    Espetada de Salsicha – 5 bahts
    Espetada de Frango – 5 bahts
    Chocolate KitKat Morango – 15 bahts
    Água – 10 bahts
    Batom Cieiro – 48 bahts
    Tarte do Mcdonalds (chocolate e morango) – 60 bahts
    Transfer do Aeroporto de Krabi para o Hotel – 200 bahts
    Transfer do hotel e Ferry para as Phi Phi – 800 bahts
    Hotel 1 Noite – 713 bahts

    Total – 2644 bahts



    Dia 2 (13/02/2018)

    De manhã fomos ver a estátua do Caranguejo e o Templo Budista Wat Kaew Korawaram e passear pela cidade. A cidade em alguns sítios cheira mal. Ao meio dia fomos para as Phi Phi (Comprámos a viagem já com o tranfer até ao Pier dos Barcos incluído com a Recepcionista do Hotel). O transfer foi buscar-nos ao hotel às 12h e levou-nos para o Pier. O Ferry partiu às 13h30m. Levou mais ou menos 1h45 até às Phi Phi. Pagámos 20 bahts p/ pessoa para entrar na ilha. Uma vez lá fomos até ao nosso hotel. Fizemos o chec-in e fomos até à piscina para refrescar. Depois decidimos ir visitar o View Point, pagámos 30 bahts p/pessoa para subir até lá acima. Voltámos e fomos comprar a Tour para a Maya Bay, 1100 bahts por pessoa em speedboat. Fomos passear pela ilha. Não gostámos particularmente das Phi Phi. Tem muito lixo (não há propriamente caixotes ou depósitos para ser colocado), cheira mal em muitos lados, só putos bêbedos tipo Bairro Alto... para nós não é o sitio ideal para descansar. Preferíamos talvez não ter lá ficado e irmos lá de visita no Tour da Maya Bay. Depois fomos jantar num restaurante a caminho do View Point. Nessa zona as coisas são mais baratas pois ficam mais longe do centro. Depois de jantar fomos até à baía ver o espectáculo com fogo. Decidimos ir dormir cedo pois no dia a seguir a Tour para Maya Bay era às 6h30.


    Gastos:
    Entrada das Phi Phi – 40 bahts
    Entrada no View Point – 60 bahts
    Tour Maya Bay – 2200 bahts
    Pequeno Almoço – 107 bahts
    Bolo de Côco
    Bolo de Ananás
    Ice Tea
    Pão Brioche
    Capuccino Gelado
    Granizado de Morango – 12 bahts
    Granizado de Coca-Cola - 12 bahts
    4 Águas – 28 bahts
    Almoço – 140 bahts
    2 Sandes de Ovo com Fiambre
    Água
    Batatas Fritas
    Hambúrguer – 33 bahts
    Sandes de Carne de Porco – 13 bahts
    Jantar – 240 bahts
    Água
    Batido de Fruta
    Sopa de Camarão com gengibre
    Noodles com Camarão
    Gelado Magno – 75 bahts
    Chocolate – 15 bahts
    Espetada de Camarão – 40 bahts

    Total: 3009 baths
     
    Editado por um moderador: 28 Jun 2018
    d3ci0 gosta disto.
  2. Tiago Gorjão

    Tiago Gorjão Membro

    48
    34
    18
    Dia 3 (14/02/2018)

    Acordámos às 5h30 para ir fazer o Tour a Maya Bay, escolhemos fazer o Tour a esta hora para apanhar Maya Bay o mais vazia possível (fomos no 2º barco que chegou à praia). Ponto de encontro no 7-11 do Pier, às 6h. Foram-nos buscar para tomar um café da manhã e comer uns "bolos". Arrancámos para Maya Bay e quando lá chegamos, às 6h50, haviam umas 20 pessoas na praia. Fomos a correr para a outra ponta, Loh Samah Bay para ver o nascer do sol. A praia é muito bonita à chegada e à saída, mas de resto é mais uma praia... Às 8h20 saímos para ir fazer Snorkeling, o mar estava muito agitado mas ainda deu para ver tubarões e uns peixes (20min). Daí fomos até Pileh Lagoon e tomar banho na piscina natural (30min), depois fomos até à Viking Cave tirar uma fotos a partir do barco (2/3min) e fomos até à Monkey Bay ver os macacos (20min). Regressámos às Phi Phi.
    Fomos almoçar e cometemos o erro de ir passear para conhecer a ilha depois de almoço... só estava um calor infernal que mal conseguíamos andar na rua. Decidimos ir logo para a piscina do hotel e ficar dentro de água mas à sombra. Depois fomos fazer uma massagem tailandesa (era dia dos Namorados). Eu pensava que elas estavam lá a fazer massagens por fazer mas afinal sabiam bem o que faziam, porque a sra que me atendeu descobriu logo que tinha um problema no ombro (derivado a um acidente de carro) e ela aconselhou a fazer outro tipo de massagem porque a thai só me fazia pior. Depois fomos jantar.


