[Report] Egipto FEV18

Tópico em 'Reports de Egipto' iniciado por rmonteiro a 9 Jun 2018.

  1. rmonteiro

    rmonteiro Membro Conhecido

    2.103
    1.232
    223
    Boas tardes. Com algum atraso, venho partilhar a minha experiência pelo Egipto! Outro sonho antigo tornado agora realidade !:D

    A Viagem realizou-se entre 13 Fevereiro e 26 Fevereiro.

    1.

    A preparação foi muito pouca. Três semanas antes da partida marquei o voo. Marquei 2 noites num hostel no Cairo e nada mais. Através de alguns reports já tinha recolhido algumas informações, portanto tinha uma ideia do que pretendia fazer.
    Optei mais uma vez pelo seguro da Intermundial, felizmente não foi preciso.

    A moeda é a Libra Egípcia. 1€ ronda as 22L. O inverno pouco ou nada rigoroso, andei sempre de calção e t-shirt. Não comprei cartão SIM, mas julgo que não chegava às 200L com 8GB de dados. Preferi andar offline maior parte do tempo. Tinha feito download das áreas offline do Google Maps das cidades onde pretendia ir. Os estudantes com cartão internacional pagam metade do valor nas entradas dos museus e afins. (não era o meu caso):eek:
    Existe polícia e check-points em vários locais. Os bancos e as estações de metro/comboio tem polícia 24h. No meu segundo dia por lá, o Exército egípcio tinha morto 17 terroristas na zona de Sinai (o acesso a esta zona estava interdito a todos).

    O voo direto pela TAP rondava os 600€, no site da Lufthansa consegui por 350€. Voo Lisboa-Munique foi operado pela TAP e Munique-Cairo pela Egiptair. No regresso seria operado pela Swiss com escala em Zurique. A diferença de valores sem dúvida que falou mais alto. Relativamente ao visto fiz o e-visa, modalidade que começou desde Janeiro. Mas ainda era possível obter visto à entrada.
    O voo TAP entre Lisboa e Munique teve um atraso de 1h30:mad: a escala seria de 2h15, mas correu tudo bem. As minhas experiências com a TAP continuam a não ser as melhores (não tendo nada a apontar aos excelentes profissionais de cabine). De seguida o Boeing 777 da Egiptair, com sistema individual de entretenimento, gostei bastante do serviço prestado.

    Chegada ao Cairo, controlo passaporte, recolher a mochila e ser bombardeado por taxistas. Meu limite era 10 usd e nada mais e assim foi. Trânsito no Cairo é algo inesquecível e a maneira deles conduzirem :eek::cool: Tinha reserva no My Hotel Hostel , fica mesmo em frente ao Museu do Egipto, na downtown. Recomendo a 200%, tem quartos partilhados e privados. Curiosamente partilhei o quarto com um Português que até mora perto de mim. No Cairo são loucos pelo treinador Manuel José, devido ao sucesso que teve ao treinar o Al-Ahly.

    Manhã seguinte depois do pequeno almoço fui à estação de autocarros para apanhar um até Giza. Assim foi, era o único turista o preço foi 1,5L e aquilo era uma loucura, sempre a andar, apenas abrandava para os passageiros entrarem e saírem. Chegando a Giza apanhei uma das dezenas de mini-vans que percorrem as grandes avenidas, por 2L. Uma caminhada até à entrada do recinto, onde troquei dinheiro no Marriot mesmo junto à entrada e ao novo Museu do Egipto que está em construção. Já levava alguns snacks e água na mochila.
    4.JPG
    O bilhete para o exterior é 120L e para entrada na grande Pirâmide 300L. Podem comprar um por 400L que permite ver tudo e fica mais em conta.

    Eu estava completamente doido por estar finalmente ali. UAU !!:eek:

    Depois começam alguns a querer que compre isto ou aquilo ou com aqueles esquemas que trabalham ali não me querem enganar etc etc sempre a mesma lengalenga.. e eu apenas queria ficar sossegado uns minutos a apreciar o que tinha diante de mim:rolleyes:
    Com os camelos é a mesma coisa, sempre a perguntar e isto e aquilo. Tinha intenção de andar, mas teria de ser por um preço que me agradasse. A grande pirâmide fecha das 12 às 13h e fiquei com intenção de entrar depois das 13h. Portanto estive cerca de 3 horas a passear à volta das pirâmides.
    6.
    Aproveitei para andar de camelo, o valor pelo qual aceitei foi 75L. Nesta volta eles levam-nos até um local com uma excelente vista para as Pirâmides, que eles chamam panorama.
    5.

