[Report] - Londres: Museus, castelos, monumento, lojas e muito mais

Mel C

Moderador
Staff
Este report resume quatro viagens a Londres que ocorreram entre Outubro 2017 e Novembro 2018. Londres foi o primeiro sítio para onde viajei sozinha e continua a ser a cidade que mais me apaixona, não há palavras para explicar a alegria que sinto ao caminhar nas ruas de Londres, as rotinas que já tenho que a tornam num sítio familiar, e as coisas novas que vou sempre descobrindo. Londres é acima de tudo um sítio que nunca se esgota, por mais vezes que visite há sempre coisas novas para descobrir. Ou nas palavras de Samuel Johnson "When a man is tired of London he is tired of life":D

Nestas quatro visitas já fiz de tudo um pouco e há sítio que visito religiosamente todas as vezes, há sítios que ainda me faltam visitar e sítios onde nunca fui mas que não me interessam de todo (Tate Modern, Madam Tussaud, London Eye, aquele Globe onde Shakespeare nunca pôs os pés...). Também comprei o London Pass uma vez e vou contar a minha experiência.

Mini-guia:

Voos: Podem ver aqui todos os aeroportos que servem Londres. Já aterrei em Gatwick, em Stansted duas vezes e em London City. O voo para London City foi pago pela empresa por isso não o conto, mas o máximo que paguei foi 108€ para Gatwick com a Easyjet em Outubro 2017, e o mais barato 37€ para Stansted com a Ryanair no final de Novembro deste ano. Para mim compensa aterrar em Stansted ou Gatwick pois ambos os aeroportos têm um Express, um comboio rápido que vai para o centro da cidade, e comprando o transfer com antecedência conseguem descontos. Atenção que a segurança de Stansted é muito picuinhas (nunca vi tanta mala a ser inspecionada) e por isso demorada.

Alojamento: Tenho um amigo que mora em Hackney e fico na casa dele, mas já fiquei no Mercure Bloomsbury e gostei.

Transportes: Londres é muito bem servida de transportes, de autocarro e metro conseguem ir a todo o lado. Os autocarros e os comboios são bastante agradáveis, já o metro é o reino do Demo. Confuso, cheio de gente, abafado, à hora de ponta há metros a passar de minuto a minuto e mesmo assim vai tudo estilo sardinha em lata. Há estações gigantes em que se anda 15/20 mins lá dentro para mudar de linha ou sair do metro. Depois há aquela vozinha do além sempre a repetir "Mind the gap please". Acrescentem a isso uma pessoa que em hora de ponta anda a passear de microfone na mão a berrar "STAND CLEAR OF THE CLOSING DOORS!" e começam a ter uma ideia do cenários apocalítptico que aquilo é.

Para pagar os transportes uso sempre o Visitor Oyster Card que vou carregando, mas também há passes diários que dão para todos os transportes. Também podem usar um cartão de débito/crédito com função contactless, basta encostarem o cartão ao sítio onde se valida o "bilhete".

Para me orientar na cidade uso uma aplicação gratuita chamada Citymapper que é o meu salva-vidas em todo o lado e também em Londres, onde para além de indicar que transportes têm de usar para chegar ao vosso destino diz-vos qual o sentido do metro/autocarro que têm de apanhar (o metro é +/- orientado aos pontos cardeias - Southbound/Northbound, Eastbound/Westbound), em que parte da carruagem se devem sentar para ficarem perto da vossa saída, e quantas paragens faltam para saírem.

Dinheiro: Tenho usado o Revolut que permite fazer transações sem pagar taxas mas como já tive más experiências com o Revolut tenho sempre um meio de pagamento alternativo.

London Pass: Para saberem se compensa ou não é preciso verem os preços das atrações que querem visitar e fazerem as contas. Eu queria muito visitar os castelos e por isso uma vez comprei um passe de 3 dias que valeu bem a pena para mim.