    Hotel: P.P. Casita
    Os bungalows eram muito pequenos, tinham a cama, a casa de banho e pouco mais. Tinham uma piscina impecável e a área envolvente era muito bonita. O nosso bungalow ficava mesmo ao lado da rua então dormimos muito pouco duarante estas duas noites pois havia muito barulho vindo dos bares e das pessoas bêbedas.

    Phi Phi: Nem eu nem a minha mulher gostámos de cá ter ficado, é muito bonito para se ir visitar mas para quem quer férias para conhecer e descansar não é o sítio ideal. Parece um Bairro Alto mas em ilha pois é muito virada para a diversão nocturna. Cheirava mal na maior parte dos lados e não há caixotes do lixo (mal geral em todos os lados em que estive).

    Gastos:
    Pequeno Almoço – 133 bahts
    2 Bolos de Ananás
    Ice Tea
    Croissant
    Galão
    Almoço – 350 bahts
    Água
    2 Hambúrguers de Camarão
    Spring Rolls
    Lanche – 100 bahts
    Água
    Ice Tea
    2 Bolos
    2 Pacotes de Bolachas
    Ferry para Railay – 900 bahts
    Massagens de 1 hora (Thai e Masagem de ombros e costas) – 700 bahts
    Jantar – 315 bahts
    Água
    Batido de Banana
    Frango com Cajus e arroz
    Esparguete com Camarão

    Total: 2498 bahts



    Dia 4 (15/02/2018)


    Aproveitámos para descansar de manhã, este dias tem sido de loucos e a praia aqui tem de se andar uns 300m para que a água te dê pela cintura lol mas decidimos lá ir e como a maré estava cheia tínhamos água com fartura para poder mergulhar. Fomos almoçar e às 15h30 apanhámos o ferry para Railay. Às 17h chegámos a Railay - do ferry passámos para o longtail e fomos deixados na água porque a maré estava baixa, atenção que ainda é preciso andar uns 50 metros dentro de água com as malas às costas. O nosso hotel ficava do outro lado, uns 10 minutos a pé. Fomos passear para conhecer a zona. Fomos jantar e às 22h30m fomos ao The Last Bar ver um combate de Muay Thai.


    Gastos:
    Pequeno Almoço – 95 bahts
    2 Bolos
    Galão
    Brioche Misto
    Água
    Almoço – 335 bahts
    Ice Tea
    Água
    Galinha com Caju
    Galinha com Alho
    Jantar - 240 bahts
    Batido de Papaia
    Água
    2 Noodles de Camarão
    Panqueca de Banana e Nutella – 40 bahts
    Água – 20 bahts
    Combate de Muay Thai – 200 bahts

    Total: 950 bahts


    Dia 5 (16/02/2018)

    Hoje o dia começou com a ida ao View Point e a Princess Lagoon. O caminho é difícil e é preciso ter alguma preparação física pois é sempre a subir por rochas e terra mas tem umas cordas que ajudam na subida e na descida. Após subir alguns metros tem uma bifurcação, para a esquerda vamos para o View Point. Para a direita começamos a descer para a Lagoon. Descemos até uma zona onde temos 3 patamares a pique, no primeiro patamar tinha uma escada mas estava partida, por isso é preciso fazer escalada literalmente mas sem os devidos acessórios ou qualquer tipo de vigilância. Os outros 2 patamares têm escadas de bambu. Eu desci até à Lagoon mas a minha mulher não quis arriscar. Depois é voltar a subir tudo e depois voltar pelo caminho do começo. É cansativo e é preciso ter preparação física mas faz-se. À tarde fomos até Ton Sai Bay e apanhámos a baía vazia o que foi uma desilusão. Fomos pelo caminho mais longo pelo meio da floresta, cerca de 2,5km. Tem mais 2 caminhos pela praia mais fáceis e mais perto. O resto do dia foi passado na praia e piscina. À noite fomos jantar e depois fomos até um bar num terraço com uns Portugueses.


