Novidades

[Report] S.Tomé, paraíso natural

tinocas

Membro Ativo
S.Tomé, paraíso natural

Como não existe por aqui nenhum relatório sobre S.Tomé, vou deixar aqui o meu.
Foram 8 dias maravilhosos que passei lá, em 2008.
DIA1
Chegamos ao aeroporto de S. Tomé às 5 e 30 da manhã, depois de um voo de 6 horas. Tínhamos carro alugado com motorista para os dois primeiros dias e metade do terceiro. O nosso chofer, o Tó , já lá estava desde as 3 e 30 horas à nossa espera. Coitado!
O nosso avião:

ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STom001.jpg


Chegada ao aeroporto:

ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_vrias005.jpg


O primeiro impacto com o clima sente-se logo na chegada a S. Tomé, o calor é abafado e cheira a terra molhada pela chuva.
Depois das burocracias do costume lá seguimos para o hotel Pestana Miramar, onde ficamos nas duas primeiras noites. Este hotel fica situado no bairro diplomático, perto do Pestana S. Tomé, que na altura ainda não tinha sido inaugurado e muito próximo do centro da cidade. É um hotel com quartos muito simples, mas confortáveis.

ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STom471.jpg


Tem também um jardim tropical muito bonito.

ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STome2008772.jpg


ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STome2008322.jpg


ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STome2008321.jpg


ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STom313.jpg


ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STom314.jpg


E uma piscina com cascata.

ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STom288.jpg


ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STom309.jpg


ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STom310.jpg
 
Última edição por um moderador:

tinocas

Membro Ativo
Mesmo ao lado do hotel fica a embaixada de Portugal.

ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_CpiadeSTome2008896.jpg


Depois de comer qualquer coisa e dar uma volta pelo hotel, saímos em direçao ao norte da ilha.
Decidimos fazer a estrada até ao fim da linha e voltar para trás.
A verde da vegetação é impressionante, somos obrigados a parar para apreciar a paisagem e tirar fotos!

ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STom327.jpg


ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STom332.jpg


ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STom336.jpg


ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STom358.jpg


ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STom359.jpg


As cascatas vão surgindo pela nossa esquerda.

ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STom376.jpg


ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STom379.jpg


ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STom380.jpg


ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STom388.jpg


À direita o mar vai espreitando por entre a vegetação:

ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STom272.jpg


ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STom366.jpg


As praias no norte são quase todas de pedras, e com um mar calmíssimo!

ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STom076.jpg


ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STom372.jpg


ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STom371.jpg
 
Última edição por um moderador:

tinocas

Membro Ativo
A estrada para norte é muito bonita e é a que se encontra em melhor estado de conservação.

ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STom138.jpg


ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STom369.jpg


Vamos passando sobre alguns rios...

ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STome2008047.jpg


...onde as mulheres lavam a roupa e estedem no chão para secar, um espectáculo de cor!

ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STom319.jpg


ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STom321.jpg


ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STom322.jpg


A estrada termina em Ponta Furada, logo a seguir a S. Catarina, e daí para a frente é impossível continuar de carro. É natureza pura!
Aqui perto é possivel avistar o Pico S. Tomé, o ponto mais alto da ilha.

ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STom181.jpg


No regresso, visitamos algumas roças.
A roça Fernão dias.

ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STom395.jpg


A roça Generosa.

ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STom013.jpg


E outras mais: a Monte Forte, a Diogo Vaz...

Fizemos uma paragem no marco de Anambó, que assinala o local onde desembarcaram os primeiros portugueses.

ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STom356.jpg


ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STom354.jpg


Fomos ver a famosa Lagoa Azul.

ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_CpiadeSTome2008852.jpg


ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STome2008031.jpg




ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STom065.jpg


Eu confirmo, é mesmo azul! É pena na beira de água ter mais lama do que areia!

ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STom196.jpg


ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STom406.jpg


O famoso embondeiro da Lagoa Azul.

ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STom257_1.jpg


De manhã, ainda houve tempo para dar um mergulho na praia das conchas. Pior foi o caminho, um lamaçal terrivel! Também aqui se nota a falta de areia.

ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STom274.jpg


Pescadores.

ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STome2008063.jpg
 
Última edição por um moderador:

tinocas

Membro Ativo
Voltamos a S.Tomé para almoçar, passando por Neves...

ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STom207.jpg


E pela cidade de Guadalupe, que de cidade só tem o nome.