Passando ao report

Museus
British Museum

O meu museu preferido e onde vou religiosamente sempre que estou na cidade. É um museu de história que abrange diversos períodos e civilizações, tendo uma coleção espectacular de objectos histórias que vai desde múmias a vasos chineses. É gratuito e podem também fazer tours gratuitas com voluntários do museu - as Eye Opener Tours. São tours de 40-60 mins subordinadas a um tema (Roma, China, Antigo Egipto, etc) e que iniciam na sala da civilização/período em questão, não precisam de marcar nada é só aparecerem. Durante a tour o guia acompanha as explicações dele com paragens para apreciarmos objectos do museu relacionados com o assunto de que fala. Eu fiz as tours de Ancient Iraq e Ancient Egypt e aconselho vivamente, aprendemos sempre coisas que não aprenderíamos só de ler a legenda dos objectos, e não sei se foi coincidência mas ambos os guias tinham óptimo sentido de humor. Também já fiz uma sessão de object handling em que com a ajuda de um voluntário manuseamos verdadeiros objectos históricos, eu manuseei um fóssil de trilobite, uma espécie de astrolábio, uma decoração persa em forma de estrela e parte de um-mini pilar de um templo da Mesopotâmia.

DSC00362.JPG


IMG_0358.jpeg


A minha sala preferida, o túmulo-capela de Nebamun, um sacerdote egipício que cuidava de um templo. Estas imagens são seimplesmente lindas.

IMG_0359.jpeg


O museu tem uma coleção gigante de múmias e estátuas egipícias mas não estou a encontrar as minhas fotos :( Esta aqui em baixo é conhecida por "Unlucky Mummy" pois dizia-se que estava amaldiçoada, várias pessoas morreram depois de terem estado em contacto com a múmia e quando o museu a adquiriou mandou exorcisá-la.

DSC01827.JPG


Outra peça mítica do museu, o jogo de xadrez de Lewis, um jogo de xadrez medieval.

DSC01820.JPG


Mais uma peça mítica o capacete de Sutton Hoo

DSC01822.JPG


Salas dos mármores de Elgin. Estes mármores pertencem ao Parthénon de Atenas, foram trazidos para Londres por Lord Elgin na altura do imério Otomano. O governo grego tem pedido os mármores de volta mas a Inglaterra não lhes passa cartão.

DSC01839.JPG


Victoria & Albert (V&A)

Este museu tem a coleção privada da rainha Victoria e do princípe Albert. Tem uma enorme variedade de artefactos: pinturas, esculturas greco-romanas, armaduras medievais, relógioas...e uma coleção enorme de porcelanas chinesas e inglesas, que arrumam qualquer serviço da Vista Alegre num chinelo. O V&A é gratuito, é interactivo (tem imensos "jogos" lá dentro estilo destinguir um prato chinês de um prato inglês, ou vestir uma luva medieval) e o próprio edifício do museu é lindíssimo, a cada passo que damos entramos em mais uma sala linda e cheia de peças interessantes, é quase impossível sair de lá. O V&A tem ainda outra ala em Bethnal Green onde é o museu das crianças mas nunca lá fui.

1st Day Victoria & Albert Museum.JPG


DSC00342.JPG


DSC00343.JPG


DSC00346.JPG



Natural History Museum

É o museu do dinossauro gigante, confesso que não gostei muito e não passei lá muito tempo. É gratuito.

DSC00326.JPG


DSC00325.JPG


DSC00327.JPG



Science Museum

Muito giro e interactivo, tem várias coisas desde aviões, foguetões, computadores e uma sala sobre genética. Gratuito.

DSC01294.JPG


DSC01296.JPG


Se alguém precisar de instalar o Windows 3.1 é só dizer, este aqui é novo e tudo :rolleyes:

DSC01297.JPG



National Gallery

É o museu de pintura (o de arte moderna é o Tate Modern onde nunca fui). Tem imensas obras de pintores famosos mas a mim não me fascinou muito. Gratuito.

DSC00638.JPG


DSC00642.JPG


National Portrait Gallery

Museu dos retratos, tem imensos retratos da monarquia que eu adoro, incluindo os originais dos retratos Tudors mais fomosos: Henrique VIII, Ana Bolena e Eduardo VI. Também retratos mais contemporâneos por exemplo do Ed Sheeran ou dos Beatles. Gratuito.

DSC00648.JPG
 
Última edição:

Mel C

Moderador
Staff
DSC00650.JPG



Churchill War Rooms

Era o bunker de Churchill e da sua equipa durante a II Guerra Mundial. O museu é muito interessante e vale a pena levar o audioguia (estava incluído no meu bilhete) pois para além de explicar o que se passava em sala tem excertos de emissões da rádio e de discursos do Churchill. Atenção aos mapas que são os originalmente usados por Churchill e a sua equipa. O museu é pago mas estava incluído no London Pass, e como é literalmente um bunker debaixo do chão há um limite ao número de pessoas que podem entrar de cada vez, o que significa que vão ter de esperar na fila.