    Gastos:
    Jantar – 490 bahts
    Água
    Batido de Ananás
    Sopa de Cogumelos
    Camarão Grelhado
    Spring Rolls
    Almoço – 380 bahts
    Água
    Café Gelado
    2 Camarão com Cajus
    2 Arroz
    Spring Rolls
    Lanche – 150 bahts
    Baguete de Frango
    Crepe de Queijo
    Excurções, Ferry para Phuket e Transfer para Patong Beach– 8300 bahts (Tudo comprado no mesmo vendedor e ao mesmo tempo)
    Hot Springs, Emerald Pool e Tiger Cave (sem montar elefantes) - 2200 bahts
    4 Islands de Longtail – 1800 bahts
    Hong Island em Speedboat com Caiaque - 3000 bahts
    Ferry + Transfere - 1300 bahts

    Total: 9220 baths

     

    Ficheiros Anexados:

    Editado por um moderador: 28 Jun 2018
  3. Tiago Gorjão

    Tiago Gorjão Membro

    48
    34
    18
    Dia 6 (17/02/2018)

    Hoje fomos fazer a Tour Tiger Cave, Emerald Pool e Hot Springs. Às 8h estávamos no pier de Railay West. Seguimos de barco até ao pier de Ao Nammao e aí estava uma Van à nossa espera. Fomos buscar mais pessoas aos hotéis de Ao Nang. Quando a carrinha estava cheia fomos até às Hot Springs o que demorou mais ou menos uma hora de viagem. A viagem foi de loucos, o pessoal aqui não respeita regras ou sinais de trânsito. Quando chegámos disseram-nos que tínhamos 1h para lá ficar. Andámos uns 10 min a pé até às Hot Springs e quando chegámos ainda estava pouca gente e deu para aproveitar o espaço. A água é realmente quente e as pessoas ficam dentro de covas e buracos no chão. As nascentes dão a um rio e a água aí é gelada (comparando com as nascentes). Às 11h fomos para a Emerald Pool que fica a 10 min de onde estávamos. Fomos logo almoçar quando lá chegámos, tinham um género de refeitório aberto onde sentavam as pessoas que iam chegando e serviam-nos comida típica. Depois disso fomos para a Pool e quando entrámos tínhamos 2 caminhos, um de 800m por uma estrada e outro de 1400 m por um passadiço de madeira até a Emerald Pool. Nós fomos pelo caminho mais longo e quando chegámos à Emerald pool nem parámos pois queríamos ir primeiro ver a Blue Pool, mais 600 m por caminho de cimento. É realmente muito bonita mas aqui não se pode entrar na água pois é uma área protegida. Apenas podemos tirar fotos do passadiço. Depois voltámos para trás e demos uns mergulhos na Emerald Pool. Esta estava com bastante gente mas há espaço suficiente para dar mergulhos. Às 13h seguimos viagem até à Tiger Cave, mais uma hora de viagem. Chegámos por volta das 14h e podemos ficar lá até às 15h20. Lá no recinto existe uma escadaria e a primeira coisa que fizemos foi ir a correr para lá para termos tempo de chegar ao topo. São 1237 degraus a pique e subimos numa hora em que está bastante calor. Não é nada fácil, a meio do caminho haviam macacos a tentar roubar tudo o que fosse comida e água. Lá em cima tem um terraço com um grande Buda e pode-se usufruir de uma vista sobre a cidade. Descemos e cá em baixo fomos visitar a Tiger Cave e não tivemos tempo para mais. Uma vez já na Van seguimos para o pier dos barcos pois nós não queríamos fazer o Elefante Traking (Somos contra a exploração dos animais para fins recreativos). Às 16h30m apanhámos o barco para voltar a Railay e o resto do dia foi para descansar pois têm sido dias muito cansativos...

    Gastos:
    Jantar - 370 bahts
    Spring Rolls
    Baguete de Frango
    Sopa de Cogumelos
    Ice Tea
    Batido de Ananás
    Bolachas de Chocolate – 20 bahts
    Amendoins com sabor a côco – 50 bahts
    Cereais de Chocolate – 40 bahts
    2 Bebida Gatorade 60 bahts
    Ida a Casa de Banho - 5 bahts

    Total: 559 baths

    Dia 7 (18/02/2018)

