Novidades

[Report] Kuredu - Junho 2022

Rodrigo Ferreira

Membro Conhecido
Fomos desafiados em Novembro passado por um grupo de amigos para irmos passar umas férias às Maldivas, mais concretamente para o hotel Kuredu.
A decisão foi rápida, para lá do preço fantástico, ir com um grupo de amigos facilitou ainda mais a decisão. A viagem foi comprada na agência Cidadetur.

Os voos foram feitos com a Turkish Airlines, com saída de Lisboa, escala em Istambul e chegada a Malé. Não há muito a dizer sobre a Turkish, cumpriram com os horários estipulados e ainda bem porque as escalas eram curtas (o que foi óptimo). Monitores individuais em todos os trajectos com bastante entretenimento, já a comida conseguiu ser a pior de sempre.

Como já disse, o hotel escolhido acabou por ser o Kuredu, que tem transfers em hidroavião que também ajudou na decisão sobre o a sua escolha. Desde que aterrámos em Malé até que apanhamos o hidroavião terá sido cerca de 1h - a viagem de Malé até ao hotel demora cerca de 45min.

Tínhamos contratado uma Beach Villa, e outras pessoas do grupo Beach Bungallow e Garden Bungallow.

Ao chegar ao hotel tivemos a agradável surpresa de termos um upgrade para uma Jacuzzi Beach Villa, e abençoado upgrade.
O mapa do hotel pode ser consultado aqui: https://www.kuredu.com/download/Kuredu-Map.pdf


O hotel está dividido em quatro partes, onde cada parte tem um restaurante dedicado.
A vermelho a parte do Sangu (Sangu Beach Villas, Private Pool Villas e Water Villas), a verde a parte dos Beach e Garden Bungallows, a azul as Beach Villas e as Jacuzzi Beach Villas e a laranja as villas do O-Resort.

Como tinhamos pessoas em Garden Bungallow o hotel teve a fantástica amabilidade de nos juntar todos no mesmo restaurante (Koamas Buffet Restaurant). Desde o primeiro até ao ultimos dia tivemos uma mesa com 15 lugares sempre disponivel para as 3 refeições (fomos todos em regime de PC).

Voltando à questão do quarto. Como disse acima ainda bem que tivemos o upgrade para Jaccuzzi Beach Villas (125), uma vez que a zona sul da ilha é MUITO mais bonita que a zona norte.
A zona desde as Water Villas, passando pelo Beach/Garden Bungallows até ao O-Resort (incluindo), não se consegue fazer praia, uma vez que tem imensas pedras na água. Ou seja por nós, o conselho é mesmo evitar ao máximo Garden Bungallows, Beach Bungallows, Beach Villas e as O-Beach Villas. Mesmo a zona das O-Jacuzzi Beach villas não é a melhor!

Se puderem façam sempre upgrade para as Jacuzzi Beach Villas ou para as Sangu Beach Villas ou obviamente para as Water Villas (se bem que nem todas são de excelência - as melhores são as mais perto da lingua de areia - quem ficar nas water villas do lado oposto quando há maré baixa há um certo cheiro não muito agradável).

Restauração
Como disse acima, todas a refeições são feitas no mesmo restaurante que no nosso caso foi o Koamas.
O pequeno almoço é bastante rico, havendo muito por onde escolher: várias qualidades de pão, uma boa mesa de doçaria e fruta, crepes e waffles feitos na hora, bem como as omolotes do costume; depois para lá disto existe uma outra mesa com "especialidades" daquela região do mundo e ainda outra dedicada aos "ingleses" com o habitual feijão, bacon, salsichas etc...

Já em relação ao almoço e jantar, sempre feito em buffet, tal como o pequeno-almoço é bastante rico e muito variado de dia para dia. Há sempre uma mesa com entradas, carne e peixe grelhados, bem como massas feitas na hora. E depois um buffet variado com muita comida (algumas delas algo condimentadas com pimentas e picante - quem tiver um estomago frágil é melhor evitar esta parte). Para crianças existe comida dedicada para elas.
Sobremesas sempre com fruta, doces e gelados.

Foi comum ao grupo dizer que este foi dos melhores hoteis em relação à apresentação da comida. Sempre tudo muito organizado e muito bonito.

Quarto
Tal como já foi dito ficamos numa Jacuzzi Beach Villa. Primeira linha de praia - a porta do quarto e o mar separam-se por 10 metros. Cada villa tem ao dispor de duas espriguiçadeiras.
O quarto tem uma primeira área onde tem a cama, duas mesas, um sofá em frente à cama, um mini-bar, e um guarda-fatos. o WC é ar livre, e é onde encontramos mais uma cama ao lado do Jacuzzi. Perfeito!
A limpeza do quarto é inacreditável - é feita 3 vezes ao dia! Para entrar no quarto tem um recipiente e uma colher para passarmos os pés por água para evitar levar areia para dentro.
Dica: não levem muito calçado porque na na maior parte das vezes vão andar descalços - eu fiz um mini corte na planta do pé e só depois disso é que precisei de usar chinelos quando ia para o restaurante. Antes disso foi sempre descalço.

