Novidades

[Report] Natureza da Suiça

Cláudio Pereira

Membro Conhecido
Olá a todos,

A Suiça é dos países que mais gostei de visitar, pelas suas majestosas montanhas, lagos, cascatas e muito verde. Estive na Suiça em 2010 e decidi voltar em 2013 porque só tinha visto uma pequena parte da Suiça.

O que procurei quando pesquisei o que queria ver ? Cascatas, trilhos e montanhas.

Das muitas cascatas que encontrei nas pesquisas, seleccionei as que me pareceram mais imponentes ou em locais emblemáticos. Em relação às montanhas, seleccionámos onde queríamos ir e a subida de teleférico seria de acordo com as nossas possibilidades. O teleférico é caríssimo, proibitivo mesmo. Facilmente o preço chega aos 100€ por pessoa ! Escolhemos 2 ou 3 com preços mais acessíveis, entre 15 e 30 euros. Não fomos às maiores montanhas, mas já tínhamos ido ao Mont Blanc, logo, decidimos abdicar.

Fui no dia 5 de Junho e regressei no dia 14.

1º dia


Voo Lisboa => Zurique. Fomos buscar o carro no aeroporto e seguimos para Winterthur, onde ficámos no hotel Ibis.

2º dia
Winterthur => Rheinfall

O primeiro destino foi a famosa cascata Rhine, a maior cascata horizontal da Europa, rodeada pela fronteira com a Alemanha, próximo de Schaffhausen.









Com as vistas cheias, seguimos para a capital do país, Berna, para uma pequena visita.




Já à tardinha, fomos ver se encontravamos a casa que alugámos no meio do monte...


Chegados a Burgistein, ficámos na casa de um casal de agricultores, com vistas deslumbrantes e um sossego que não estavamos habituados. O casal deitou-se às 21 horas...vida de agricultor é mais cansativa do que turista !


Esta era a vista da casa.

 
Última edição:

Cláudio Pereira

Membro Conhecido
3º dia


Despedimos-nos do casal e colocámos um pin em Portugal, no enorme mapa mundo que ele tinha no expositor com as pessoas de muitas nacionalidades que passaram pela sua casa.

Seguimos em direcção a Interlaken, mas antes parámos para uma visita à cidade de Thun.






Como a subida ao jungfraujoch era de "apenas" cerca de 100€ por pessoa, decidimos que subir também por teleférico a uma localidade num dos "patamares" da montanha, sem carros.








Ao final da tarde, fomos visitar Lauterbrunnen e a sua cascata com o nome Staubbachfall.


Seguimos para o hostel Landgasthof Hirschen(adorámos) em Interlaken ontem ficámos 2 noites.
 

Cláudio Pereira

Membro Conhecido
4º dia

Reservámos este dia para visitar a região de Interlaken.
A sul de Lauterbrunnen encontrámos a cascata com o nome Trümmelbachfäll, entre um desfiladeiro na montanha. Trata-se de um percurso a pé pelo passadiço construído nas fendas das rochas, no curso de um riacho.






A próxima cascata tem por nome Pochtenfall, uma queda de água de uma altura considerável e que só a vimos ao longe, após uma caminhada até a avistar.





Seguiu-se uma subida de teleférico ao Niesen Kulm, uma montanha mesmo em frente ao lago Thunnersee, ou Thunner, já que os lagos terminam todos por "see" (lago em alemão).





Continuámos para a cascata onde Sherlock Holmes, no último episódio da série, supostamente cai do cimo da cascata e morre. Subimos pelo funicular Reichenbachfall, até meio da cascata e continuámos até ao topo, a pé.
Não tenho fotos dignas de colocar aqui porque tirei poucas, dado que não havia espaço para apanhar a cascata. Subíamos lado a lado à cascata. Mas se colocarem este nome no google, vão ver belíssimas imagens.

Terminámos o dia a visitar a cascata Giessbachfall, mais uma a não perder.





5ª dia

No dia anterior, à noite, ao falar com o sr. da recepção do hotel disse-nos que a estrada que liga Zermatt à zona este do país estava cortada devido à neve. Relembro que estávamos em Junho :)
Portanto, tivemos de mudar de planos e passar uma noite a Zermatt e depois voltar para trás.
A caminho de Zermatt uma boa parte do percurso teve de ser feito de comboio por um longo túnel. Os carros íam nas carruagens para transporte de veículos.

Zermatt é onde se encontra a montanha símbolo da Suíça, o Matterhorn. A aldeia é acessível apenas de comboio, pago...e o estacionamento na estação também é pago. O dia estava chuvoso, não se via o sol e as idas para Zermatt não se estavam a fazer. Esperámos pelo dia seguinte com esperança de que o tempo melhorasse.