    Não se pode levar máquinas para dentro da pirâmide, a polícia fica com elas na entrada. O telemóvel é permitido entrar, mas é proibido fotografar.
    O caminho não é nada fácil para chegar à sala dentro da pirâmide. Demasiado a pique e apertado, e o de regresso é o mesmo caminho, ou seja se já é difícil ir, com outras pessoas a voltar ainda mais complicado fica. Chegando à sala apenas está vazia, o que desilude muitas pessoas. Eu estava irradiante de estar lá dentro:p.
    Claro que tirei fotos com o telemóvel pelo caminho.
    7.
    Continuei mais um par de horas por ali e decidi regressar para almoçar pois já eram 15h e na grande avenida onde circulam as Vans, existe um McDonalds, onde os preços são bastante agradáveis e de seguida experimentar o metro até downtown. O metro tem o custo de 2L, completamente a abarrotar ! :confused:
    Andei pelas redondezas, na Qasr al Nil-Bridge, onde se encontram vários locais e turistas a tirar fotos, também em frente ao Museu do Egipto e claro a Tahrir Square. Depois foi altura de me juntar a uma malta no Hostel e ainda acabamos por ir à Cairo Tower. Tinha intenção de subir ao final da tarde e ver assim de dia e noite, mas acabei por ir com eles à noite, o preço é 180L.
    11.

    Regra geral no Cairo ninguém me passava cartão na rua, os poucos que nos querem abordar para tentar vender serviço de táxi ou ir a uma loja, usam a táctica de se aproximar de nós ao atravessar e dizem para ter cuidado e tal. Pelo menos uns 4 usaram esta táctica comigo.

    Na manhã seguinte, atravessei a rua (saudades de atravessar aquelas ruas:p) e estava no museu do Egipto. Existem por lá guias que oferecem os seus serviços para vos acompanhar na visita. Preço dos bilhetes: Museu 150L, sala das Múmias 100L e para tirar fotos: 50L. Na sala das múmias não é permitido tirar fotografias, assim como na sala do Tutankhamon.

    8.

    Sou um bocado esquisito no que toca a Museus, mas neste fiquei 3 horas lá dentro e gostei imenso. Não preciso de muitas palavras, toda a história da civilização fala por si, portanto este Museu é ponto obrigatório ! ;)

    9.JPG

    10.

    Após almoçar pela zona decidi ir até à Opera House onde ainda lanchei numa esplanada que era evidente não ser para todos os Egípcios, mas os preços eram bastante atractivos e o serviço também. Não pretendia fazer muito mais, pois à noite iria apanhar o comboio para Luxor, deixando o resto do Cairo para outra semana.
    Claro que muitas refeições foram à base de Falafel e shawarma. Era impossível resistir, então aquelas feitas nos restaurantes menos turísticos e com menos condições de higiene:eek: importante era não ver, pois os olhos também comem.:p
    543.JPG

    O governo quer que os turistas viajem para sul nos Sleeper Trains com valores a rondar os 75 usd. Se forem à estação comprar um bilhete o mais provável é que apenas vos seja vendido esse bilhete. Claro que existem formas de contornar a situação: Comprar online, ir para o comboio e esperar pelo revisor e pagar a ele o bilhete(é preciso ter atenção se for Sleeper Train o revisor obriga a ir para as camas e ter de pagar o respectivo bilhete) ou pedir a um Egípcio que o compre a vocês, mediante um valor extra, claro!
    Utilizei a opção de pedir a alguém para me arranjar um bilhete, tratei disso no hostel. Por menos de 15 usd fiz a festa. A estação do Cairo pode ser um pouco confusa.
    Às 22h chegava o comboio, fiquei com a sensação que a segunda classe é melhor que a primeira. Apesar de ir cheio, não vi muitos turistas, os revisores volta e meia aparecem assim como um senhor a vender comes e bebes.
    Os locais ficam sempre contentes e perguntavam para onde ia etc etc... achei um povo muito amigável.
    O comboio ia tão cheio que ia um rapaz deitado por cima, onde se colocam as malas :D. Era suposto chegar às 7h da manhã a Luxor, mas houve uns problemas com o motor e tivemos um atraso de 2h30m.
     
    Editado por um moderador: 9 Jun 2018
  2. rmonteiro

    rmonteiro Membro Conhecido

    2.103
    1.232
    223
    luxor (40).
    Chegada a Luxor e taxistas a bombardear. Optei por ir a pé, apesar da mochila fui andando até ao hotel. Existe uma enorme diferença entre o transito do Cairo para o de Luxor. Fiquei no Happy Land em quarto privado, este hotel pertence ao grupo do hostel do Cairo. Uma das ruas era um autentico mercado a céu aberto. Desde roupa a gadgets, carne, peixe, frutas, legumes e tantas outras coisas.o_O
    O quarto estava pronto, pensei em tomar um duche e dormir uma horita, para equilibrar o sono, pois tinha 3 dias por Luxor, logo não tinha necessidade de andar a correr. Mas era 6ª feira, o que significa dia sagrado para os Muçulmanos, logo o barulho na rua era imenso e as orações começaram e tinha uma Mesquita próximo do hotel, o que já não deu para descansar.:mad: Decidi fazer uma caminhada até à zona centro, passando pelo paredão junto ao Nilo chegando até ao Templo de Luxor.
    Neste paredão somos bombardeados com rapazes a querer vender uma volta de Faluca (barco à vela) ou para andarmos de charrete. Gostei imenso daquele paredão e nos 3 dia andei muito lá de trás para a frente, alguns chegavam a falar comigo 5 vezes no mesmo dia. Conseguem ser um bocado incómodos. Ah, outra coisa comum é perguntarem se queremos droga, isto aconteceu me apenas em Luxor e Aswan. É nesta zona que estão os famosos cruzeiros do Nilo, onde se encontra Policia todo o dia junto a cada entrada para o Navio.:cool:
    No largo junto ao templo de Luxor estavam imensos locais, sendo 6ª feira todos aproveitaram para vir brincar com os filhos e descontrair um bocado. Até gostei de ter estado por lá numa 6ª feira e poder ver assim este cenário diferente. Algumas crianças pediam para tirar fotos comigo, outros passavam-me a bola para jogar com eles.

