[Report] Morro de São Paulo de 28/3 a 1/4 de 2018

Nin

Membro Ativo
Morro de São Paulo fica localizado na ilha de Tinharé, Município de Cairu, na região conhecida como Costa do Dendê no estado da Bahia.
2.png


Morro à vista!
1.png


Tanto a viagem de ida como a vinda foram feitas de catamarã e fez-se bem, pois tomámos vomidrine 1 hora antes do embarque. O trajeto marítimo demorou 2h30min.
3.png

Há uma taxa de R$ 15,00 para entrar na ilha, por pessoa.
Quando desembarcamos do catamarã, imediatamente fomos abordados pelos carregadores de malas, os famosos "táxis", rapazes que levam a bagagem em carrinhos-de-mão padronizados. Tudo muito organizado e pitoresco! Eles cobram 10 reais por cada mala pequena e 15 pela grande, mas vale a pena porque a subida de acesso à vila é íngreme e há muitas subidas e descidas.
4.png

O centro da vila é pequeno, mas muito engraçado. Há uma praça principal, várias lojas, farmácias, alguns hotéis (geralmente os mais em conta ficam neste local) e restaurantes. Quando chegamos de barco o centro é o primeiro lugar que conhecemos. Daqui temos acesso ao farol, miradouro do pôr do sol e tirolesa.

5.png

Em Morro de São Paulo é proibido a entrada de carros, o que torna o lugar ainda mais peculiar e especial.
As praias são numeradas da primeira praia à quinta praia e há uma rua principal que vai até à Terceira Praia. É fácil andar por lá, é só seguir em frente!

6.png

Nós ficámos na Pousada Borboleta, situada na Terceira Praia, sensivelmente a 20 minutos do cais. Foi o melhor custo benefício. É simples mas aconchegante, espaçosa e com pequeno-almoço satisfatório.

7.png


O nosso quarto
8.png


Era neste espaço aberto que tomávamos o pequeno-almoço.
8.png

1 praia.png

A Primeira Praia é a praia mais perto do centro da vila, separados apenas por uma grande ladeira. Essa praia é pequena e tem ondas mais fortes, geralmente procurada por surfistas e desportos motorizados. Tem uma boa estrutura, com bons hotéis, restaurantes, farmácia e lojas.
11.png

Miradouro com vista para a segunda praia

12.png

No primeiro dia fomos para a segunda praia.
Conhecemos as 1ª, 2ª, 3ª, 4ª praias (a minha preferida) mas a 5ª, também chamada Praia do Encanto, não cheguei a conhecer.
As praias 1ª e 2ª são bastantes movimentadas. A 2ª praia é a mais popular com muita gente e muitos restaurantes.
13.png


14.png


Terceira praia às 9h de 30 de março, maré muito baixa.

16.png

A Quarta praia era a nossa praia
De manhã cedo estava assim, maré muito baixa...Formavam-se piscinas naturais onde as pessoas afluíam para ver os peixinhos.

17.png


18.png

22.png
20.png
A 4ª praia é maravilhosa, um lugar tranquilo, para descansar, água quentinha, ondas pequenas, pouca gente, sol....
19.png


15.png
 
Última edição por um moderador:

Nin

Membro Ativo
24.png

Na 2ª praia as barracas de bebida, onde fazem sumos naturais, caipirinhas e caipiroskas de vários sabores. Nessas barracas há todo o tipo de fruta para fazer a nossa bebida favorita: das mais tradicionais (de morango, uva) às locais (umbu, cajá, mangaba, jaboticaba e a favorita- siriguela).
25.png

No começo da noite, a praça central com uma feirinha de artesanato e vários restaurantes ao redor, agrada aos turistas. O passeio pela vila é também interessante com várias lojinhas, onde não resistimos a fazer umas comprinhas.
feira-artesanato-praca.jpg

No começo da noite, a praça central com uma feirinha de artesanato e vários restaurantes ao redor, agrada aos turistas.
2º praia.png


Por vezes, à noite, íamos até à 2ª praia, a mais agitada da ilha. Um deck de madeira permeia praticamente toda a sua extensão e é onde diversos barzinhos e restaurantes, a maioria das próprias pousadas da praia, colocam as suas mesas. É o lugar ideal para beliscar alguma coisa, beber ou simplesmente passear.
27.png

A Fortaleza do Morro de São Paulo está aberta à comunidade.
 