    Neste dia fizemos a Tour das 4 Islands, às 10h fomos para o pier do lado West e já estava tanto calor que àquela hora já comíamos gelados de gelo... apanhámos o longtail com destino à primeira ilha, 20min depois chegámos a uma praia minúscula com mais de 300 pessoas. Era suposto podermos visitar três ilhas passando por areia que as une mas uma das ilhas estava interdita e a outra (Chicken) não se pôde ir porque a maré estava cheia. Ficámos lá cerca de 40min e depois fomos para a parte de trás da ilha da galinha fazer Snorkeling em 2 sítios, o primeiro era numa praia onde tínhamos pé e só havia 3 tipos de peixes. No outro sítio já não tínhamos pé e havia muitos peixes diferentes e cobras de água mais junto às rochas. Eu por acaso não vi nenhuma. Em seguida fomos até à ilha Poda, onde é preciso pagar 400 bahts para entrar (nós pagámos junto com a compra do bilhete da Tour). Aí ficámos cerca de 1h e foi-nos oferecido o almoço (comparado com o das outras tours que lá estavam foi o pior). Daí fomos até Ao Phra Nang Beach onde chagámos por volta das 15h e visitámos a caverna da princesa onde os locais vão colocar objectos em forma de pénis para pedirem por fertilidade. Como esta última parte da visita já fica em Railay fomos a pé até ao hotel. No resto do dia disfrutámos da piscina.

    Gastos:
    Gelado de Coca-Cola e Limão - 30 bahts
    Gelado de Melancia - 30 bahts
    Panqueca de Nutella - 40 bahts
    Panqueca de Nutella e Banana - 50 bahts
    Jantar - 685 bahts
    Peixe Grelhado com Batata cozida
    Aros de Cebola
    Batido de Ananás
    Batido de Pitaia
    Café Americano - 80 bahts
    Café Expresso - 80 bahts
    2 Thai Ice Tea– 140 bahts

    Total: 1135 bahts


    Dia 8 (19/02/2018)

    Hoje descansámos... De manhã fomos até Ao Phra Nang Beach e disfrutámos da praia, depois fomos almoçar e descansámos na hora de maior calor. À tarde decidimos dar uma volta e começou a chover torrencialmente. Durou cerca de 15min e ficou tudo ensopado. Tentámos ver um View point e ainda nos aventurámos no meio de rochas, água e lama mas estava mesmo difícil de percorrer o caminho e decidimos voltar para trás antes que nos magoássemos a sério.

    Gastos:
    Jantar - 420 bahts
    Batido de Côco
    Cerveja Chang
    Frango Frito
    2 Noodles Amarelos com Camarão
    Panqueca de Banana e Manteiga de Amendoim - 50 bahts
    Panqueca de Côco - 40 bahts
    Almoço - 390 bahts
    Baguete de Frango
    Chesse Burguer
    Batido de Limão
    Batido de Côco
    Pão de Alho

    Total: 900 bahts

    Dia 9 (20/02/2018)

    Hoje foi dia da Hong Island Tour. Às 9h30 vieram buscar-nos à praia de Railay West e fomos até uma ilha que não sei o nome para fazer Snorkeling. Em seguida fomos até à Pakbia Island tomar banho e era suposto almoçarmos lá mas a ilha estava completamente cheia. A guia da Tour disse-nos que costuma ser uma zona calma e com puca gente mas neste dia estava com muita gente. Ela decidiu e fomos até Lahding Island onde comemos, fizemos Snorkeling e disfrutámos da praia. Nesta zona há um macaco que rouba tudo se uma pessoa não tiver cuidado. Depois fomos até à Hong's Lagoon onde entrámos e o barco de a volta para vermos como é bonito. Devíamos lá ter ficado um pouco mas houve um atraso de manhã e não deu tempo. Seguimos para a Hong Beach onde pegámos num caiaque e fomos até à Hong's Lagoon (comprámos o passeio de caiaque junto com a compra do Tour). O mar estava muito agitado e foi cansativo fazer o percurso, demorámos quase uma hora a ir, dar a volta na lagoon e vir. Aproveitámos os 20min que sobravam para dar uns mergulhos na praia. Viemos embora e às 15h estávamos na praia de Railay West. Descansámos e passeámos por Railay no resto do dia. No fim do dia não me senti muito bem e acabei por vomitar.

    Gastos
    Batido de Limão – 50 bahts
    Batido de Café – 50 bahts
    Corta Unhas – 80 bahts
    Jantar – 400 bahts
    Coca-Cola
    Ice Tea
    Frango Frito
    Batatas Fritas
    Esparguete à Carbonara

    Total: 580 bahts
    Hotel: Anyavee Railay Resort
    Ficámos instalados numa casa geminada, em que cada casa tinha uma cama de casal e ainda uma área tipo sala onde tinha duas estruturas na parede que faziam de sofás e camas. Eu digo casa porque era de cimento e não madeira. O quarto dava para quatro pessoas e era muito espaçoso. Aqui tínhamos pequeno almoço incluído com fruta, saladas, pão, cereais, ovos, arroz e massas, salsichas e para beber chá, café, leite, sumos e água.