DSC01230.JPG


DSC01232.JPG


DSC01235.JPG


Petrie Museum

Um museu inteiramente dedicado ao antigo Egipto, apesar de ser minúsculo tem imensas peças, basicamente o museu está cheio de vitrinas que têm dezenas de objectos em cada prateleira, imaginem uma prateleira com alguns 50 shabtis (bonecos usados para servirem como criados no outro mundo), outra prateleira com umas 30 estátuas de gatos, etc. Assim o museu torna-se bastante confuso até porque as peças não têm descrição apenas uma legenda que diz a data e local onde foram encontradas. E é preciso um pouco de atenção porque o museu tem algumas réplicas mas não estão identificadas. Parte do museu continua na escada de incêndio, têm de abrir a porta de emergência e vão descendo umas escadas enquanto vêm as vitrinas com as peças, surrueal (foto abaixo). Também fiz uma sessão de "object handling" mas aqui eram réplicas. O museu e a sessão de "object handling" são gratuitos.

DSC01275.JPG



Guildhall Art Gallery

Uma coleção de arte gratuita na zona da City. Não tem peças de autores famosos mas alguns dos quadros são muito bonitos, infelizmente quando lá fui havia uma cerimónia de graduação e estava imenso barulho e um ambiente pouco propício à contemplação de obras de arte mas cheira-me que em dias sem eventos a galeria deve ser pouco visitada. A cereja no topo do bolo é que por baixo da galeria existem as ruínas de um anfiteatro romano. Infelizmente as ditas ruínas estão mesmo muito arruinadas e são um pouco uma desilusão.

DSC01885.JPG


IMG_0388.jpeg


IMG_0389.jpeg


IMG_0390.jpeg



The Charterhouse

Um complexo de edifícios que já foi usado para vários fins: casa Tudor, escola, igreja. Hoje em dia serve também de abrigo a pessoas necessitadas se bem que essa parte está separada da parte que se visita. Tem um pequeno museu e uma capela bonita. Gratuito.

DSC01892.JPG


DSC01896.JPG


DSC01899.JPG



Castelos
Os castelos de Londres são mais austeros do que aqueles que estamos habituados a ver noutros sítios da Europa, sem os tectos trabalhados e as várias decorações que vemos em palácios como os de Versalhes ou Madrid. Confesso que fiquei um pouco desiludida, ainda há mais um ou outro castelo que gostava de visitar mas as expectativas já baixaram.

Torre de Londres

A Torre de Londres foi em tempos diferentes castelo medieval, prisão e casa do tesouro. Não é propriamente uma únics torre mas sim várias torres a maioria ligadas entre si. A versão "prisão" é a mais interessante pois várias pessoas ilustres estiveram aqui presas, p.ex Ana Bolena ou Thomas More; em algumas das salas podemos ver rabiscos de vários prisioneiros. Foi também numa destas Torres que estiveram aprisonados os famosos "princípes da torre", dois jovens que deveriam suceder no trono ao seu pai Eduardo IV, no entanto o seu tio, Ricardo Duque de Gloucester, resolveu aprisioná-los e tentar usurpar o trono. A Torre está ainda muito ligada a Ana Bolena, uma rainha mítica e símbolo da revolução anglicana, e é possível ver algumas peças de teatro alusivas à prisão e julgamento de Ana Bolena, que são representadas nos espaços da Torre e às quais assistimos gratuitamente. Para quem gostar mesmo muito da Ana Bolena a Torre costuma ter celebrações especiais no aniversário da execução desta rainha, em Maio.

Para além disto a Torre tem uma pequna coleção de jóias da coroa, e uma coleção de armaduras de Henrique VIII. É preciso pagar para visitar a Torre mas vem incluída no London Pass.

Aqui em baixo Traitor's Gate, por onde passavam as pessoas que iam ser executadas.

DSC01225.JPG


Uma das tais peças sobre a Ana Bolena.

DSC01222.JPG


DSC01223.JPG


DSC01226.JPG



Hampton's Court

O castelo de Henrique VIII:D Gosto bastante deste rei, foi Henrique VIII quem separou o clero inglês da igreja católica, tudo porque queria divorciar-se da sua mulher algo que a igreja católica não permitia. Henrique VIII era obcecado com a sua sucessão e foi-se divorciando ou mandando executar as suas mulheres até conseguir uma que lhe deu um filho homem. Ironias da vida o filho de Henrique VIII reinou durante pouco tempo e a ele sucederam-se 3 rainhas, incluindo Mary I que tentou restabelecer o catolicismo.