Entretanto no hotel, gerido por um português, informou-nos que não estava previsto melhoria do tempo e pagar tanto dinheiro para não ver nada(se é que abriam o teleférico, não valia a pena). Não me recordo quanto é que se pagava, mas tenho quase a certeza que era mais de 100 eur/pessoa para ir para Zermatt e subir de teleférico.
Uma foto solitária da vista do hotel, onde passámos praticamente todo o dia...como o aquecimento ligado.
 

Cláudio Pereira

Membro Conhecido
6º dia

Deixámos Zermatt para trás e regressámos a Interlaken. Mais um dia, mais uma cascata, desta vez a Oltschibachfall. Não tão turistica, é certo, mas também ela imponente e de uma grande altura.



Como podem ver pelas fotos, confirmou-se, o dia estava chuvoso e terminou cedo porque andar à chuva e ao frio não é lá muito agradável.

7º dia

Acordámos com o dia sem chuva e com bastante sol.
Saímos de Interlaken(a região que gostámos mais) em direcção a Lucerna, cidade bem bonita.






8º dia

Este era o último dia na Suiça, rumámos a sul, em direcção a Itália.
Numa parte do percurso tínhamos a opção de ir pelo tunel de Gotthard ou seguir o percurso de montanha. Já devem estar a imaginar qual escolhemos...

Algumas fotos do percurso e de São Gotardo, no topo.






Depois de descermos Gotardo e antes de chegar à cidade fronteiriça de Lugano, ainda fomos ao vale Verzasca ver este belo vale e ouvir italiano pela boca de suiços...coisa estranha :)




 

Cláudio Pereira

Membro Conhecido
9º dia

O penúltimo dia foi todo passado em redor do lago Como.
Para quem não sabe, a Itália e a propriedade privada é algo que praticamente não conhece limites. Quero dizer, se quisermos ver muitos dos locais em Itália, não podemos, ou então, batemos à porta das pessoas e pedimos para ir ao quintal ver o lago ou a praia. O lago Como não é diferente. Para vermos o lago, é bastante complicado chegar-nos ao pé dele porque entre ele e a estrada, estão casas. Com sorte há um porto onde os barcos fazem a travessia para a outra margem e aí podemos ver o lago. Foi o que fizemos, aproveitámos e fomos até o outro lado da margem.



Com grande dificuldade em ver o lago do lado italiano, fomos ao lado suiço e subimos o monte Bre para ver melhor :) Ainda encontrámos um parque de merendas onde deu para passar um bom bocado a apreciar a paisagem ao final do dia.




10º dia

Último dia e regresso a Portugal. Voámos de Lugano para Zurique e de Zurique para Lisboa.
Adeus Alpes, até outro dia :)

Gastos para 2 pessoas:
Voos(Lx > Zurique; Lugano > Zurique > Lx): 264 (através de pontos)
Hotéis: 514
Aluguer de carro: 294
Combustível: 80
Refeições: 400
Outros: 100
Total: 1652
 

Cristina Sousa

Membro Conhecido
Ora aqui está um report que muito me agrada! :D
Esta natureza exuberante da Suiça, estas paisagens fantásticas, milhares de quedas de água e montanhas verdejantes (e com neve, também - dispenso o frio :( ), estão sem dúvida na minha lista.
A Suiça deve ser (muito) carota, mas certamente tem das mais belas paisagens da Europa.
Parabéns pelo report, mais vale tarde do que nunca. :rolleyes:
Obrigada pela partilha, o nosso cantinho ficou um bocadinho mais rico! :)
 

Ricardo_7

Membro Conhecido
Olá,

Muito obrigado pela partilha! :) Da Suíça, apenas conheço os famosos chocolates, mas confesso, que quero conhecer o país, pelas fotos, locais de tirar o fôlego :D
O problema é sempre o mesmo, falta de t€mpo, pois a lista já é grande...