Nin

Membro Ativo
Passeio à ilha de Boipeba
Boipeba é uma ilha paradisíaca do arquipélago de Tinharé, na Bahia, com lindíssimas praias de águas claras e mornas, belezas naturais incríveis, um pouco selvagem, ainda pouco conhecida e explorada. O embarque para o Boipeba costuma ser às 9h, partindo da Terceira Praia, no entanto já saímos com uma hora de atraso. Fomos em família, éramos um grupo de 8 pessoas e além de nós ia também um casal italiano.
saida para BoipedaDSC03193.JPG

Para chegar até à lancha rápida tivemos de caminhar no mar com água até aos joelhos.

Piscinas no meio do mar26233261_10216555890550127_4119388255351331372_o.jpg

A primeira paragem foi nas piscinas naturais de Garapuá, ótimo para mergulho com snorkel.
Após uns 40 minutos no local, continuamos o passeio .
Praia de Bainema29663177_10216555388377573_6577871088894924941_o.jpg

Seguimos para a próxima paragem na Ilha de Boipeba: Bainema.
Praia de Bainema29665492_10216555390097616_6071088356116569338_o.jpg

Bainema é uma praia quase selvagem, onde foi possível ver o famoso coqueiro de duas copas e ainda se refrescar com um delicioso banho de mar.
Coqueiro-duas-copas.jpg

Este é o coqueiro de duas copas, considerado pelos biólogos uma raridade no mundo. Incorporando a beleza do local, a planta existe há mais de 50 anos, e ambas as copas produzem cocos.
Praia de Bainema19598836_10216555085409999_7662037212043508560_n.jpg

Praia de Bainema29664880_10216555393857710_9193381054114192_o.jpg

Praia de Bainema29749275_10216555386177518_24169115564102406_o.jpg

Bar na praia de Bainema29664699_10216555392937687_5186251314119728826_o.jpg

Bar rústico na praia de Bainema
Praia de Bainema29665506_10216555385137492_8337470689884197390_o.jpg


De Bainema fomos para praia de Moreré.
Praia de Moreré26232344_10216555415378248_2942225634625224707_o.jpg

Praia de Moreré981136_10216555381217394_1796885171449395432_o.jpg


Praia de Moreré29662970_10216555412938187_2518881052351948718_o.jpg

Coqueiral lindíssimo, água morna e cristalina, piscinas naturais impressionantes na praia de Moreré, visual belíssimo, descanso, inspiração e paz.
Restaurante na praia de Moreré29749489_10216555417658305_8564674673846932841_o.jpg

Almoçámos no restaurante Paraíso, à beira-mar. Os pratos com frutos do mar, especialmente as moquecas, eram as especialidades do local.
restaurante-paraiso-em-morere.jpg

Após o almoço ficámos livres para desfrutar da praia ou descansar.
rio do inferno.jpg

Na parte da tarde iniciámos o regresso a Morro de São Paulo navegando pelo Rio do Inferno, onde o nosso marinheiro nos levou a ver o ecossistema de mangue.
mangue no rio do inferno boipeba_20150331_134621392.jpg

O marinheiro levou-nos a ver o ecossistema de mangue.
boca da Barra.jpg

Passámos por Boca da Barra...
rest ostras canavieira.jpg

A paragem seguinte foi em Canavieira, num barco criatório de ostras, para degustação das mesmas cruas ou gratinadas.
ostras gratinadas15965138_1296176067092390_316274527372798778_n.jpg

ostras gratinadas15965138_1296176067092390_316274527372798778_n.jpg

Ostras gratinadas
(continua...)
 
Última edição por um moderador:

Nin

Membro Ativo
ostras no restaurante flutuante_20150331_135629287.jpg


Cairu quase uma cidade deserta..JPG
no rest das ostras15965307_1296176220425708_8466500101357186187_n.jpg


cairú.JPG

Por fim, antes de chegarmos a Morro de São Paulo, fizemos uma rápida paragem para reabastecimento da lancha em Cairú, cidade fundada em 1501, no tempo das descobertas.
Cairú, cidade fundada em 150129573318_10216555431338647_4128421997599380996_n.jpg

Chegámos a Morro de São Paulo por volta das 17h e o nosso marinheiro deixou-nos na Terceira praia, o que foi ótimo para nós, uma vez que ficámos a dois passos da nossa pousada, pois normalmente o desembarque é feito no porto.

FIM
 
Última edição:

Bee

Membro Conhecido
Que belo report @Nin
Estava com ele em banho Maria à espera de uma oportunidade para o ler. E como gostei do que vi!
Este Brasil eu gosto e queria conhecer.
Muito Obrigada
 
  • Gostar
Reações: Nin
Top