    luxor (30).
    Algo que acontece são as raparigas olharem bastante para os turistas e conversarem entre elas, sejam a dizer bem ou mal, acontece e mais ainda no sul do que no Cairo.:eek: Existe um Souk ali perto e fui até lá. Já sabem negociar é regra da casa e até podem fazer como eu, coisas que já tinha comprado, dei em troca para baixar o preço de outras semelhantes.. negociar certo !?:p

    Segui para o Templo de Luxor, entrada 100L. Deixo aqui umas fotos do Templo durante a noite com a sua iluminação. luxor (5).JPG luxor (7).JPG luxor (8).JPG

    Interessante a visita e o obelisco em falta, está em Paris na Place de la Concorde.
    Junto ao Clube de Remo está um bar com uma esplanada que nos permite obter um óptimo por do sol !
    luxor (1).JPG
    Na manhã seguinte iria ao West Bank, a outra margem do Nilo em Luxor. Tinham me dado referências que a maneira mais económica seria através de um tour, falando no hostel pelo preço de 80L mais os bilhetes de entrada nas visitas. Se pagasse um táxi seria mais caro, assim englobava transporte e até teria uma guia. Lá fui, numa mini-van: tinha vários Egípcios no tour que estavam a visitar aquela cidade. Em conversa com alguns até fui o que paguei menos.

    O tour incluía visita a 3 locais: Medinet Habu(60L), Valley of Kings(160L) e Mortuary Temple of Hatshepsut(80L)
    luxor (11).JPG
    A vista no West Bank
    luxor (13).JPG
    Medinet Habu
    Foi dado tempo livre no final das explicações no Medinet Habu.:)
    De seguida o Valley of Kings, onde era proibido tirar fotos no interior das Tumbas. Para entrar em algumas Tumbas, como a de Tuntakamon, é necessário comprar um bilhete extra.
    À entrada deparo-me com uma situação engraçada: No Medinet Habu foi visível que eu era o único do grupo a utilizar uma câmara fotográfica, os restantes estavam com telemóvel ou tablet. No controlo de bilhetes do Valley of Kings, a guia disse que poderia deixar a câmara com os senhores e ficava guardada (claro que tinha um custo) como ainda a tinha dentro da mochila, referi que ficava com ela que não havia problema, enquanto via alguns turistas com as respectivas câmaras a fotografar:mad:. Os senhores disseram que era obrigado a deixar (isto em árabe, que a guia gentilmente traduzia) disse-lhes que não era obrigado. Numa ultima tentativa perguntaram se eu tinha bilhete para a câmara. Simplesmente disse à guia que ela não referiu nada de bilhetes, apenas que era proibido no interior das tumbas. Ela ficou desiludida e eles também.:D:cool:

    Um dos Egípcios do meu grupo disse de imediato “good job Rui!” Pois ela estava a tentar sacar umas notas, com essa atitude apenas perdeu a gratificação da minha parte. Para piorar não deu tempo livre. Visitamos 3 tumbas, ouvimos umas explicações dela e tiramos fotos no interior sempre as escondidas de uns “seguranças” que aceitavam dinheiro em troca de podermos tirar fotografias e o cumulo é que até eles tiravam fotos às pessoas que lhes davam uma nota.:confused::mad: IMG_20180217_115606. Interior de uma das Tumbas​
    IMG_20180217_120547.
    Valley of Kings
    Seguimos até Hatshepsut, que foi o ponto alto do tour. Muito bonito. Tivemos tempo livre. Gostei bastante desta parte.:p
    luxor (16).JPG


    luxor (15).JPG
    Fizemos uma paragem nos Collosos de Memnon.
    luxor (17).JPG


    No inicio a guia disse para não comprarmos nada aos locais, porque era tudo falso e no final iríamos a uma fabrica onde teríamos coisas para comprar com grande qualidade. Claro que ela iria receber comissão das nossas compras. A tal fabrica, dá um “show” no mínimo horrível a explicar como supostamente fazem os objectos que ali vendem. Estive 3 minutos por lá e voltei para a Van. Julgo que ninguém comprou nada. Depois perguntou se queríamos ir almoçar a um restaurante referiu o preço. Metade do grupo foi e a outra metade(onde eu estava incluído) regressou a Luxor com o motorista.
    Entretanto lembrei-me de ir ver os preços para o Balão de ar quente. Fui a umas agências de viagens, uns por 75usd outros por 60. O de 60 agradou mas depois já não tinha vaga. Não era algo que pretendia mesmo fazer portanto decidi não o fazer e guardar esse dinheiro para mais tarde.