Boas viagens :D
 

Lipe

Membro Conhecido
Deslumbrante Suiça!! Há muitos anos que lá vou pois tenho lá familiares e as paisagens não me são nada estranhas, ainda que espetaculares!! Tenho alguns reports da Suiça, mas principalmente, no cantão de Vallais que é o que conheço! A tua viagem foi muito boa, só com o azar do tempo em Zermatt! Eu próprio já tive com -5ºC em Agosto!! Obrigado pela partilha :)
 

PauloNev

Moderador Sénior
Staff
Muito obrigado pela partilha.
Belas fotos da Suiça, um dia tenho que ir dar um passeio por essas bandas.
Boas viagens ;)
 

Tinker Bell

Membro Conhecido
Muito obrigada pelo report, há muito que sonho com a Suíça, e adorei o formato desta tua viagem!
Uma inspiração futura, sem dúvida. :) Pareceu-me uma viagem muito romântica e relaxante, 5*!
 

sspereira

Membro Ativo
Obrigada pela partilha, nasci nesse belo país. Vivi lá durante 17 anos e estive nalguns sítios que pões no report. Claro que conheço melhor a parte francesa que também é muito bonita mas é sempre bom recordar. Fez-me voltar à minha infância, obrigada :)
 

TREPADOR

Membro Conhecido
Com paisagens destas... A vontade de visitar é cada vez maior, pena o custo de vida local que coloca um travão, mas quem sabe um dia.
Obrigado pela partilha.
 

Cláudio Pereira

Membro Conhecido
Tudo na Suiça é bastante caro.
Os hotéis foram dos mais caros que já reservámos.
A comida é a preços exorbitantes e algumas vezes comprávamos sandes, saladas e fruta. Eu não sou adepto de cortar na comida para depois ter para gastar noutras coisas. Colocar a alimentação que é o suporte da vida em segundo plano, para ter para outras coisas, acho pouco digno. Acontece que na Suiça, às vezes tem de ser porque uma "refeição" de sandes custa 5 ou 6 eur e uma refeição de prato custa para cima de 15. Isto...sempre a multiplicar por 2 pessoas. Enfim, é uma ou duas semanas a comer sandes 2 ou 3 dias, também não é por aí. Mesmo assim, ainda fizemos refeições normais (prato e bebida) por uns 10 eur e à beira do lago.

Já agora, outro factor que agrava isto tudo é: Nos últimos 10 anos, o euro perdeu metade do valor face ao franco suiço.
Em 2008, 1 euro=1,5 francos; 2017, 1 euro = 1 franco !
Portanto, se já era caro...agora mais caro é e a previsão é que mais caro irá continuar a ser.
 
Última edição:

ploferreira

Moderador Sénior
Staff
Olá,

Estive na Suiça em 2011 e apesar do custo de vida ser elevado não é de todo proibitivo, sendo bastante mais acessivel do que cidades como Nova Iorque, Londres ou a maior parte das cidades do norte da Europa.

Já agora o CHF está a 1,07 que ainda faz uma diferença para 1 ;)

Concordo que é um pais que vale a pena visitar :)
 

Cláudio Pereira

Membro Conhecido
Olá,

Estive na Suiça em 2011 e apesar do custo de vida ser elevado não é de todo proibitivo, sendo bastante mais acessivel do que cidades como Nova Iorque, Londres ou a maior parte das cidades do norte da Europa.

Já agora o CHF está a 1,07 que ainda faz uma diferença para 1 ;)

Concordo que é um pais que vale a pena visitar :)
Se queres ir ao centimo, então também tens de ver em 2008, que arredondei de 1,68 para 1,5. Portanto, ainda é mais de metade ;)
 

ploferreira

Moderador Sénior
Staff
@Cláudio Pereira acho que nāo vale a pena ir por aí, até porque comparar 2 centesimas com 7 décimas é um pouco descabido.

Acho que no geral percebeu o que quis transmitir no meu post ;)
 

Cláudio Pereira

Membro Conhecido
Aqui fica mais alguma informação acerca de como organizámos a viagem. Como já foi há 4 anos, provavelmente já deverá haver informação mais actualizada...noutros sites.
Site que pesquisámos para encontrar as cascatas: waterfall.ch | die Wasserfälle der Schweiz | Waterfalls

Tivemos muita pena de não ter ido à trift suspension bridge. Quando vi imagens, achei espectacular, mas exige uma caminhada até lá e o teleférico que leva até uma parte do percurso ainda não tinha aberto. Chegámos uma semana antes da abertura anual :mad: Não sabíamos...
Quem tiver oportunidade de ir... aqui fica o site (actualmente em manutenção)
 
Última edição por um moderador:

PaulaCoelho

Membro Conhecido
Olá Cláudio ;)
Estive a ler o teu report e a olhar para as fotos com toda a calma do mundo... está simplesmente divinal. :)
Adorei os sítios por onde passaram e quando lá for (não sei quando vai ser mas está nos planos :rolleyes:) certamente virei aqui buscar inspiração.
Sempre tive a noção de que a Suiça era demasiado cara e pelas tuas contas o "pior" é o imprescindível: hotel e comida!
Obrigada por esta excelente partilha de locais tão belos. :)
 
Top