A escadaria que leva à igreja.

ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_vrias018.jpg



Fomos almoçar ao restaurante Filomar, um dos mais conhecidos de S.Tomé. Comemos peixe grelhado, fresquíssimo.
E no fim pagamos pouco mais do que 5 , 6 euros por pessoa.

ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STome2008709.jpg


ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_vrias010.jpg


A minha irmã Lina e o Tó.

ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STome2008079.jpg


A vista da varanda do restaurante.

ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STome2008074.jpg


A praia em frente.

ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STome2008072.jpg


De tarde fomos para o interior da ilha.
A primeira paragem foi na cascata de S. Nicolau, a maior e mais visitada de S.Tomé.

ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_Cpia2deSTome2008931.jpg


ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STom433.jpg


ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STom074.jpg



[ATTACH=full]174457[/ATTACH]

[attach=full]71332[/attach]

[attach=full]71333[/attach]

Seguimos viagem para a roça Monte Café, uma das principais da ilha. Era a que mais café produzia. Mesmo assim, conseguimos comprar algum do que ainda lá se produz hoje em dia, mas em quantidades pequenas.
A roça está muito degradada, como quase todas pela ilha fora.
.
[attach=full]71334[/attach]

[attach=full]71335[/attach]

[attach=full]71336[/attach]

Ainda lá está um velho tanque de guerra, em memória de outros tempos.

[attach=full]71337[/attach]

Assim como o sino que chamava os escravos para o trabalho.

[attach=full]71338[/attach]

O hospital da roça, que foi recuperado à pouco tempo.

[attach=full]71339[/attach]

[attach=full]71340[/attach]

Fomos ainda ao jardim botânico da roça Bom Sucesso, onde o senhor que lá vive nos explicou as propriedades medicinais das várias plantas que lá existem. E acreditem que eles podem não ter dinheiro para comprar medicamentos, mas na natureza têm cura para quase tudo.

[attach=full]71341[/attach]

[attach=full]71342[/attach]

[attach=full]71343[/attach]

[attach=full]71344[/attach]

[attach=full]71345[/attach]

[attach=full]71346[/attach]

[attach=full]71347[/attach]

A bela rosa porcelana, flor rainha de S.Tomé!

[attach=full]71348[/attach]

O bico de papagaio.

[attach=full]93051[/attach]

Voltamos para a cidade já de noite, um bocado cansados, afinal na noite anterior não tínhamos dormido nada. Fomos directos para a caminha depois de comer qualquer coisa.
 
Última edição por um moderador:

tinocas

Membro Ativo
DIA2:
No segundo dia em S.Tomé, fomos para o sul e a primeira paragem foi na povoação de Santana, que fica em frente ao ilhéu com o mesmo nome. A igreja tinha sido recuperada à pouco tempo
.
ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STom015.jpg


ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STom045.jpg


ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STom010_1.jpg


Fomos ver o Clube Santana, um hotel de bungalows, muito bem integrado na paisagem e mesmo ao pé da praia.

ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STom106.jpg


ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STom114.jpg


ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STome2008147.jpg


ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STome2008154.jpg


ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_vrias012.jpg


Existe lá um miradouro com uma bonita vista para a praia e para o ilhéu Santana.

ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STom164.jpg


ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STom160.jpg


ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STom157.jpg


Na boca do inferno, as ondas entram por uma abertura nas rochas , enviando um jacto de água pelo ar.

ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STom232.jpg


ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STom485.jpg


ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STome2008180.jpg


ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STome2008179.jpg


Paramos na roça Água Izé, que ainda produz algum cacau.

ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STom302.jpg



ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STome2008165.jpg


Cacau a secar.

ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STome2008168.jpg


Passamos pela praia das 7 ondas.



ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STom108.jpg

E pela praia de Angra Touro.

ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STom104.jpg


Fomos à procura da estrada que desce para a praia Micondó, a famosa praia do «EQUADOR», em que o Luís Bernardo se encontrava com a Ann para tomar umas boas banhocas e algo mais! Nem o Tó conhecia o caminho! Depois de perguntar a umas mulheres que andavam ali perto lá descobrimos o caminho, se é que se pode chamar caminho a uma abertura na vegetação cerrada, que nos leva a um lamaçal cheio de buracos!

Tivemos que abandonar o jeep, pois era impossível continuar!

ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STom105.jpg


ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STome2008726.jpg


E até um ribeiro tivemos de atravessar! Bem fiz eu, que vesti o fato de banho e deixei a roupa para trás!

ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STom256.jpg


Mas valeu bem a pena!

ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STom039.jpg


ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STom025.jpg


ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STom234.jpg


A praia Micondó é linda, enorme, cheia de vegetação a toda à volta, com água quente, alguma ondulação e o melhor de tudo, sem pessoas! Ainda hoje sonho com aquela praia, que por uma hora foi só nossa!
O riacho que nós atravessamos vai lá ter:

ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STom033.jpg


ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STome2008225.jpg


ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STom487.jpg


ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STom295.jpg
 
Última edição por um moderador:

tinocas

Membro Ativo
No caminho para o sul, avista-se o pico cão grande, altivo, a sobressair na paisagem!

ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STom266.jpg


ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STom299.jpg


Fomos almoçar à roça S.João, a roça do João Carlos Silva (o cozinheiro do programa «NA ROÇA COM OS TACHOS»). Foi através deste programa que comecei a conhecer S.Tomé. O João não estava lá, com muita pena minha. Ainda hoje não me conformo!
Almoçamos lindamente, um verdadeiro desfile de pratos típicos. Provei várias coisas que não conhecia. O almoço é servido na varanda da casa.

ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STom083.jpg


ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STom191.jpg


ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STome2008267.jpg


ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STom271.jpg


O fogão utilizado no programa «na roça com os tachos»

ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STome2008247.jpg


A fantástica vista a partir da varanda.

ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STom194.jpg


ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STom208.jpg


ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STome2008242.jpg


ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STome2008272.jpg


Paga-se um bocado mais caro que na capital, mas vale a pena almoçar aqui.
Para nós até nem é caro, 15 euros, sem bebidas!
Existem peças de arte e artesanato um pouco por toda a roça, para exposição e venda. Também alugam quartos para quem quizer pernoitar .

ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STom063.jpg


Seguimos viagem após o belo almoço e paramos no centro de S.João De Angolares.

ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STom212.jpg


ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STome2008237.jpg


Dali avista-se a praia em baixo. Uma das mais bonitas que vi, pena que não tivemos tempo para ir vê-la mais de perto!

ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STome2008245.jpg


ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STom273.jpg

Dali seguimos para Ribeira Peixe e fomos à procura da cascata da praia pesqueira, que eu tinha visto num guia de S.Tomé que tenho em casa. O Tó não sabia o caminho para lá, mas arranjamos um miúdo que sabia e lá fomos nós a corta-mato. Coitado do jeep, muito sofreu ele nas nossas mãos!

ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STom144.jpg


ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STom081_1.jpg


Mas valeu o esforço, a cascata é muito bonita.

ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STom278.jpg


ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STom118.jpg


Fomos para Porto Alegre, no estremo sul da ilha. É mais uma povoação muito pobre à beira do mar, de onde provém a maior parte do seu sustento.

ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STom229.jpg


ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STom041.jpg


ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STom055.jpg


ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STome2008306.jpg


ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STome2008311.jpg


Peixe a secar.

ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STom009.jpg


Regressamos a S.Tomé e fizemos o caminho quase todo de noite.
Quase tudo se passa naquela estrada. Seja de noite ou de dia, existem sempre pessoas por lá a circular, assim como cães ou porcos. E o carro nem sequer abranda, só buzina! Não sei como, mas não atropelamos nenhum ser vivo!
Fomos jantar a um pequeno restaurante com música típica ao vivo, a «Piroga de S.Pedro». Os únicos pratos que serve são pernas de frango e barriga de peixe-andala grelhados com banana frita e salada a acompanhar! Comemos muito bem e pagamos qualquer coisa como dois euros e meio cada dose! Tínhamos ido ver primeiro o restaurante «O Bigodes», que aconselho a pessoas mais exigentes, é um dos melhores da ilha, mas nós preferimos entrar no espírito deles e ir a um sítio mais patusco.

ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STom305.jpg


ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STom011_1.jpg


No dia seguinte deram-nos a informação que o transfer para o ilhéu das Rolas ia ser logo de manhã, o que nos cortava a manhã de aluguer de carro que tínhamos. Mas lá conseguimos que nos trocassem pelo último dia e ainda nos disseram que podíamos usar o carro o dia todo. Aliás, o Tó nem tinha indicação de quantos dias tinhamos de aluguer e ainda nos queria ir pôr e buscar ao ancoradouro do ilhéu das Rolas! Acho que desde que se ponha gasolina no carro e se pague as refeições ao motorista, eles esticam o aluguer do carro. Pelo menos foi a ideia com que ficamos.
 
Última edição por um moderador:

tinocas

Membro Ativo
DIA 3
Apanhamos o transfer para o ilhéu das Rolas, numa espécie de mini-autocarro que transporta os empregados que lá trabalham e que vivem para o norte da ilha. O percurso não é muito longo, mas a estrada é «tão boa!» que demoramos cerca de 2 horas e 30 a chegar até ao ancoradouro, em Ponta Baleia.
Alguém escreveu um dia « -Em S.Tomé, entramos num buraco da estrada e saimos dele alguns quilómetros depois.»
Concordo completamente!

ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STom242.jpg


Mas a beleza da paisagem compensa. Fizemos este percurso 3 vezes e não nos cansamos.

ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STom262.jpg


ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STom201.jpg


ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STom167.jpg


ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STom126.jpg


ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STom132.jpg


Vimos pessoas a trabalhar nos campos.
O cacau fresco amontoa-se à beira da estrada.

ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STom020.jpg


As crianças brincam com os seus brinquedos feitos de madeira e fazem pose para as fotografias.

ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STom291.jpg


ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STom292.jpg


Chegamos a Ponta Baleia todos suados. S.Tomé parece uma sauna gigante, os niveis de humidade, na altura que nós fomos rondavam os 90 graus, para 28 de temperatura.

ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STom112.jpg


ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STome2008002.jpg



Fizemos a travessia que demora mais ou menos meia hora, com o mar muito calmo.
Aqui estou eu no barco que faz a travessia:

ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STome2008006.jpg


Chegamos ao ilhéu quase ao meio dia.
Quando chegamos ao ilhéu fomos muito recebidos pelos animadores do hotel. Deram-nos água de coco e um ramo de flores!
Fizemos o checK-in e fomos deixar as malas ao quarto.

ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STom219.jpg


Seguimos logo para o marco do equador.

ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STom152.jpg


O caminho para lá é muito bonito e é o único do ilhéu que não está invadido pela vegetação.

ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STome2008342.jpg


ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STome2008345.jpg


ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STome2008347.jpg


Chegamos lá ao meio dia, com um calor insuportável. Confesso que me senti mesmo mal. E eu adoro calor, em Portugal o calor para mim nunca é demais, mas ali, ufa!

ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STome2008367.jpg


ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STom093.jpg


Cá estou eu, a minha irmã e o meu marido na fotografia da praxe, um pé no hemisfério norte, outro pé no hemisfério sul!

ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STom222.jpg


A vista do miradouro.

ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STom154.jpg


ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STom162.jpg


ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STom168.jpg


ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STome2008354.jpg


ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STome2008361.jpg


Um habitante do ilhéu, que foi atrás de nós (qualquer passeio que se faça fora da área do hotel, vai sempre alguém atrás de nós), levou-nos para a praia café pelo meio do mato. A vegetação é cerrada e se não fosse ele conhecer o caminho, de certeza que não tínhamos chegado ao destino!

ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STome2008370.jpg


ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STome2008371.jpg


ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STome2008373.jpg


ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STome2008375.jpg


Quando cheguei lá, cansada, a morrer de calor, com os pés todos picados das formiguinhas aliança, que são minúsculas mas picam como tudo (nunca,mas nunca andar no meio do mato do ilhéu de chinelos, depois não digam que não avisei!), foi como chegar ao paraíso!
A praia Café é um sonho! .Águas de um azul turqueza lindo, quentinhas e sem ondas. Nunca um banho de mar me soube tão bem!

ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STom216.jpg


ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STom227.jpg


ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STom169.jpg
 
Última edição por um moderador:

tinocas

Membro Ativo
Fomos almoçar e ficamos o resto da tarde pela fantástica piscina do hotel e pela praia mais próxima, que é um bocado rochosa mas dá para tomar banho perfeitamente.

ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STom198.jpg


A piscina.

ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STom008.jpg


ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STom054.jpg


Pormenores do bar da piscina.

ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_vrias036.jpg


ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_vrias038.jpg


Viva a boa vida!!!

ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STom058.jpg


ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_vrias037.jpg


ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_vrias035.jpg


As fantásticas sombras naturais ao pé da piscina.

ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_vrias028.jpg


ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_vrias029.jpg


Ficamos lá até anoitecer.

ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STom007.jpg


DIA 4:
Fomos logo cedo para a piscina, pois amanhece cedo em S.Tomé e para além do mais, eu acho que para dormir, temos tempo de dormir em casa!
Saímos do nosso bungalow (cada um tem 2 ou 4 quartos)...

ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STom166.jpg


E fomos tomar o pequeno-almoço...
O restaurante fica um bocado afastado da área dos bungalows, mas o percurso que se faz até lá é muito bonito. Passamos por alguns ocás, umas árvores gigantes que existem por lá.

ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STom019.jpg


O restaurante é numa área aberta para o mar, só fechado por cima e tem uma vista que nem apetece sair de lá!

ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STom052.jpg


ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STom193.jpg



ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STome2008419.jpg


ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_vrias030.jpg


Depois do pequeno almoço demos uma volta pelas praias próximas.

ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STom040.jpg


ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STom079_1.jpg


ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STom131.jpg


ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STome2008425.jpg


ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STome2008438.jpg


ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STom135.jpg


Fomos almoçar na praia Café, um almoço feito pelos habitantes do ilhéu. Confesso que estava com receio, até comi demais ao pequeno-almoço com medo de não gostar do aspecto e da falta de higiene.
Afinal não havia motivos para isso, fomos muito bem servidos. Peixe fresco e caranguejos pescados ali mesmo com banana e fruta pão frita. A fruta pão frita foi das melhores coisas que comi em S.Tomé, que ninguém lá vá sem provar!

ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STom096.jpg


ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STome2008512.jpg


ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STom078.jpg


ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STome2008451.jpg


Ficamos um bocado por ali e voltamos para o hotel. O passeio é muito bonito.

ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STom038.jpg


De tarde, fomos visitar o farol que existe no ilhéu. Os habitantes perguntaram-nos se não queríamos que fosse algum míudo connosco, mas já estavamos um bocado fartos de andar sempre alguém atrás de nós e recusamos. Os míudos seguiram-nos e foi a nossa sorte! Armados em espertos, a pensar que sabíamos o caminho. Qual quê? ao fim de um bocado se não fossem os miudos a dizer«
-Não é por aí, é por aqui», nem sei onde tínhamos ido parar, mas ao farol não era de certeza!
O percurso ainda é longo, o caminho por vezes tem vegetação que nos dá pelos joelhos e não há indicação nenhuma a não ser ao pé do hotel.
Grandes malucos!
ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STome2008453.jpg


ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STom151.jpg


O nosso pequeno guia, dentro do farol:

ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STome2008757.jpg



A vista que temos do farol sobre a ilha principal:





ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STom119.jpg
 
Última edição por um moderador:

tinocas

Membro Ativo
Agora vou contar uma cena de terror.
Quando saímos do farol estava um monstro horrível na parede, preto, enorme, com o tamanho do fundo de um prato de sopa, é isso mesmo, uma aranha GIGANTE! Eu não tenho medo de aranhas, não, nem por isso, eu tenho pavor!
Os miudos bem diziam « -não faz mal, não é perigosa!» Pois, pois, para quem não tem medo é fácil falar! Excusado será dizer que eu e a minha irmã fizemos uma figura um bocado triste!
O pior foi ter que voltar para trás e pensar que naquelas matas deviam de haver centenas de outras iguais. Ainda consegui ver mais uma igual ou maior pelo caminho, até que decidi seguir o conselho de só olhar para o chão! Ainda fomos espreitar a praia Joana, comigo a rezar todo o caminho para não me caír nenhuma aranha em cima, eu não queria acabar ali os meus dias!

ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STom031.jpg


ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_vrias034.jpg



ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STome2008475.jpg


ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STome2008550.jpg


ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_vrias042.jpg


E voltamos para o hotel, estafados e suados.

ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STome2008427.jpg


ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STom006.jpg


ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STome2008410.jpg


Acabamos o dia na piscina, até descobrir que não havia luz para nos vestirmos, nem água para nos lavarmos. O gerador tinha avariado! O que vale é que só havia cinco pessoas no hotel, senão tinha sido bonito!
Nós somos muito pacíficos, ir de férias para nos stressar, nem pensar!
Ficamos na piscina até tarde, tomamos banhos de mar de noite e nada de vir a luz! Tivemos de nos vestir só com a luz do telemóvel, fomos jantar à luz das velas e dormir com o sal no corpo!
Pois é, em África é assim, nem uma velinha para nos dar luz, nem um balde de água para nos lavarmos, nada !LEVE-LEVE!
Por isso é que viagens destas não dão para toda a gente!
DIA 5
Ficamos a gozar a área do hotel, bebemos umas H2O de coco, que é como eles chamam às águas de coco no ilhéu e tomamos umas boas banhocas. Ao fim do dia fomos dar a volta pelos miradouros que existem por lá, pena que estejam tão maltratados, assim como o caminho para lá!

ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STome2008537.jpg


ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STome2008101.jpg


ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_vrias041.jpg


ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_vrias040.jpg


ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STome2008546.jpg


ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STome2008506.jpg


ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STome2008530.jpg


ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STome2008535.jpg


ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STome2008536.jpg


ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STom280.jpg


ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STom294.jpg


E regressamos ao hotel:

ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STom290.jpg
 
Última edição por um moderador:

tinocas

Membro Ativo
DIA 6
Ficamos pelas praias e pela piscina durante a nossa última manhã no ilhéu.

ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STome2008498.jpg


ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STome2008505.jpg


ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STome2008396.jpg


Voltamos a fazer a travessia de barco, mas desta vez apanhamos o mar com um balanço terrível, tivemos de ir de pé, para não apanharmos uma molha!
Parecia que estávamos em alto mar . Tinha chovido muito na ilha principal, mas nós no ilhéu nem uma gota apanhamos!
Lá fizemos novamente a viagem de regresso para a cidade.
Rios e pequenas cascatas à beira da estrada.

ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_vrias021.jpg


ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_vrias024.jpg


ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STome2008288.jpg


O pico S.Tomé.

ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STome2008302.jpg


Chegamos ao hotel e fomos fazer uma volta de reconhecimento pela cidade.

Estádio de futebol.

ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STom478.jpg


Praça da cidade onde se concentram os taxis, que geralmente só saem quando têm cinco clientes!

ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STom056_2.jpg


Uma rua da cidade.

ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STom127.jpg


Estátua dos portugueses que descobriram a ilha.

ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STom142.jpg



ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STom143.jpg


Avenida marginal.

ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STom245.jpg


Catedral.

ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STom279.jpg

Anoiteceu de repente, como é costume em S.Tomé e lá andamos nós a pé na marginal sem iluminação pública, a tentar não por os pés nos buracos da estrada, a ver se não levávamos com uma das ondas que passavam por cima do muro e a ver que nunca mais chegávamos ao hotel!
Fomos jantar ao Pirata, que fica próximo dos hotéis Pestana. Comemos peixe fresco.
Pirata:

ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STome2008581.jpg


ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STome2008584.jpg


DIA7
Logo pela manhã lá estava o Tó à nossa espera para fazermos o resto da volta que nos faltava.
Fomos à roça Bombaim, que tinha ficado para trás por falta de tempo. Foi para mim a roça mais bonita que vi em S.Tomé.

Com a sua casa grande recuperada...

ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STom184.jpg


ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STom247.jpg


ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STom084.jpg


Com o seu terreiro cheio de vegetação...

ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STom210_1.jpg


ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STom253.jpg


ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STome2008592.jpg


ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STome2008593.jpg


ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STome2008596.jpg


E com as suas belas cascatas.

ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STom249.jpg


ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STome2008585.jpg


A seguir fomos ver a roça Agostinho Neto, antiga Rio Do Ouro, a maior e mais imponente de todas. Era a maior produtora de cacau.

ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STom115.jpg


ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STom113.jpg
 
Última edição por um moderador:

tinocas

Membro Ativo
Da roça Agostinho Neto, seguimos para a roça Boa Entrada.

ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STom029_1.jpg


ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STome2008655.jpg


Depois voltamos para a cidade, tivemos de ir trocar o carro que começou a dar problemas em Bombaim, não queria pegar. Só pegou de empurrão!
Depois da troca efectuada fomos visitar o mercado de S.Tomé.
Quase que nos bateram por termos tirado uma foto ao mercado do primeiro andar, sem focar ninguém em especial!
Apesar de adorar visitar mercados, este foi onde me senti pior. Senti um bocado de xenofobia por sermos portugueses. Olhavam-nos de lado e mandaram várias bocas, apesar de estar um nativo da ilha connosco.
Apesar disso vale a pena visitar o mercado!

ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STom064.jpg


ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STom268.jpg


Fomos almoçar ao restaurante Filómar novamente. De manhã, tínhamos encomendado Calúlú, o prato tradicional de S.Tomé, que não queríamos vir embora sem provar!
É uma delícia, recomendo a toda a gente provar, é diferente de tudo!

ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_vrias011_1.jpg


ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STom042.jpg


Depois fomos ver o museu, que fica no forte.
Senti-me um bocado envergonhada lá dentro, por ver o que os nossos antepassados fizeram aos escravos!

ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STom090.jpg


ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STom178.jpg


ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STome2008625.jpg


Ao lado do museu fica a praia PM.

ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STom061.jpg

Fomos ver as praias do norte que tinham ficado para trás, a Micólo e a dos Tamarindos. A estrada, perdão, o caminho para lá, é horrível! Um lamaçal autêntico com buracos pelo meio. Disse eu para a minha irmã«-A única coisa que nos falta acontecer é termos um furo!»
São praias óptimas, pena é o caminho para lá ser tão mau!

As lagoas que se encontram pelo caminho:

ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STome2008688.jpg


ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STome2008680.jpg


Fernão dias, local onde se deu um dos acontecimentos mais vergonhosos da nossa história, onde morreram cerca de mil escravos, torturados e obrigados a encher grandes baldes de água do mar, para os despejar em terra.
Ficou conhecido como o massacre de Batepá, derivado da ordem que se ouvia na cadeia (-Bate, pá, que o gajo merece!).
Ainda hoje naquele chão, quando escavam, encontram ossos humanos.

ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STome2008684.jpg


O monumento de homenagem às vítimas.

ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STome2008682.jpg


O ilhéu das cabras.

ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_vrias044.jpg


A praia Micoló.

ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STome2008681.jpg


A praia dos Tamarindos.

ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STom116.jpg


ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STome2008691.jpg


Voltamos para trás e começaram a fazer-nos sinais .Claro, faltava o pneu furado! :);):)
Para acabarmos o dia em grande!
O patrão do Tó deve de se ter arrependido sei lá quantas vezes de nos ter disponibilizado o carro para o último dia! ;):)
ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STom161.jpg


Depois de os homens terem trocado o pneu (e eu só tinha era vontade de rir), voltamos à cidade. Fomos à fábrica de chocolate Corallo. É uma fábrica de chocolate artesanal que produz um dos melhores chocolates do mundo!

ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STom103.jpg


ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STom110.jpg


Fomos jantar novamente à «piroga de S.Pedro» para a despedida.
 
Última edição por um moderador:

tinocas

Membro Ativo
DIA 8
E pronto, acabou-se a papa doce!
Regressamos a casa com muita pena, mas teve de ser.
Deixamos para trás um país que nos encantou,
com paisagens magníficas...

ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STome2008679.jpg


ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STome2008689.jpg


ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STome2008047.jpg


Igrejinhas bem cuidadas...

ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STom479.jpg


ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_vrias007.jpg


Antigas roças em muito mau estado...

ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STom424.jpg


ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STom043_1.jpg


Vimos frutas que não conhecíamos...

ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STom148.jpg


ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STom325.jpg


E provamos algumas pela primeira vez.
ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STom088.jpg


ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STome2008817.jpg


Vimos plantas envergonhadas que encolhiam as folhas quando lhes tocávamos...

ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STom470.jpg


Flores com uma beleza encantadora...

ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STom455.jpg


Vimos estradas que mais parecem caminhos de cabras...

ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STome2008726.jpg


ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STom144.jpg


Vimos animais domésticos em liberdade...

ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STom398.jpg


ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STom069.jpg


ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STom352.jpg


ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STom206.jpg

Vimos casas muito pobres...

ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STom024.jpg


ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STom146.jpg


ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STome2008043.jpg


ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STom350.jpg


Com os animais a viverem por baixo e os donos por cima...

ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STom082.jpg


ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STome2008042.jpg


Vimos outras um pouco melhores.

ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STom347.jpg


ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STom348.jpg


Conhecemos o seu povo...
Vimos mães com os seus filhos...

ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STom287.jpg


ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_vrias015.jpg


Pessoas que apesar de só terem sapato num dos pés ficam contente com um boné novo...

ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STom121.jpg


Um povo que na sua maioria não utiliza electrodomésticos, preparando os seus alimentos à força de braços...

ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STom384.jpg


Que constroem as suas próprias canoas...

ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STom381.jpg


ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STom030.jpg


Que insistem em tomar banho nos rios, com tão boas praias lá...

ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STom016.jpg


Deixando as praias desertas só para nós...

ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STom235.jpg


Que tudo lavam no rio, desde a roupa à louça...

ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STome2008163.jpg


Descobrimos de onde vem o chocolate que chega às nossas casas...

ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STom361.jpg


E conhecemos as crianças de S.Tomé. Que não têm brinquedos, não têm sapatos e quase não têm roupa. Mas têm sempre um sorriso envergonhado para a fotografia.

ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STom415.jpg


ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STom417.jpg


ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STom213.jpg


ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STom250.jpg


ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STom301.jpg


ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STom022.jpg

Vimos crianças com os seus brinquedos de madeira.

ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STom028.jpg


ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STom092.jpg


E outras que exibem orgulhosas a sua pescaria...

ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STom123.jpg


ai609.photobucket.com_albums_tt175_tininha05_STom189.jpg


Visitamos um país que nos ficou no coração!
ATÉ BREVE S.TOMÉ!!

PS: ESPERO QUE GOSTEM TANTO DE LER ESTE REPORT COMO EU GOSTEI DE O ESCREVER!UFA!!!
Desculpem se fui excessiva nas fotos!
 
Última edição por um moderador:

Paulo Leite

Coordenador
Staff
Olá Cristina :)

Obrigado por partilhar connosco este magnifico Report, e mostrar a beleza que existe em S.Tomé.

Excessiva:eek::eek: nós queremos é FOTOS, por isso nunca são de mais :)

Eu gostei do que vi, Obrigado

paulo
 

blue

Membro Novo
olá Tinocas,

adorei o report e as fotos maravilhosas!

São Tomé está na minha lista!

Obrigada por partilhares

boas viagens
 

Viky

Membro Novo
Qual excessiva! Eu adorei!
Já conhecia um pouco pelas fotos de uma amiga que lá foi há alguns anos e o desejo de lá ir sempre esteve comigo. Vieste "atiçar" ainda mais a minha vontade....

Obrigada e parabéns!
 

mokas

Membro Conhecido
Olá tinocas!

Report muito bom e nada excessivo! Com muitas fotos para bem ilustrar! :)

Que paraíso!!! Deve ter sido uma verdadeira viagem de sonho! Obrigada por partilhares!


boas viagens*
 

BunnyCat

Membro Ativo
Morri...:)

Adorei tudo... o report, as fotos, as paisagens, as praias, os hoteís... lindo, lindo. lindo!!!

Fiquei muito curiosa para conhecer este pequeno Paraíso... já adicionei S.Tomé á lista de viagens... :)

Por este andar tenho de viver obrigatoriamente até aos 150 anos para conseguir riscar todos os destinhos da listinha... :)
 

Asae

Membro Conhecido
Tinocas: estou sem palavras...

Nunca pensei em S. tomé como um destino para mim, talvez um dia lá vá, mas estou profundamente deliciada com as paisagens que mostras-te. Pela forma como te exprimes acredito que tenhas vivido um sonho.


Muito Obrigada :)
 

tinocas

Membro Ativo
Obrigado a todos pelos simpáticos comentários. Foi feito com muito carinho!:)
S.Tomé foi um sonho realizado, que excedeu as espectativas quanto a belezas naturais. Pena a pobreza, que choca um bocado, por mais que fosse preparada, apanhei um choque tremendo. Mas fome não há, pois o mar e a terra fornecem alimento com fartura. S.Tomé foi uma lição de vida, toda a gente devia de visitar um país assim pelo menos uma vez na vida.
Quanto ao Pestana Equador ter fechado, nunca ouvi dizer nada. O que ouvi dizer foi que o grupo Pestana ia deixar a gestão do hotel, não que ia fechar. Mas penso que a gestão continua deles à mesma.
Um abraço e alguma dúvida, disponham à vontade!
Cristina.
 
Top