Tinha grandes expectativas para este palácio que infelizmente não correspondeu, quando cheguei lá descobri que William III e Mary II decidiram demolir o palácio para o reconstruir, a meio da obra perceberam que era demasiado dispendioso e desistiram, ainda assim muitos dos quartos usados por Henrique VIII foram demolidos :( A entrada no palácio é paga e está incluída no London Pass.

DSC01251.JPG


DSC01256.JPG


DSC01262.JPG


DSC01267.JPG
 
Última edição:

Mel C

Moderador
Staff
DSC01273.JPG


Uma das salas do palácio (à qual não tirei foto :() foi toda decorada por William III com retratos das mulheres mais belas da época (agora conhecidas por Hampton Court Beauties) após a morte da sua mulher a rainha Mary II :p


Kensington Palace

Não me apaixonei por este palácio, achei pobre em termos de decoração. No entanto foi aqui que viveu a rainha Victoria, e quando entrei uma das senhoras do museu estava a contar como a Victoria, aos 18 anos, soube que iria ser rainha. A visita é paga e está incluída no London Pass.

DSC01237.JPG


DSC01238.JPG



Outros monumentos/atrações

British Library

Para além de ser uma biblioteca a British Library tem uma sala chamada "Treasures of the British Library", onde há exemplares de livros e documentos valioso, por exemplo a Bíblia de Gutenberg, a Magna Carta, cadernos dos Monty Python, primeiras edições de livros do Shakespeare, manuscritos da Virgina Wolf, do Oscar Wilde, da Jane Austen...a lista não se esgota. Não se pode tirar fotos nesta sala mas acreditem que vale a pena ir espreitar :)

DSC01811.JPG




Saint Dusntan in the East

Ruínas de uma igreja que são hoje um jardim público. Infelizmente só visitei no Inverno, acredito que na Primavera seja mais bonito.

DSC01872.JPG


DSC01870.JPG



Tower Bridge Exhibition

Paga-se e está incluída no London Pass mas a meu ver não vale a pena, lá dentro vemos apenas o mecanismo da ponte (a ponte abre-se) e passamos por um sítio onde o chão é em vidro e vê-se o trânsito por baixo.

DSC01227.JPG


DSC01228.JPG


DSC01229.JPG


Westminster Abbey

Paga-se para visitar por dentro e está incluída no London Pass, eu fui mas não se pode tirar fotos. Aquilo lá dentro é uma confusão com túmulos em cima de túmulos e inscrições por todo o lado do chão às paredes :eek: O audioguia vai falando sobre as decorações da abadia e os túmulos e a vida das pessoas mas é impossível prestarmos a devida atenção a tudo. E fiquei desiludida por perceber que há pessoas que têm lá o nome mas não estão enterradas ali, p.ex no Poets Corner (um canto com homenagens a escritores e poetas estilo Oscar Wilde, irmãs Brontê, Jane Austen) não há quase ninguém que esteja lá enterrado.

2nd Day Westminster Abbey.JPG


St Paul's Cathedral

Outra das principais igrejas de Londres, a entrada também está incluída no London Pass e não se pode tirar fotos lá dentro, mas eu não achei nada de especial.

DSC00624.JPG


DSC00628.JPG



Parques
Hyde Park

Provavelmente o parque mais famoso de Londres, é gigantesco. Lá dentro tem um memorial à princesa Diana e um lago enorme chamado Serpentine.

Aqui Hyde Park Corner - a praça à entrada do parque.

1st Day Hyde Park Corner.JPG


1st Day Hyde Park 2.JPG


O Serpentine

DSC00286.JPG


DSC00294.JPG



St James Park

É o parque em frente ao Buckingham Palace, é mais pequeno mas achei os esquilos aqui menos tímidos, ao contrário do que acontecia no Hyde Park não corriam a afastar-se quando nos ouviam e havia até algumas pessoas a darem-lhes de comer.

4th Day St James Park.JPG


DSC00670.JPG


DSC00668.JPG



Mercados
Camden Market

Bastante conhecido mas eu não gostei, é demasiado alternativo para o meu gosto.