    Railay Beach: Ficámos em Railay East onde não há praia, só há praia em Railay West e se for na maré vazia a zona para banhos tem água até ao joelh. Para fazer praia o ideal é ir até Ao Phra Nang onde dá bem para tomar banho tanto com maré vazia como cheia. Em termos de comida aqui ficámos muito limitados pois só há restaurantes Tailandeses e quiosques de comida tailandesa. Tem bares, mini mercados, farmácia e posto médico. Não há cadeias de comidas internacionais, para isso é preciso ir de barco até Ao Nang. Para descansar é o paraíso pois não há a confusão dos outros sítios.
     
    Editado por um moderador: 28 Jun 2018
    d3ci0 gosta disto.
  4. Tiago Gorjão

    Tiago Gorjão Membro

    48
    34
    18
    Dia 10 (21/02/2018)

    Acordei ainda mal disposto e com diarreia. Não consegui comer nada o dia todo e estive à base de líquidos. Às 15h15 apanhámos o barco para Phuket. O barco chegou às 17h, fomos colocados numa camioneta de caixa aberta, com tejadilho e com bancos corridos a trás para nos levar até Patong Beach. Aí fomos para uma Van e fomos levados para o nosso hotel (este transfer estava incluído na viagem que comprámos). Chegámos ao hotel e qual é o meu espanto quando a senhora nos diz que há problemas com os quartos e a primeira noite vai ter de ser passada numa residencial porque não tinham quartos disponíveis... Resumindo, reservas um hotel a 200 metros da praia e metem-te num a 2km. Assumiram o problema, chamaram um tuk tuk para nos levar para o novo destino (foi uma das recepcionistas connosco) e ofereceram-nos o pequeno almoço no dia seguinte (já com a deslocação de volta também estipulada). Falámos com as pessoas do hotel que queríamos fazer a Tour das Similan Islands para o dia seguinte (22/02) e elas disseram que lá também vendiam os bilhetes. Contactaram as agências e disseram que para o dia a seguir era impossível porque já estava tudo cheio. Ficámos um dia a mais em Phuket para nada.

    Gastos:
    Almoço – 140 bahts (Só um almoço, eu não podia ver comida à frente)
    Coca-Cola
    Gasosa
    Hambúrguer de Frango
    2 Bananas – 20 bahts
    Cajus – 125 bahts
    Bolachas - 10 bahts
    Bebida Isotônica – 10 bahts
    Chocolate - 6 bahts
    2 Gatorade - 100 bahts
    Jantar - 280 bahts
    2 Coca-Cola
    Sandes de Frango
    Arroz com Camarão

    Total: 691 bahts
    Dia 11 (22/02/2018)

    Como hoje não tínhamos nada de tours para fazer fomos até à praia de Patong. Alugámos uma mota de água e ainda deu para curtir um bocado. Fomos almoçar ao Burger King, já estávamos com saudades, à tarde fomos passear pela avenida principal e pela Bangla Road e metemos os pés de molho num fish SPA (aquários cheios de peixes que comem as peles mortas). Fomos mais um pouco à praia. Ao jantar fomos à procura de carne, queria comer um bife. Encontrei um restaurante com bom aspecto e com bifes mas os molhos que metem nos bifes... Estragam aquilo tudo lol. Após comer demos uma volta pela zona para conhecer a vida Nocturna e fomos até à Bangla Road. Esta rua já é bastante movimentada durante o dia mas à noite é uma loucura de gente, tanto turistas como locais a vender as suas atracções.

    Gastos
    Almoço - 671 bahts
    Burger King
    2 Gelados de Chá Preto e Limão - 36 bahts
    2 Águas - 14 bahts
    Jantar - 560 bahts
    Pizza
    Bife com Batatas Fritas
    Coca-Cola
    Fanta Morango
    Mota de Água 40 minutos 2 pessoas- 1500 bahts
    Fish SPA - 100 bahts
    Kopparberg (Cidra Suéca) - 130 bahts
    Jack Daniels + Coca Cola em garrafa - 155 bahts

    Total - 3166 bahts

    Dia 12 (23/02/2018)