    Ao final da tarde fui ao Museu da Mumificação (130L), não vale a visita. Já nem experimentei o Museu de Luxor. Depois mais umas belas voltas junto ao Nilo e dava assim por terminado este dia.
    Mais um dia a começar cedo com a visita ao Templo de Karnak. Das maiores referencias em Luxor e não desiludiu. Foi uma manhã muito bem passada.
    luxor (18).JPG luxor (20).JPG luxor (21).JPG luxor (24).JPG

    Da parte da tarde decidi andar de Faluca e ir até à Banana Island. Já tinha sido abordado dezenas de vezes e fui então negociar um preço. 70L e siga. Ah e teria que dar umas 20L na ilha.
    As bananas são muito boas, trazemos algumas, vemos crocodilos e macacos e nada mais. Dei 20L. As bananas eram realmente saborosas. Aproveitei para um por do sol enquanto navegava no regresso à doca.
    luxor (29).JPG
    Um cruzeiro do Nilo de partida de Luxor com destino a Aswan​

    Duas pizzas típicas que experimentei no restaurante Quick Pizza. luxor (34).
    luxor (37).

    Fui para o terraço do hotel conviver com outros viajantes, na sua maioria também sozinhos/as como eu. Jantamos por um snack-bar local, onde não podemos permitir que os nossos olhos também comam, caso contrario nunca teríamos comido ali.
    Na manha seguinte, após o pequeno almoço ia apanhar o comboio para Aswan. Um outro Backpacker também ia comigo e lá seguimos viagem.
     
    Última edição: 11 Jun 2018
    CRS, Ana Pedro_5745, broka e 13 outros gostam disto.
  3. rmonteiro

    rmonteiro Membro Conhecido

    2.103
    1.232
    223
    O bilhete entre Luxor-Aswan pode ser obtido por nós nas bilheteiras ou dentro do comboio. Aproveitei e no hostel pedi para me comprarem esse mesmo bilhete e o que iria utilizar entre Aswan e Cairo, onde já era "obrigado" a ir na classe turística. Assim fiquei logo despachado dos dois bilhetes.:p
    Entre Luxor e Aswan são aproximadamente 4 horas de viagem. Fui junto a uma família de Aswan que tinham passado 3 dias em Luxor. Mais uma vez conseguiram sem duvida transmitir uma imagem muito positiva da hospitalidade daquele povo. Super radiantes de me conhecerem, ofereceram imensas coisas, desde chocolates, água e bolo. Tudo o que os mais novos iam comendo, disponibilizavam também para mim.:) Chegou a um ponto que me senti mal de estar a recusar e lá tive que aceitar ! :rolleyes:
    Chegada a Aswan ! Na estação claro que foi ouvir a palavra “táxi” vezes sem conta. Tinha reservado ao pequeno almoço uma noite no Hotel Hapi.
    As estadias em Aswan são relativamente caras comparando com o Cairo e Luxor. Uma noite, 28USD. Tinha pago esse valor por 3 noites em Luxor, também em quarto individual. Aswan é muito procurado por ser uma maneira de conseguir visitar Abu Simbel, uma cidade mais pequena, logo menos confusa e também proporciona excelentes caminhadas junto ao Nilo.
    Fui dar as minhas voltas pela cidade espreitando aqui e ali. Aqui também existe alguma “pressão” para irmos de Faluca.
    Aswan (23).JPG Aswan (24).JPG Tribunal
    Aswan (26).JPG Catedral Saint Michael
    Aswan (28).JPG
    O objectivo era Abu Simbel claro. Marquei o Tour para Abu Simbel, 200L. Basicamente só incluía o transporte. Uma mini-van com dois motoristas, sem guia. Saída marcada para as 4 da manhã. Tinham o pequeno almoço numa caixa, na recepção. É uma viagem longa, 3h30 +/-. Chegando lá, temos hora e meia para visitar e voltar ao mesmo local onde nos deixam para regressar a Aswan.
    O bilhete para visitar custa 160L. Nesta fase também já começa a ser um pouco repetitivo o que vimos, mas sem duvida que iria terminar a Ancient Story do Egipto da melhor maneira a visitar este local.:D Ainda me passou pela cabeça ir primeiro a Aswan e depois subir para Luxor, mas sem duvida que esta foi a melhor opção.
    Aswan (30).JPG Aswan (31).JPG Aswan (32).JPG Aswan (33).JPG Aswan (34).JPG Aswan (35).JPG

    Proibido tirar fotos no interior dos templos, mas mais do mesmo. Vale mesmo a pena a viagem de madrugada para poder apreciar isto.;)
    Mas claro que tirei algumas :D:p
    Aswan (19). Aswan (20).