3rd Day Camden Market.JPG



 
Última edição:

Mel C

Moderador
Staff
DSC00538.JPG



Portobello Road Market

Mais um que não gostei. É um mercado de antiguidades e como adoro antiguidade tenho uma amiga minha que só me dizia "vai, vais adorar" só que achei fraquinho, gosto mais das feiras velharias ao pé de mim.

DSC01866.JPG


DSC01867.JPG



Ver as vistas
Sky Garden

Um arranha-céus na zona da City, é gratuito mas precisam de reservar bilhete online com antecedência. Para além das vistas lá dentro há um bar e uma espécie de jardim muito giro.

DSC01286.JPG


DSC01291.JPG


DSC01285.JPG



One New Change Rooftop

É um rooftop gratuito no 6º andar do centro comercial One New Change, não é muito alto mas as vistas são bonitas e fica mesmo ao lado de St Paul's Cathedral. Para acederem ao rooftop basta entrar no centro comercial e apanhar o elevador. Infelizmente no dia em que lá fui estava nublado e por isso as vistas não estavam grande coisa.

IMG_0379.jpeg


DSC01880.JPG



Lojas
Londres é um mundo de lojas para todos os gostos e feitios. Algumas são interessantes pela especificidade do que vendem, outras por estarem em edifícios bonitos. Apesar de toda a parte cultural que ocupa grande parte do meu tempo em Londres eu pelo menos não resisto a visitar sempre algumas das minhas lojas favoritas e descobrir lojas novas :D

Fortnum & Mason

É uma loja de luxury food & beverage e daquelas que vale visitar por todo o ambiente da loja - carpete num tecido que quase parece veludo, expositores enormes em madeira bonitinha, funcionários de fraque. Para além disto a Fortnum é fornecedor oficial de chá para a casa real e por isso vendem uma enorme variedade de chá e biscoitos, sendo alguns dos chás comemorativos para datas especiais da família real (casamentos, baptizados). O mais famoso é o Royal Blend o chá original da Fortnum feito para o rei Eduardo VII. Nas montras costuma haver obras de arte em exposição e a fachada tem um relógio de cuco com uns bonecos que quanto dá a hora certa saem e fazem uma dançazinha.

DSC00403.JPG


2nd Day Fortnum & Mason.JPG



Outras lojas de chá

A tradição do chá está bem presente em Londres e há várias lojas onde podem comprar chás de óptima qualidade. Algumas, como a The East India Company, a Whittard of Chelsea, a Twinnings e a Fortnum são bastante caras (7£-15£). Há lojas mais baratas de óptima qualidade (até 3£): Postcard Teas, Drury Coffee & Tea and The Tea House. Se gostarem de chá preto bem forte aconselho comprarem uma lata de Scottish Breakfast da Twinnings aquilo é pólvora!


Forbidden Planet

A loja dos "geeks" :D No primeiro piso há merchandising de séries e livros conhecidos como Adventure Time, Dr Who, Harry Potter, Naruto...no piso de baixo há uma secção com livros de terror, policiais, ficção científica e muita fan fiction (demasiada fan fiction se me perguntarem), jogos de tabuleiro, e outra parte cheia de manga e comics.

DSC01902.JPG


IMG_0401.jpeg



Fopp

Uma loja de discos, vinis, DVDs e livros. O que eu gosto nesta loja é que há sempre promoções de 2 livros = 5£ e a variedade de livros é boa, clássicos, romances actuais, ciência popular, ficção científica, a escolha é tanta que não consigo sair de lá sem levar uns 4 livros :oops:

IMG_0362.jpeg



Orcs Nest

Especializada em jogos de tabuleiro.

IMG_0403.jpeg


Hamleys

A loja de brinquedos mais antiga no mundo, esta loja é um escândalo!! São uns 5 pisos com brinquedos e mais brinquedos por todo o lado, funcionários a fazerem palhaçadas, é tudo espectacular (e acredito que as crianças também gostem :D

IMG_0370.jpeg



M&Ms World

Esta acho que dispensa apresentações:)

DSC00413.JPG


Lego World

DSC00547.JPG



Kingdom of Sweets

Loja com doces de todo o mundo dos EUA ao Japão. Infelizmente é tudo muito caro mas gosto sempre de entrar e ver o que há.