    Às 6h30 estávamos a fazer o check-out e a irmos para a Tour do Elephant Jungle Sanctuary de Phuket, foi a melhor das Tours que fizemos. Demos de comer aos elefantes (há la um com um ano e meio), depois fomos para o spa de lama com eles, esfregámo-los com ela e os monitores esfregavam lama em nós... e a seguir um grande banho dentro de um lago. Foi espectacular o convívio que tivemos com os elefantes, eles são super dóceis e adoram receber carinho e atenção. Ofereceram-nos lá pequeno almoço e almoço e ainda nos deram uma camisola feita com tecidos tradicionais. Daí deixaram-nos directamente no aeroporto. Voamos para Bangkok e do aeroporto para o centro fomos de Uber. O hotel ficava numa rua muito movimentada, fizemos o check-in e fomos dar uma volta pelas redondezas. Aqui é que havia mesmo todo o tipo de comidas que uma pessoa quisesse experimentar, já para não falar de barracas e atrelados a vender tudo e mais alguma coisa.

    Hotel: Armoni Patong Beach
    O quarto era muito agradável, dos melhores em que a gente esteve. Tínhamos uma vista espectacular, a janela dava para o prédio do lado que estava a uns 20 cm do nosso... o pequeno almoço era bastante variado com comida feita (arroz e massas), pão, ovos, fruta e saladas.

    Phuket (Patong Beach):
    Aqui é onde há de tudo, todos os tipos de comida e diversão por isso para quem é "esquisito" aqui é o sitio ideal para ficarem. Dá para fazer praticamente todas as excursões a partir daqui. É uma cidade cheia de movimento tanto de dia como de noite, ou melhor, vimos mais pessoas à noite que durante o dia. Não nos pareceu tão suja como os outros lugares, apesar de termos de procurar bastante para achar um caixote do lixo.

    Gastos:

    Elephant Jungle Sanctuary - 5000 bahts
    T-Shirt do Elephant Jungle Sanctuary - 300 bahts
    Sandes Subway - 248 bahts
    Gatorade - 80 bahts
    Napolitana de Chocolate - 55 bahts
    Jantar: 414 bahts
    Burger King
    Uber do Aeroporto Don Mueang para o Hotel A&A GuestHouse – 320 bahts

    Total: 6417 bahts
    Dia 13 (24/02/2018)

    Acordámos cedo para ir tomar o pequeno almoço (estava incluído mas preferimos ir comer fora e mais uma vez foi na loja 7 Eleven). Voltámos para o hotel para fazer o check-out e pedimos para guardarem as malas pois só tínhamos voo ao final na noite. Andámos a passeart, fomos almoçar e dar uma volta pela cidade. Como começou a ficar um calor insuportável decidimos is buscar as malas e chamar um Uber pare ir até ao centro comercial Central World, o maior que havia em Bangkok. Passámos a tarde a passear lá dentro com uma temperatura muito agradavel mas com as malas atrás :) Às 19h decidimos ir para o aeroporto, vi na Uber e o preço estava a 450 bahts e como achei muito perguntei a um taxista quanto me fazia. Ele respondeu 400 bahs e lá fomos nós. Ele colocou um pano por cima do taxímetro para não vermos quanto contava... a meio do percurso passámos por umas portagens de 25 bahts e ele diz-me "tu pagas isto" e eu nada. Chegámos ao aeroporto, eu espreito por baixo do pano e marcava no taxímetro 279 bahts mas como acordo é acordo eu ir pagar os 400 bahts. Ele me diz que são mais 25 bahts das portagens. Ai nós respondemos que ele tinha dito 400 baths por isso não íamos pagar mais, que se ele quisesse que pagássemos os 25 baths das portagens então iria só pagar os 279 baths que era o que marcava o taxímetro. Acabámos por pagar os 400 baths e pronto. O bom dos táxis lá é que todos têm uma placa com a identificação do condutor e o número de táxi por isso, em caso de haver algum problema, é só tirar foto e fazer denúncia do condutor.
    Às 23h55 apanhámos o avião com destino a Viena e com a duração de 11h30. Como calhou ser aquela hora em Bangkok acabámos por dormir cerca de 9h do voo porque tínhamos o sono programado com a hora de lá. Tivemos uma escala de 7h50. Às 13h25 apanhámos o avião com destino a Portugal.

    Hotel: A&A GuestHouse
    O quarto não era tão pequeno como nas Phi Phi mas era parecido. Ficava num 3º andar sem elevador o que não dá muito jeito por causa das malas. O hotel é bem localizado, fica perto de tudo.