    À saída existem umas lojas para comprar souvenirs etc. Seguimos viagem e numa paragem rápida para café e WC, foi possível observar uma Miragem. O motorista perguntou se estávamos a ver a água ao fundo do deserto, pois bem era simplesmente uma miragem. Nas fotografias não consegui captar bem. Tenho um vídeo onde se nota bem esse “fenómeno”.:cool:
    Pedi se podia largar algures perto do Philae Temple para ir visitar. Ainda teria a tarde livre portanto queria aproveitar. O outro companheiro que já vinha comigo desde Luxor decidiu fazer o mesmo e ainda tivemos uma longa caminhada de onde nos deixaram até ao local onde apanhamos um barco para o templo.
    O valor do Barco julgo que era 120L está estipulado na bilheteira, mas claro que depois querem sempre mais. Não cedi eles diziam que era gorjeta e referi que não negociava isso, apenas daria no final se bem entendesse.
    Aswan (22).
    Bebi desta água do Nilo, os locais bebiam e decidi experimentar e era saborosa.:p Parece que a maioria da água engarrafada vem desta zona do Rio.
    Aswan (37).JPG
    Aswan (38).JPG
    Aswan (40).
    Vista do quarto​
    De seguida regressar ao hotel para ir buscar a mochila e apanhar o comboio de regresso ao Cairo. Seria a noite toda no comboio. Sensivelmente das 19 às 8 da manhã. Viagem correu sem problemas, mais uma vez gostei da experiência de vir misturado com os locais, a minha carruagem estava quase toda ocupada por professores e alunas que tinham ido visitar Aswan.:)

    De regresso ao agitado Cairo e primeiro contra tempo, com a mochila não queria caminhar uns 30 minutos portanto fui aos táxis que pediam desde 30L a 50L disse que pagava 10L pois já tinha pago 8L com o taxímetro. Tinha reservado outra vez o mesmo hostel, antes de partir para Sul.
    Quando cheguei ao destino o taxista não me dava o troco todo, queria que pagasse a viagem dele de regresso à estação e depois dizia que era gorjeta. Para variar não cedi a estas situações. Muitos que no final não me pediram nada de gratificação receberam, mas nestes modos nunca dei :mad::mad:. Enfim, paguei os 10L e ponto. É sempre bom ter notas mais baixas para estas situações.

    No hostel fui recebido muito bem por quem já me conhecia da semana anterior. Tomei um banho e pequeno almoço e decidi ir passear. Nesta altura já tinha dado por terminado o Antigo Egipto. Uma historia muito bonita com património absolutamente maravilhoso mas estava na hora de mudar o disco.:)
    Fiz uma longa caminhada até à Citadela de Saladino.
    t (2).JPG
    Nesta caminhada afastei-me completamente do Cairo turístico passando pela parte Islâmica do Cairo. Andei por ruas onde era o único turista, facilmente identificado de calções e t-shirt. Algumas ruas cheias de lixo, outras mais limpas, lá fui andando e parei numa padaria e comprei umas coisitas para comer, eles muito contentes de lá ir davam-me coisas a provar. Voltei lá no regresso e não me aceitaram o dinheiro pelo que comprei.:p:rolleyes:

    t (3).JPG t (4).JPG
    O bilhete para a Cidadela custa 100L. Dentro da Cidadela temos várias coisas para visitar, desde museus militares à Mesquita de Mohamed Ali.
    Para entrar na Mesquita temos de tirar os tennis. Ficam com 3 opções, levam na mão, guardam na mochila ou deixam na entrada e no final é pedido dinheiro por tomarem conta dos tennis.
    t (5).JPG
     
  4. rmonteiro

    rmonteiro Membro Conhecido

    2.103
    1.232
    223
    t (6).JPG t (7).JPG t (8).JPG t (9).JPG t (10).JPG

    Gostei da visita à Cidadela. Em frente temos a Mesquita do Sultão Hassan e de Al Rifa’i. Bilhete são 60L. Um bocado mais do mesmo, mas estando por ali aproveitei para visitar.
    Visto isto siga outra caminhada até Khan El Khalili. Um autêntico mercado para todos os gostos. Na ida fui pela parte do mercado mais para os locais, tanto que nem sequer me abordavam para comprar qualquer tipo de coisa, até me olhavam assim meio de lado, julgando que andava perdido.:p
    Fui à parte mais vocacionada para os turistas, fazendo umas compras e com a promessa de regressar para ver de noite. Aqui foi onde comprei imensas coisas a preços muito bons após negociação.:cool: Nesta altura o cansaço ia falando mais alto pois no comboio pouco dormi e já tinha andado kms e kms pelo Cairo.

    Dia seguinte após o pequeno almoço uma caminhada até à estação e comboio para Alexandria! Demora cerca de 2h30m. Fui e voltei no mesmo dia. Decidi aproveitar para ficar a conhecer um Egipto diferente. :) Realmente muito diferente este Egipto. Alexandria banhada pelo mar, uma cidade que considero mais Europeia. Alexandria (6).JPG Alexandria (10).JPG
    Um excelente paredão que percorri todo ! :cool:
    Muito perto da estação temos o Fórum Romano, 80L, superou as expectativas. Depois caminhei em direcção ao mar.


    Alexandria (2).JPG Alexandria (4).JPG

    Visitei a Cidadela, 40L. Interessante, foi construída com pedras do antigo Farol de Alexandria. Alexandria (8).JPG Alexandria (7).JPG
    Fiz a longa caminhada até à outra ponta do paredão para visitar a Biblioteca de Alexandria, em frente está a Universidade. O bilhete custou-me 70L e sinceramente acho que foi dos sítios que visitei que menos me agradou. Não estive muito tempo lá dentro.
    Alexandria (11).JPG Alexandria (12).JPG Alexandria (13).JPG Alexandria (1).JPG Alexandria (14).JPG

    Ao final da tarde fui comprar um bilhete de volta e regressei já de noite ao Cairo. Um dia interessante e bastante diferente. Se tivesse ficado uma noite em Alexandria teria visitado mais alguns locais e acredito que teria sido divertido. Os gelados por lá também eram apelativos e naquelas caminhadas lá teve que ser ! :p
    Deixo-vos mais fotos de Alexandria !
    Alexandria (5).JPG Alexandria 2 (1). Alexandria 2 (2). Alexandria.

