[Report] - Santo Domingo - O outro lado da RD

Rodrigo Ferreira

Membro Conhecido
Este report vai ser um bocadinho/bastante diferente dos típicos reports existentes das Caraíbas, uma vez que vai ser praticamente um "diário" da minha estadia em Santo Domingo.
O motivo que me trás de novo à RD desta vez é em trabalho, ou seja vai-me permitir ter um visão diferente de um país que conheço apenas em regime de férias (resort).

O report está dividido entre os passeios e os restaurantes.

[HOTEL - Dominican Fiesta Hotel & Casino Santo Domingo]
O hotel onde fiquei hospedado é o Dominican Fiesta Hotel & Casino Santo Domingo, que pertence ao grupo Palladium.
Nota-se que recebe na sua maior parte pessoas em viagem de negócios. Está localizado perto da rua onde vive o Presidente da RD, ou seja a zona é muito tranquila e muito segura para andar a pé.
Não sendo obviamente um resort, no entanto oferece alguma comodidades para quem gosta de apanhar um pouco de sol uma vez que tem uma piscina e um bom numero de cadeiras e camas para se aproveitar o sol. Durante o fim de semana têm sempre música ao vivo na zona da piscina.
Existem também espaços para jogar tenis, basket e futebol. O ginásio também é muito bem equipado e é aberto não só aos hospedes bem como funciona como ginásio para pessoas de fora.

[Santo Domingo]
Relativamente à cidade é difícil de explicar, porque há momentos em que sinto que não estou na RD e tenho outros momentos em que sinto exactamente o oposto. No transito existem ruas que não se passa nada, e outras que é o completo caos... Esqueçam as regras de transito! O importante é não bater e não estranhem se apanharem uma mota ou um carro em sentido contrário... Se andarem a pé esqueçam as passadeiras, ter ou não ter é a mesma coisa.
É claramente uma cidade de extremos, porque tanto vemos um porche, mazerrati ou um brutal jipe, como passamos por um carro completamente partido! É surreal a mistura!

A estrada principal da cidade é a Avenida 24 de Fevereiro que atravessa a cidade de uma ponta a outra, ou seja é a continuação da estrada que faz a ligação com a zona de Bayahibe/La Romana/Boca Chica e Aeroporto.
Outra estrada importante é a que se faz junto ao Mar Caribe, que é a Autopista 30 de Mayo que liga a Av. George Washington (já na zona colonial).
Depois existem "n" transversais que ligam estas duas estradas.

A foto seguinte é um dos vários miradouros existentes. Como podem ver, em Santo Domingo não há praia. A costa é toda rochosa.
IMG_20190922_102918-EFFECTS.jpg



Zona Colonial
Esta zona da cidade de Santo Domingo é a parte mais histórica. Aqui é impossível não haver referências a Cristóvão Colombo, e é onde se sente o espírito mais dominicano.
Como monumentos destacam-se a casa do filho de Cristóvão Colombo - Alcácer de Colombo (é o nome do edifício), a Catedral de Santo Domingo e a Praça de Espanha. Para lá disto existe ainda uma muralha e obviamente as ruas com os seus recantos (muita loja para comprar recuerdos), o Parque da Independência e o Panteão Nacional.
Alguns deste monumentos são pagos:
Alcacer de Colombo: 100 pesos
Catedral de Santo Domingo: 50 pesos - cuidado com as roupas curtas. Se levarem será entregue à entrada uns lenços para se taparem.
187786

187787

187788

187789


187790
 
Última edição por um moderador:

Rodrigo Ferreira

Membro Conhecido
3 Ojos
Este é um parque existente na zona este de Santo Domingo que contém uma gruta.
Esta gruta é composta por 4 lagos:
- Lago Azufre é o primeiro lago que encontramos ao descer a escadaria. Se tiverem sorte e apanharem um dia de sol, os raios de sol ao bater na água fazem um efeito espetacular. Sim é uma gruta no entanto em cima é aberto (ao estilo dos cenotes). Contudo tem tanta vegetação que parece que entramos numa floresta dentro de uma gruta.
- La Nevera: Este lago não tem exposição solar nenhuma. É feita uma travessia com uma jangada que nos leva a um terceiro lago.
- Los Zaramaguillones: Após a pequena viagem de jangada subimos umas pequenas escadas e encontramos este paraíso. Um lago lindo, e aqui sim ao estilo dos verdadeiros Cenotes que encontramos no México.
- El lago de las Dama: Este lago é o mais pequeno e o menos profundo. Era utilizado pelas mulheres e pelas crianças para tomarem banho por causa da sua pouca profundidade.
A entrada custa 200 pesos.