    Banguecoque:
    Não vimos muito, só mesmo as ruas junto ao hotel. Acaba por ser mais do mesmo das outras cidades onde tivemos com massagens, tattoos, comida e barracas a vender tudo e mais alguma coisa. Aqui poderíamos ter ido ver Templos mas não era coisa que tínhamos em mente fazer.

    Gastos:
    Pequeno Almoço: 80 bahts
    Água de Coco
    Bolo
    Croissant Misto
    Galão
    Bolachas - 15 bahts
    Bebida Isotônica - 10 bahts
    Almoço - 198 bahts (Comemos muito pouco porque andávamos enjoados)
    Burger King
    3 Águas - 27 bahts
    Bolo - 12 bahts
    Lanche - 168 bahts
    Mini Croissant
    Waffle
    Muffin
    Folhado de Salsicha
    Pão de Queijo
    Kinder Bueno - 33 bahts
    2 Águas - 10 bahts
    Uber do Hotel para o Central World - 144 bahts
    Presentes para trazer - 760 bahts
    Uber do Central World pa o Aeroporto - 400 bahts

    Total: 1857 bahts

    O total gasto foi o seguinte:
    Gastos da Tailândia: 33727 baht - 875 €
    Pagos em Portugal:
    Hoteis - 276,2 €
    Viagens - 1174€ ( Lisboa – Banguecoque - Lisboa) + 55 € (Banguecoque - Krabi) + 90,1€ (Phuket - Banguecoque) = 1319,1€
    Seguro de Saúde - 63,76

    Total: 2534,06€

    Conclusão:
    A viagem ficou dentro do orçamento que era de 2600€. Não fizemos a Tour a James Bond Island porque achámos que não valia a pena e também porque queríamos descansar algum tempo em Railay. Podíamos tê-la feito quando estivemos em Patong e não conseguimos comprar a Tour para as Similan Islands mas todas passavam nas Hong Islands e nós já lá tínhamos estado. Quanto às Tours aconselhamos mesmo muito a irem a um Elephant Jungle Santuary (há em Phuket, Chiang Mai e Pattaya) pois é realmente espectacular.
    Gostámos muito de lá ter ido e temos de voltar certamente. Em termos negativos detestámos a falta de higiene do povo (maus cheiros nas ruas e não haver sítios para colocar lixo que temos na mão é complicado...) e comer a comida deles por 13 dias é enjoativo (pelo menos para mim e para a minha esposa).

    MAIS TARDE TROCO AS FOTOS PELOS VÍDEOS, MAS AINDA NÃO TIVE TEMPO DE OS EDITAR A TODOS.
     
    Editado por um moderador: 28 Jun 2018
    ananolas gosta disto.
  5. Ricardo_7

    Ricardo_7 Membro Conhecido

    2.505
    2.131
    223
    Olá,

    Muito obrigado pela partilha :) É tão bom recordar este país que tanto tem para oferecer :) Além disso, esta é mais uma prova que não custa assim tanto como muitos pensam, e ainda bem :)

    Boas Viagens :D
     
    Tiago Gorjão gosta disto.
  6. ÂngeloPacheco

    ÂngeloPacheco Membro Ativo

    228
    190
    43
    @Tiago Gorjão obrigado pela partilha do report.
    A minha viagem à Tailândia vai acontecer ainda este ano, ainda com algumas diferenças no roteiro (Bangkok - Ayutthaya - Chiang Mai - Railay), e estes report's recentes são sempre bons para ficar ainda com mais vontade de ir.
     
    Tiago Gorjão gosta disto.
  7. Célia Nunes

    Célia Nunes Membro

    95
    38
    18
    Muito obrigada pela partilha! é sempre bom ler reports da tailandia. Vou dia 29/10 para lá pelo que ler o vosso report ajuda sempre. Vou estar em ao nang , railay beach, phi phi, banguecoque , ayutaya e parque de elefantes em kanchanarubi :):)
     
    Tiago Gorjão gosta disto.
  8. d3ci0

    d3ci0 Membro Conhecido

    471
    344
    103
    Muito obrigado pela partilha!!!
    É um destino TOP! Gostava muito de lá ir, mas vou esperar que a minha filhota cresça mais um pouco ainda tem 2 anos :D:D:D
    A muito tempo que este destino está na minha lista de desejos!!!!:rolleyes::rolleyes:
     
  9. Ricardo Botelho

    Ricardo Botelho Membro Ativo

    266
    139
    43
    Obrigado pela partilha, que belas férias :)
     