    De volta ao Cairo, fui dar as habituais voltas pela ponte, onde estavam sempre imensas pessoas. Um misto de locais com turistas !
     
  5. rmonteiro

    rmonteiro Membro Conhecido

    2.103
    1.232
    223
    Na manhã seguinte, 6ª feira dia santo para os Muçulmanos, a praça Tahrir nem sequer parecia a mesma, poucos ou nenhuns carros. Uma realidade distorcida daquilo que tinha sido a minha experiência no Cairo até agora.o_O z (3).

    Fui caminhando até ao quarteirão Copta, onde visitei algumas Igrejas. A mais famosa é a Hanging Curch.
    z (2). q (1).JPG q (2).JPG q (3).JPG
    q (5).JPG q (7).JPG
    Sem duvida que o disco estava mudado e estava a visitar coisas totalmente diferentes da primeira semana.

    Fiz uma viagem até ao Al Azhar Park, passando ainda pela chamada Cidade dos Morto. Basicamente é uma aldeia dentro de um cemitério.
    No parque, paguei 20L por ser 6ª feira, aos dias úteis o preço é menor. Exactamente por ser 6ª feira estava cheio de famílias a fazer piqueniques ou simplesmente a passear e aproveitar aquele sol maravilhoso. Fui a um dos bares, os preços praticados nestes bares são para turistas ou para famílias com maior poder financeiro.
    X (1). X (2).

    Andei imenso pelo Parque e aconselho uma visita um espaço muito bonito que está construído num local onde existia uma lixeira. Um verdadeiro exemplo esta construção.
    p (1).JPG X (4).

    Dali foi mais uma longa caminhada até Khan El Kalihi para finalizar as minhas compras e apreciar o mercado de noite. Ainda fiz uma paragem obrigatória !
    z (1).

    O mercado à noite tem outra vida, valeu a pena a caminhada !!
    u (3). u (1).

    Tinha intenção de visitar o White and Black Desert mas existem restrições por causa do terrorismo. No dia anterior marquei numa agência perto do hostel a ida até ao Baharaya Oasis. Custou-me 50€. Incluía transporte ida e volta, refeições, dormida e passeio de jipe. Deixei a mochila grande no hostel.
    Às 6 da matina lá fui eu acompanhado por um individuo da agência até um local onde iria apanhar uma Van até Baharaya. Uma viagem de cerca de 4 horas numa van apenas com Egípcios. Uma Toyota que deveria ter 9 lugares mas tinha 16 e ia completamente cheia :eek: portanto estão a imaginar o conforto e claro que o ultimo a ser largado fui eu. Estava um trabalhador do Safari Park onde ia ficar essa noite à minha espera na vila que me levou e me serviu o almoço. O Park estava cheio de alunos de uma faculdade. Como não havia mais turistas não tive a oportunidade de dormir pelo Oásis
    s (2).

    De tarde fui passear pelo Oásis de jipe, fomos buscar um polícia equipado com uma P-90. Por questões de segurança aquele hotel leva sempre um polícia. Andavam mais 2 jipes, um com casal de Chineses e outro com uma Japonesa, ambos apenas traziam o motorista.
    Fomos fazendo varias paragens, numa delas tinha uns locais a fazer chá na fogueira. O verdadeiro chá é este. Lembrando-me de quando estive no deserto na Jordânia:rolleyes:
    Oasis (2).JPG Oasis (3).JPG Oasis (5).JPG Oasis (6).JPG
    Uma ultima paragem para subir umas montanhas e assistir ao por do sol.
    Enquanto o sol ia fugindo no horizonte fiz a minha reflexão desta viagem numa enorme mistura de alegria com tristeza. A alegria de ter realizado esta viagem que se aproximava a passos largos do fim, de toda as experiências e convivências que tive:) e uma enorme tristeza por ter que ir embora:(. Nunca estive tantos dias num País. Adorei tudo e todos. Sentia-me realmente triste. Não era aquele típico sentimento de as férias estarem a terminar. Era mais que isso. Só me restava regressar ao Park, jantar e descansar. Sabia que esta noite seria uma noite tranquila sem o típico barulho citadino.
    Oasis (8).JPG
     
  6. rmonteiro

    rmonteiro Membro Conhecido

    2.103
    1.232
    223
    Oasis (1).JPG s (1).