187665

187666

187667


Farol de Colombo
Praticamente ao lado dos 3 ojos podemos encontrar o Farol de Colombo. O edifício é de uma dimensão inacreditável, e numa imagem aérea podemos ver que é uma cruz.
No seu interior existe uma exposição dos barcos usados por Colombo às suas visitas à RD, e ainda exposições de quase todos os países centro/sul americanos, alguns europeus (Inclui Portugal) e do oriente (China e Japão). A visita vale sobretudo pela imponência do edifício.
A entrada custa 100 pesos.
187668

187669

187670


Isla Catalina
Quando estive em Bayahibe esta ano em férias, era uma excursão que estava planeada (Capitão Gringo) no entanto por motivos de meteorologia a excursão foi cancelada pelo operador.
Por estes dias pediu-se a um colega de trabalho dominicano que nos marcou a excursão pela Chao Cacao Tours (45$).
Conduzi desde Santo Domingo até La Romana (Casa de Puerto Rico). A data marcada era as 9:30, chegámos por volta das 9h e lá estavam as pessoas que nos iam acompanhar...Arrancámos de barco em direcção à Ilha pelas 10h pois tivemos à espera do resto da malta que estava para chegar. Ao todo deveríamos ser cerca de 40 pessoas.
O barco era grande, com dois andares, o de baixo completamente coberto (com janelas obviamente) onde tinha um bar, e o de cima para quem quisesse ir ao som da musica e apanhar sol.

A viagem foi feita calmamente até a um primeiro ponto, já muito perto da ilha, para fazer snorkel... Os corais são bastante grandes. no entanto estão a um profundidade considerável (uns 5 metros). Em relação a peixes existem bastantes muito por culpa do pão que o pessoal ia atirando para a água. Em relação ao mar tinha alguma ondulação que fez com que algumas pessoas ficassem um pouco indispostas. Tivemos aqui cerca de 30 minutos.

Após o snorkel seguimos até ao outro lado da ilha, onde existe uma baía com o desejado areal. Neste espaço tivemos tempo para aproveitar a água turquesa, almoçar calmamente (frango, porco, arroz, legumes, esparguete e salada). As bebidas estavam obviamente incluídas durante toda a viagem (rum, coca-cola, sprite, água)
Depois do almoço deixaram-nos estar mais 2 horas a aproveitar a praia.

Ponto mais negativo desta praia... A entrada da água tem sempre muitas pedras. Ou seja é preciso ter algum cuidado.
Como já sei que vão perguntar... Entre Saona e Catalina... Saona claramente! Mas atenção é um dia bem passado!

187671

187672


187673

187674

Boca Chica
Boca Chica é mais uma região da RD onde podemos apanhar o azulinho perfeito do Mar Caribe.
A maior parte das pessoas que visita esta zona são dominicanos uma vez que é a praia mais perto de Santo Domingo. Praticamente não existem praias com areia, e o pouco que existe é de uma praia publica e de alguns hotéis.
Passei um dia num restaurante chamado Boca Marina que é literalmente em cima da água. O restaurante tem uma plataforma sobre mar onde podemos passar um dia bem agradável. Cheguei por volta das 11h e saí às 17h. Durante esse período almocei e dei uso às espreguiçadeiras que o restaurante disponibiliza.
Os preços são algo altos, andando na casa dos 20€ por pessoa (prato e bebida - cerveja p.ex). Trazia a recomendação de comer paella, no entanto o prato era no mínimo para duas pessoas , por isso não consegui provar. Os cocktails são caros, paguei 10€ por um mojito, ou seja o dia aqui saiu-me por 30€.
Mesmo sendo um valor alto, penso que é um valor justo para aquilo que o restaurante oferece.
O restaurante tem umas escadas para descer para a água.