  10. Bruxinha viajante

    Bruxinha viajante Membro Ativo

    351
    237
    43
    Tiago, que bom foi relembrar a Tailândia que já deixa imensas saudades... Tenho uma opinião muito idêntica à tua no que diz respeito às Phi Phi, ou seja, achei a zona central muito suja e pouca preocupação em tentar resolver esse problema. É uma pena, porque a ilha é lindíssima, as paisagens são de cortar a respiração mas quando olhas para as tuas costas... o contraste do lixo e imundice :( Tal como tu, chegávamos a andar um tempão com o lixo na mão à procura de um caixote... acho que os tailandeses não estão a conseguir lidar com o turismo em massa e isso está a prejudicar (muito) o ambiente. Quanto à estadia, no meu caso foi dos sítios que mais gostei pois apostei num hotel superior e por vezes essa é a diferença entre ter umas estadia de sonho ou de pesadelo. Achei que valia a pena e não me arrependi nada, estava afastada o suficiente do centro, não se ouvia barulho nenhum e a praia era mais reservada.
    Em Bangkok o que achei mais bonito foram mesmo os templos, porque de resto a cidade não me cativou (muita confusão), mas gostos são gostos e nem todos partilham (e ainda bem!!) dos mesmos ;)
    Foi pena não teres ido ás Similan, para mim foi um dos pontos altos da viagem! A cor daquela água... :rolleyes:
    Em Railay também fui ao The Last Bar assistir ao combate de Muay Thai, mas acho que passei a maior parte do tempo a olhar para a mesa (entenda-se, a desviar o olhar que eu cá sou muito mariquinhas nestas coisas :D:p)

    Obrigada pela partilha, fica mais uma prova que não é caro ir à Tailândia e, no final, em termos de relação dias/preço, sai mais barato que ir a outros lados, basta apenas fazer algum "trabalho de casa" :)
     
    Tiago Gorjão gosta disto.
  11. Duarte87

    Duarte87 Membro Novo

    29
    8
    3
    Muito boa partilha, obrigado! Vou daqui a um mês e ler estes reports deixam-me ainda com mais vontade :)
     
  12. PauloNev

    PauloNev Moderador Sénior Membro do Staff

    4.184
    3.554
    273
    Muito obrigado pela partilha.
    É sempre bom rever a Tailândia, uma pais que visitei e que irei voltar pois ficou ainda tanto para ver.
    Boas viagens ;)
     
  13. yara

    yara Membro Conhecido

    4.017
    2.276
    273
    Obrigado pela partilha, @Tiago Gorjão
    Saudades de Railay... :rolleyes:
    A minha opinião sobre as Phi Phi é semelhante, apesar de ter ficado em Long Beach. O centro da ilha é sujo e parece um local da noite.
    Apesar da sujidade e maus cheiros, a Tailândia é de facto um sitio que pretendo voltar (estive no fim de 2017 lá mas foi de passagem em BKK e aproveitei apenas para fazer uma massagem e umas comprinhas na Kaho San Road). :D
     
  14. Tiago Gorjão

    Tiago Gorjão Membro

    48
    34
    18
    Adicionados mais 3 vídeos ao report, ainda falta muitos e eu não tenho mesmo tido tempo para os editar, por isso peço desculpa.
     
  15. Tiago Gorjão

    Tiago Gorjão Membro

    48
    34
    18
    Mas ainda bem que não fui as Similan, assim tenho um "grande" motivo para lá voltar, e também tenho de ir a Ko Samui e Ko Tao ;)
     
  16. Bruxinha viajante

    Bruxinha viajante Membro Ativo

    351
    237
    43
    Também penso assim!! :D Ainda há tanto por ver naquele país :rolleyes:
     
  17. ananolas

    ananolas Membro Ativo

    163
    145
    43
    Que bom ler o report. Ainda ando a escolher fotos para fazer o nosso e agora senti alguma pressão porque ja fomos ha bem mais tempo.
    Gostei muito do estilo do report, porque tem fotos, informação e gastos! Foi bom recordar.
    Por último, acho que tem a oportunidade de viver a experiência num parque onde estão os elefantes resgatados e que é de facto um parque para os recuperar fisica e mentalmente, sai de lá diferente.
     
  18. rmonteiro

    rmonteiro Membro Conhecido

    2.265
    1.302
    223
    Bom report !! Saudades de andar por esses lados !! :rolleyes::rolleyes:
    Excelente informação informação relativamente aos gastos !!
     
    Tiago Gorjão gosta disto.