    De manhã deixaram-me no centro da vila, foram me comprar o bilhete, o regresso seria num autocarro, portanto seria mais confortável. Conheci um senhor Alemão que comprou por ali uma casa há 25 anos, na altura sem electricidade nem água. Agora passa cerca de 7 meses por ano lá com a sua mulher. Ele dizia que os ares do Oásis lhe faziam bem e na realidade quando me disse ter 82 anos fiquei surpreendido ! :eek::eek:

    Após umas 4 horas de viagem estava de regresso ao Cairo, mas ao mesmo tempo sabia que estava a +/- 12h de partir.:(

    Fui ao hostel onde tinha a mochila, estive por lá a ver o futebol com pessoal. Meu voo era as 3 da manhã portanto não compensava pagar por um quarto uma vez que teria que estar à meia noite no aeroporto. Um dos donos disse me que tinha um quarto livre se eu entretanto quisesse tomar banho trocar de roupa. Por estas e outras atitudes é que recomendo este local hotel/hostel. Ahmed, um dos donos, foi me mostrar os quartos novos que estão a remodelar e despediu-se de mim, e segui para o táxi. Esta grande aventura e lição de vida estava mesmo a chegar ao fim.:(
    No aeroporto, os típicos procedimentos de segurança são feitos antes e depois do check-in. Esperava-me um voo até Zurique, onde faria escala para regressar a Lisboa. Voos operados pela Swiss.
    Claro que sabia que estava de volta a Portugal quando esperei 50 minutos para receber a mochila:mad:. Fui recebido por uma dia bastante chuvoso, algo que já não estava habituado.:oops:
    O que ficou por fazer/visitar: Sinai, como disse estava fechado pelo Exercito. A zona das praias, que é para uma próxima viagem com uma paragem de 2/3 para matar saudades do Cairo. O cruzeiro no Nilo. Ainda pensei em fazer, entre Luxor e Aswan, mas não se enquadrava no tipo de viagem que estava a fazer. Claro que existe mais, mas fica sempre difícil visitar um país todo!:)

    O report já vai muito extenso. Peço desculpa pela qualidade das fotografias, mas pouco percebo da minha câmara ! :p Agradeço a quem teve a paciência de ler este longo report.
    Terei todo o gosto em ajudar quem tenha duvidas !;)

    IMG_20180214_130417.

    Obrigado !! :);)
     
  7. Bee

    Bee Moderador Membro do Staff

    2.726
    1.164
    223
    Eu cá não achei nada extenso.
    Gostei imenso de ler este relato.
    Sem dúvida uma viagem muito longe do tipo de férias que costumo ter. Admiro a coragem para enveredar por uma aventura destas sozinho.
    Pessoalmente tenho muita vontade de conhecer o Egito. A parte histórica fascina-me. Se por um lado amaria conhecer o Museu do Cairo, por outro dificilmente conseguiria entrar nas pirâmides e tumbas (claustrofobia é tramada :p)
    Muito, muito obrigada por este contributo para o Portal ;)
     
    rmonteiro gosta disto.
  8. Eloisa Loureiro

    Eloisa Loureiro Membro Conhecido

    578
    362
    103
    Um sonho que um dia espero que se torne realidade!
    Excelente report!
     
    rmonteiro gosta disto.
  9. Cristina Sousa

    Cristina Sousa Membro Conhecido

    5.329
    8.002
    323
    Ena! Que grande report!!!! :) :)
    Gostei imenso desta tua viagem, o Egipto é um país que está na minha lista faz tempo!
    Acho que só o receio pelo clima politico/social ainda não me fez lá ir.
    A pergunta obrigatória (desculpa), o que achaste em termos de segurança, sendo que é um conceito falível e imprevisível?
    Obrigada por esta pequena maravilha! É que gostei mesmo, mesmo! :) :)
     
    CristinaBF e rmonteiro gostam disto.
  10. Jorge Gonçalves

    Jorge Gonçalves Membro Conhecido

    963
    1.182
    173
    Excelente report Rui!!;)
    Fizeste-me andar 15 anos para trás e recordar muitos dos locais por onde também andei e ainda hoje me deixam fascinado quando me lembro das sensações que lá vivi. Gostei de muitos sítios, mas o que mais me fascinou talvez tenha sido o Vale dos Reis.
    Infelizmente não fui a Abu Simbel... tenho de voltar! :D
     
    rmonteiro gosta disto.
  11. Flecha

    Flecha Membro Conhecido

    1.816
    832
    153
    CORAJOSO.
     
    rmonteiro gosta disto.
  12. Cláudio Pereira

    Cláudio Pereira Membro Conhecido

    723
    431
    103
    Olá.
    Gostei deste relatório fora do traço turístico de resorts e locais mais visitados. São estes os meus favoritos.
    Nunca tive grande interesse em visitar o Egipto, verdade seja dita. As pirâmides, bilhete postal do país, devem encher o nosso campo de visão. A imaginação deve começar a popular toda aquela região com milhares de escravos(?) a arrastarem montanhas de pedras e empilha-las umas em cima das outras.
    Seria algo que gostaria de ver, pela sua grandiosidade, e porque não, pela homenagem a todos quantos ergueram aquelas construções ?
    Mais do que isso (que para alguns é mais do que muito), não tenho mais nada que me desperte a ir ao Egipto.

    Não digo que tenha mudado a minha ideia do Egipto ao ler o teu relatório, mas despertar alguma curiosidade, admito que sim.

    De alguma forma encontrei no teu relatório algo em comum do que já vi sobre o Irão e este último está no topo da minha lista de países que gostava de visitar.