DSC00411.JPG



Hotel Chocolat

Uma loja de chocolate gourmet não muito cara. O melhor é que há várias lojas destas pela cidade e em todas elas as funcionárias estão a oferecer chocolates, não precisam de comprar nada podem sempre provar apenas :D

DSC01853.JPG



Stanford

Uma loja que só vende mapas:D

DSC00559.JPG




 

Mel C

Moderador
Staff
Cecil Court

Uma rua com vários antiquários, para quem gosta de apreciar peças antigas:)

DSC01857.JPG



Regent Street

A rua das lojas "chiques" :rolleyes: Para quem gosta/pode comprar Chanel, Louis Vuitton, etc.

IMG_0373.jpeg



Teatro
Para mim o teatro é outro dos atractivos de Londres, há literalmente dezenas de peças em cena desde clássicos do Shakespeare a peças mais recentes. Algumas das peças têm de ser reservadas com antecedência (o Hamilton esgota 1 ano antes!!!:eek:), para outras é possível arranjar bilhetes de última hora baratos no próprio teatro ou na barraquinha do TKTS em Leicester Square. Vou falar das duas peças que já vi e que aconselho.

The Mousetrap

A Agatha Christie é a minha escritora preferida e claro que não podia deixar de ver esta peça dela :) É um mistério muito à la Agatha Christie no final dei por mim a pensar que é o tipo de história que só podia mesmo ter saído da cabeça dela. Esta peça está em cena há mais tempo que qualquer outra peça de teatro do West End: 66 anos!!! Na altura em que a Agatha era viva uma pessoa comprou-lhe os direitos de autor da peça para fazer um filme, mas como a Agatha não gostava de cinema vendeu-lhe os direitos com uma cláusula que dizia que o filme só podia ser feito 6 meses depois da peça sair de cena. Como podem imaginar a pessoa que comprou os direitos de autor já morreu e estes passaram para um herdeiro que ainda está à espera que a peça termine:D

DSC00556.JPG



The Play That Goes Wrong

Uma peça dentro duma peça :D É um teatro cómico sobre uma companhia que está a fazer uma peça sobre um homicídio (a história do homicídio parece a "The Mousetrap") só que aquilo corre tudo mal. É de chorar a rir do início ao fim, eu ri tanto e chorei tanto que saí de lá com dores de garganta. No final a galhofa é tanta que nem eu nem o meu amigo percebemos quem matou uma das personagens:D

IMG_0413.jpeg



Outros sítios de interesse
Big Ben

Diz que nenhum report de Londres está completo sem o Big Ben:rolleyes: Infelizmente de todas as vezes que o visitei tem estado assim, coberto de andaimes. Big Ben não é o nome do relógio (esse chama-se simplesmente "The Tower Clock") mas sim do sino lá dentro, que ganhou o nome de um pugilista famoso na época. O relógio é um relógio de pêndulo que é acertado com moedinhas de 1 penny.

DSC00484.JPG



Houses of Parliament

Também por conhecido por Palácio de Westminster é onde está o Parlamento Britânico, podem assistir gratuitamente aos debates (nunca fiz) e visitar as salas do parlamento que não estão a ser usadas (é pago, nunca fiz mas está na lista para uma próxima visita).

DSC00492.JPG



London Eye

Possivelmente a roda gigante mais famosa do mundo.

DSC00500.JPG



The Globe

O The Globe que hoje temos foi construído nos anos 90, é óbvio que Shakespeare nunca lá pôs os pés. O The Globe original (do qual Shakespeare era sócio) foi primeiro destruído num incêndio; depois de reconstruído foi mais tarde encerrado durante o reinado de Charles I em que houve uma purga aos teatros, que eram considerados um atentado à moral. O local do The Globe original foi descoberto e há no chão uma marca a delimitar o sítio, umas ruas mais ao lado, em Park Street.

DSC00608.JPG



Buckingham Palace

Residência oficial da Rainha de Inglaterra.

DSC00657.JPG


Change of Guard no Palácio. Vi e não gostei, eles andam ali dum lado para o outro e não se percebe nada do que fazem e no final começam a tocar umas musiquinhas modernas (que claramente não fazem parte do ritual original) lá nos intrumentos deles, imaginem o "Come on Eileen" só com trombetas e tambores, enfim. A foto foi tirada através dos portões do Palácio.

DSC00255.JPG



Picadilly Circus

DSC00380.JPG



Trafalgar Square

O senhor da estátua é Lord Nelson. Os leões foram aqui postos décadas depois da estátua já lá estar. O escultor não tinha lá grande jeito para a coisa e insistiu que queria um leão real para modelo, então teve de se esperar que morresse um leão do zoo de Londres. Depois disso ele foi tão lento a esculpir que às tantas o leão já estava a decompôr-se e teve de ser retirado, portanto as patas foram modeladas a partir de um gato.