Animação
Não sei como é em outros resorts das Maldivas, porque esta foi a primeira experiência, no entanto para nós o ponto mais fraco do hotel.
Durante o dia simplesmente não existe, a não ser que queiram alugar kayaks ou motas de água (150$ por 30 minutos).
Já ao final do jantar, nem todos os dias há animação/musicas e mesmo quando há o DJ "prego" é fraquito. Houve um dia que teve uma atividade na piscina, em que a ideia era dar umas tacadas de golfe para meter a bola dentro de uma área que foi colocada dentro da piscina. Cada bola 5$.

Snorkeling
A melhor zona para fazer snorkling é em frente à piscina do Koamas e do Ginásio.
Aqui é muito fácil encontrar tartarugas e raias, e também tem uns corais jeitosos para apanhar muita diversidade de peixes. É também possível nadar até ao recife de coral (onde tem o barco encalhadado), no entanto nesta zona a profundidade já é alguma e só com fato de mergulho se conseguem tirar fotos decentes!

Língua de Areia
Provavelmente o exilibris do hotel, e correspondeu às expetactivas. A melhor altura para visitar a lingua é de manhã com a maré mais baixa, uma vez que lingua "estica-se" por bastantes metros. Quem tiver um drone pode fazer aqui videos e fotos brutais. A água aqui tem aquele azul de sonho - uma verdadeira piscina de água quente.

Malé
No ultimo dia tivemos 8hrs de espera em Malé, porque o voo era às 22h30.
A pessoa que estava à nossa espera no aeroporto, convidou-nos a ir visitar Malé durante a tarde (20€ por adulto). As malas ficaram guardadas no aeroporto por alguém conhecido dele, e apanhámos o Ferry até Malé.
Deu para dar uma volta pelas ruas, visitar os pontos mais interessantes, e evitar a seca da espera pelo check-in (não existe AC no aeroporto até que se faz o check-in).

Resumo
Primeira vez nas Maldivas que valeu todos os €s que foram pagos.
Um destino que andava a ser adiado de ano para ano, e no ano menos provável foi quando aconteceu, e ainda bem!

Não quero deixar de referir a extrema simpatia de todo o staff do hotel, desde as pessoas que nos recebem, às pessoas que limpam os quartos e todos sem exepção no restaurante Koami!

Impossível também não fazer aqui uma referência à Cidadetur. Foi uma experiência "estranha", "atribulada", em que tudo acabou por correr bem. Não posso dizer que tenha sido amor à primeira vista, mas também não foi um encontro para nunca mais repetir.

Agora venham as fotos!
 
Última edição:

ploferreira

Administrador
Staff
Olá,

Que maravilha, é sempre bom rever imagens deste paraíso 😍

Podes dar mais detalhes sobre essa voltinha por Male? vale a pena? deduzo que sim quanto mais não seja para não ficar 8 horas na seca no aeroporto que de facto não é dos mais acolhedores....

Continuação de boas viagens ;)
 

Rodrigo Ferreira

Membro Conhecido
Obrigado ambos!

Em relação a Malé, o guia levou-nos de Ferry até Malé.
Depois demos uma volta a pé por essa zona.

Visitamos uma mercado e zona dos pescadores, depois passamos pela casa do Presidente, Parlamento, por algumas mesquitas (apenas do lado de fora), pelo Victory Monument, pelo Sultan Park e pela Praça da Republica.
Depois estivemos a comer num restaurante indicado pelo guia (Gourmet), e após isso fomos a uma casa que vendia recordações.
No final voltamos ao aeroporto de Ferry e o guia ainda nos passou à frente na fila para o check-in :D

@ploferreira sim vale a pena ir por lá 3 horas e dar uma volta pelas ruas.. Ver o caos das motas de um lado para o outro, e pelo menos conhecer o outro lado das Maldivas.


Algumas fotos.














 

PauloNev

Moderador Honorário
Staff
Muito obrigado pela partilha.
Estas fotos dão para matar saudades desse mar, e aumentam a vontade de voltar.
Era já hoje... 😂
Boas viagens 😉
 

Rosario

Membro Conhecido
Muito obrigada pela partilha, para nós é importante todas as dicas, pois em setembro esperamos passar uma semana no Kuredu.

@Rodrigo Ferreira tem o contato do guia que nos possa dar? É que o nosso voo é tardio, e já estava nos planos passar a tarde e jantar em Malé, seria excelente ter um contato lá.
 

Rodrigo Ferreira

Membro Conhecido
@Rosario o "guia" foi a pessoa que vai estar à vossa espera no aeroporto.
Quando aterrarem vai estar um pessoa do hotel à vossa espera, que vos vai encaminhar para os transfers.
Acredito que seja a mesma pessoa, e pelo que me apercebo ele já deve fazer isso com frequência, por isso vai-vos perguntar a mesma coisa :D

Mas falem logo com ele na chegada. Assim fica já a contar!
 
Top