    Parabéns pela viagem. Obrigado pelo relatório.
     
    Editado por um moderador: 11 Jun 2018
    rmonteiro gosta disto.
  13. AnitaF

    AnitaF Membro Ativo

    141
    107
    43
    Fantástico report! Muito enriquecedor e um excelente contributo aqui para o Portal.
    Louvável a coragem e a disposição de percorrer esta aventura sozinho, não é para qualquer um! ;)
    Muito Obrigado!
     
    rmonteiro gosta disto.
  14. Ricardo_7

    Ricardo_7 Membro Conhecido

    2.373
    1.937
    223
    Olá Rui,

    Obrigado por esta boa partilha :)

    Tenho bastante curiosidade em conhecer o Egito, mas acaba sempre por ficar para últimas das opções por diversos fatores. Sem dúvida que ir sozinho, é uma grande aventura, mas que a viveste ao máximo e sem receios, pelo teu relato :) Que continues a praticar aventuras destas, é um enriquecimento ainda maior :D

    Boas viagens ;)
     
    rmonteiro gosta disto.
  15. zb007

    zb007 Membro Conhecido

    683
    490
    103
    Parabéns, excelente report, serve de guia para quem quiser visitar sem dúvida uma grande ajuda.
     
    rmonteiro gosta disto.
  16. d3ci0

    d3ci0 Membro Conhecido

    461
    336
    103
    Muito obrigado pela partilha!!!;)
    Mais um excelente report, pormenorizado, com muita informação valiosa para a malta das viagens!
    Excelentes fotos!;)
     
    rmonteiro gosta disto.
  17. rmonteiro

    rmonteiro Membro Conhecido

    2.103
    1.232
    223
    Obrigado a todos pelos comentários ! ;)
    @Cristina Sousa em relação à segurança, nada a apontar. Criminalidade é baixa, o grande problema pode ser o terrorismo. O governo quer passar a mensagem de que é seguro, como tal existe policia em todos os sítios mais turísticos. Mas sabemos que quando é para acontecer, simplesmente acontece ! :(
    @Jorge Gonçalves sem duvida que tem de voltar, Abu Simbel é incrível !!
    @Cláudio Pereira o Egipto é mais que as Pirâmides, apesar de ser o principal cartão de visita ! Em relação ao Irão, tambem ando a pensar nisso ! ;)
    @Bee com claustrofobia a Pirâmide é para esquecer, nas tumbas ainda consegue !
     
  18. Antonia.M.S.

    Antonia.M.S. Membro Conhecido

    492
    1.167
    173
    @rmonteiro só podemos agradecer este fantástico report. Para além de nos trazer um país riquíssimo do ponto de vista histórico e cultural (percebem-se nas suas viagens o gosto por lugares históricos), traz-nos a sua visão dele, e consegue transmitir-nos o entusiasmo e a emoção com que viaja! Que bom é viajar com esse espírito!!
    Olhe adorei as fotos, os relatos dos lugares por onde passou, tudo! O Egipto também está nos meus planos, infelizmente o terrorismo tem afastado o turismo daqueles países com tanto para oferecer.
    Obrigada!
     
    rmonteiro e Tinker Bell gostam disto.
  19. Tinker Bell

    Tinker Bell Membro Conhecido

    1.842
    1.998
    193
    Extenso demais? Aborrecido de ler? O oposto disso! Aproveitei cada pausa no trabalho para ler este relato de viagem, com muito gosto. Um relato honesto e envolvente, soube mesmo bem lê-lo!
    (E começaste por dizer que não te dás bem com a TAP, somos dois, comigo nunca saem a horas... :eek::rolleyes:)
    Ora aqui está uma viagem de sonho, estava a ler isto e só me lembrava de “Uma Aventura no Egipto” (livro) e dos meus sonhos de miúda. Infelizmente hoje em dia, e sendo mulher, já hesito muito mais em meter-me neste tipo de países - especialmente sozinha.... acho que deve meter algum respeito, no mínimo. Mas sem dúvida fantástico, tanta história e misticismo!
    Adorei o teu ponto de vista e a tua experiência de viajante a contar-nos as várias peripécias. O facto de teres visitado vários lugares, vários “tipos de Egipto”. A tua opinião sobre o povo egípcio, referindo várias vezes a simpatia das pessoas, só dá mais vontade de lá ir. Mais uma viagem espectacular! Muito obrigada por esta partilha.
    Cumprimentos e continuação de boas viagens :)
     
    CristinaBF gosta disto.
  20. ploferreira

    ploferreira Moderador Sénior Membro do Staff

    3.772
    3.813
    273
    Grande Maluco! :)

    Isto sim é uma viagem! estive no Egipto há 8 anos, altura em que estava mais calmo, mas fiz a descida do Nilo de barco e as viagens Cairo-Luxor e Aswan-Cairo de avião, acho que a tua experiência deve ter dado um sabor bem diferente à viagem, adorava fazer um coisa destas.

    Tal como tu, também adorei Abu Simbel, é magnífico.

    Obrigado por enriqueceres o portal com este magnífico report e fico à espera das tuas proximas viagens ;)
     
    rmonteiro gosta disto.