DSC01908.JPG


DSC00443.JPG


Nesta zona, à semelhança de Covent Garden, há sempre alguns artistas de rua.

DSC01906.JPG


DSC01907.JPG



Covent Garden

Umas arcadas bonitas onde há várias lojas.
DSC00561.JPG



Placas

Há várias placas pela cidade e marcam ou locais históricos, sítios onde já estiveram edifícios importantes, ou edifícios associados a pessoas/feitos de renome.

IMG_0371.jpeg


IMG_0393.jpeg

IMG_0395.jpeg



Várias fotos soltas

Fortnum & Mason decorado para o Natal

IMG_0375.jpeg
 

Mel C

Moderador
Staff
Decorações de Natal na zona de Picadilly

DSC01862.JPG



Ringue de skate na Sommerset House

DSC01915.JPG


Arcadas ao pé de Regent Street

DSC01920.JPG



Kings Cross

IMG_0346.jpeg


Arco do Almirantado

DSC00451.JPG


E pronto...espero que tenham gostado tanto como eu gosto de Londres :D É uma cidade que sem dúvida nenhuma vale a pena visitar. Eu tenho a certeza que voltarei lá, talvez já no ano que vem, nem que seja para riscar mais umas peças do West End da minha lista :p Espero que gostem e qualquer dúvida digam!!!
 

ploferreira

Moderador Sénior
Staff
É sempre bom rever Londres!

Não achei o metro de Londres assim tão caótico, é certo que ha sempre imensa gente mas passa com tanta frequência que às vezes bastava esperar pelo proximo, muitas vezes nem um minuto demora, mas achei eficiente e cobre praticamente toda a cidade.

Está aqui um bom guia para a cidade ;)
 

Ricardo_7

Membro Conhecido
Olá Mel,

Muito obrigado pela tua fantástica partilha :D
É muito bom sentir o teu entusiasmo ao ler o report, algo que espero sentir quando visitar este destino à muito aguardado :) Irei tirar umas dicas :p

Boas viagens ;)
 

Mel C

Moderador
Staff
Olá @ploferreira eu às 8h da manhã cheguei a estar numa estação de metro que infelizmente não me lembro qual é, onde deixei passar uns 5 metros porque apesar de virem uns a seguir aos outros estavam todos cheios!:eek: Às tantas lá me resignei e com muito empurrão e encontrão entrei no metro :(

@Ricardo_7 tenho a certeza que vais adorar a cidade, e com alguma ginástica e imaginação consegue-se fazer uma viagem mais barata. Folgo em ter ajudado, qualquer coisa é só dizer :)
 

Antonia.M.S.

Membro Conhecido
Olá @Mel C !
Obrigada pelo passeio por Londres, onde também já estive várias vezes e de que nunca me canso.
Quem não conhece, e planeia uma visita, tem aqui muita informação!
Partilho da visão de que vamos sempre descobrindo coisas novas, interessantes e bonitas, é uma cidade sem fim. Mas também me desiludiram alguns monumentos e museus como o Madame Tussaud não me dizem nada. Já o de História é fabuloso.

Provavelmente já conhece, mas ficam duas sugestões, dois lugares de que gostei, caso não conheça, para uma próxima visita: Litle Venice, junto a Camden, e junto a Regent Park, o Park Primrose Hill de onde obtemos uma bela vista sobre a cidade.
Obrigada pela partilha e parabéns pelo report, está excelente!
 

Mel C

Moderador
Staff
Olá @Antonia.M.S. muito obrigada pelas suas palavras e pelas sugestões que são sempre bem vindas, até porque Little Venice e Primrose Hill já ouvi falar mas ainda não visitei, fca aqui matéria para as próximas visitas!
 

rmonteiro

Membro Conhecido
O report é um autentico guia para quem quer visitar Londres. ;)
Confesso que nunca fui e que já estive mais inclinado a ir, mas quem sabe.
Obrigado pela partilha das tuas experiências.:)
 

PauloNev

Moderador Sénior
Staff
Muito obrigado pela partilha.
Londres é uma das cidades que desejo muito conhecer, mas que por vários motivos vai ficando sempre para a próxima.
Boas viagens ;)
 
Top