187675


AquaMundo/Sambil
Este espaço encontra-se no maior (e mais recente) centro comercial de Santo Domingo. É um "pequeno" aquário onde podemos ver diversas espécies de peixes.
O valor de entrada são 250 pesos, o equivalente a 4.50€. O preço é justo para aquilo que podemos ver.
Em relação ao centro comercial Sambil, é em tudo parecido aos shoppings existentes em Portugal.
187676

187677



[RESTAURAÇÃO]
Mais uma enorme surpresa em Santo Domingo! Nunca esperei encontrar tantos restaurantes e tão bons.
Verdade que existem "n" restaurantes de rua, mas existem tantos onde a qualidade do espaço, da comida e do serviço se nivelam com os melhores restaurantes que temos por cá (alguns deles bem melhores).
Em conversa com um amigo, onde lhe estava a explicar a existência deste restaurantes, ele diz-me: "Isso é normal.. Preços de turistas".. Pois bem valente engano.... 80% das pessoas que entram nestes restaurantes de classe alta são dominicanos! Realmente Santo Domingo é uma cidade de extremos.
Como devem imaginar em 3 semanas foi almoçar e jantar sempre em restaurantes, por isso tive oportunidade de visitar bastantes.

Deixo aqui uma lista de locais "obrigatórios" e por ordem de preferência:

Buche Perico
Qualidade: 8/10
Preço médio: 25€/pax
Tipo de comida: Carnes, Peixes e Mariscos (comi uma sopa de peixe divinal)

Jalao
Qualidade: 8/10
Preço médio: 25€
Tipo de comida: Comida dominicana

Laurel
Qualidade: 8/10
Preço médio: 25€
Tipo de comida: Carnes + Pastas

Peperoni:
Qualidade: 8/10
Preço médio: 25€
Tipo de comida: Carnes + Pastas

Adrian Tropical:
Qualidade: 7/10
Preço médio: 10€
Tipo de comida: Comida tradicional dominicana (provar o Mofongo)

3/4 Steak Bar:
Qualidade: 7/10
Preço médio: 6€ almoço (menu do dia) / 15€ jantar
Tipo de comida: Carnes

Franco Ristorante Pizzeria:
Qualidade: 7/10
Preço médio: 12€ (jantar)
Tipo de comida: Italiano


Resumindo, fiquei surpreendido com o que encontrei em Santo Domingo. Já sabia que ia ser bem diferente dos outros locais onde tinha estado, mas nunca pensei que fosse encontrar uma cidade tão grande, e onde existisse tanta gente a viver tão bem.. Obviamente que a grande maioria não é assim!
É uma cidade que vale bem a pena visitar, e se "vestirem a pele de dominicano" aluguem um carro e passem por aqui 2 dias que vão ser bem gastos. Nestas 3 semanas nunca me senti inseguro, tudo muito tranquilo.
 
Última edição por um moderador:

PauloNev

Moderador Sénior
Staff
Muito obrigado pela partilha.
Um report que mostra o outro lado da Republica Dominicana.
Boas viagens. ;)
Se precisarem de mais alguém para ir trabalhar para Santo Domingo, podes contar comigo :cool:
 

Rodrigo Ferreira

Membro Conhecido
Já agora para quem for a Santo Domingo para comprar souvenirs é na Zona Colonial na rua "Calle el Conde".
Uma rua que liga o Parque Colón (onde se situa a Catedral de Santo Domingo) e o Parque da Independência. Por esta rua existe uma variedade de comércio enorme.
Quem for mais de shoppings é visitar o Centro Comercial Sambil (o tipico centro comercial europeu - até na disposição das lojas).

Havia muito mais para visitar mas o tempo não deu para tudo..
Deixo aqui a lista do que me faltou:
* Centro Olimpico Juan Pablo Duarte (com bastantes campos de basebol - desporto mais tipico da RD) - Se forem na época desportiva tentem ver um jogo (eu não apanhei, salvo erro é a partir de Outubro)!
* Jardim Botânico
* Plaza da Bandera (só passei de carro)
* Universidade UASD
 

Paulo Leite

Coordenador
Staff
Hello!!!

Olha lá.. fiquei com um dúvida... com tanta foto e tanto passeio... tiveste tempo para trabalhar???? ou o "trabalho" foi só a desculpa para ir???:cool:

Gostei do que vi e obrigado por partilhares, pois "nunca" ninguem vai para Stº Domingo... só os que dizem que vão em trabalho...
 

Rodrigo Ferreira

Membro Conhecido
Em quase 3 semanas, apanhei dois fins de semana e um feriado!
Acho que tive tempo para dar umas voltas :p

E faltou mais uma informação importantíssima!!!! Rum para comprar é nestas lojas/armazens: Ron Depot Real!
Comparativamente aos preços que encontrei no aeroporto do dutty free, andam na casa dos 30/40% mais barato :D
 
Última edição:

DaisyP

Moderador
Staff
Olá, ainda que não seja um destino nada turístico para quem lá for já tem aqui uma boa base.
Gostei especialmente do Boca chica 😍
Obrigada por esta partilha!
 
Top