[Report] Egipto 24/06 a 01/07 – Hurghada, Cairo, Luxor

Rui Bandeira

Membro Ativo
Após umas férias inesquecíveis e ricas de praia e cultura em Cuba em 2018, as expectativas para o novo descanso estavam em alta, e a procura e preparação das férias 2019 avizinhavam-se difíceis.
Numa primeira ideia a Jamaica afigurou-se como o próximo destino, mas após várias pesquisas e pedidos de orçamento chegou-se facilmente à conclusão que se trata de um destino altamente inflacionado, e que aliado aos preços altíssimos ainda teríamos de pagar uma taxa de saída de 90€, um exagero.
Gorado este primeiro destino, começou-se a pensar em outras paragens, mas a decisão estava muito difícil, pois queríamos aliar, como sempre, a praia à cultura. Numa das diversas incursões que fizemos junto do nosso agente de viagens ele atirou-nos o destino Hurghada no Egipto. Numa primeira fase, como quase todos faríamos, pensamos que é um país árabe, com terroristas, etc. No entanto a ideia de Hurghada foi amadurecendo e foi crescendo a vontade de visitar o Egipto.
Entretanto enchemos o peito de coragem e decidimos arriscar na ida para a terra dos faraós.
Passo seguinte, decidir qual o hotel que iríamos escolher e para isso nada melhor que pesquisarmos no Tripadvisor, e logo nos saltou à vista uma cadeia hoteleira, os Hotéis Pickalbatros, mais concretamente o White Beach Resort. O porquê dessa escolha? Primeira linha de praia, com escorregas para crianças, tudo incluído, e muitos comentários positivos de pessoas que por lá passaram.
Como os portugueses pouco arriscam as idas para Hurghada, charters do Porto não existem, pelo que tivemos de recorrer a voos com escala através da Turkish Airlines.
Para complementar a nossa estadia, também teríamos de conhecer a vasta e rica cultura egípcia, sendo que não nos poderíamos esquecer do Cairo e Luxor. Sabendo de antemão que os operadores existentes no hotel praticam preços exorbitantes para estas excursões, começamos a fazer pesquisas sobre empresas online que vendessem esses serviços e surgiu-nos uma, a Egyptra Travel. Através de e-mail entramos em contacto com o gestor da empresa, o Sebastiano Esteves, alemão, apesar de o nome ser português, e foram-nos apresentados os preços para as excursões Cairo de avião e Luxor. Como ainda estávamos em Abril, existia no site da empresa uma promoção sendo que fiz de imediato reserva para as duas excursões para 2 adultos e uma criança de 5 anos. Cairo de avião ficou por 410€ e Luxor 98€. As excursões incluíam todos os transportes, entradas em locais históricos e almoço (bebida à parte, mas preço ronda 1 a 2 euros). A forma de pagamento pode ser feita de duas formas, por transferência bancária ou no próprio dia da excursão em dinheiro. No decorrer do report darei mais pormenores de como decorreram as excursões.
Finalmente chegou o dia que tanto esperávamos e às 15:45 embarcávamos no voo da Turkish do Porto com destino a Istambul, cerca de 4:30 chegámos ao novo aeroporto da capital turca, uma infraestrutura gigantesca. Só para terem um ideia, desde a aterragem até chegarmos à manga de desembarque, percorremos a pista por cerca de 30 minutos. Passadas cerca de 2 horas e meia já estávamos no segundo avião com destino a Hurghada (mais 2 horas e 20 minutos de voo).
184004

Em termos dos serviços prestados pela Turkish Airlines fiquei com uma óptima impressão da companhia. São-nos oferecidos auscultadores em todos os voos, assim como refeições, sendo que na ida foi-nos servido á escolha um prato de massa ou almondegas com arroz, acompanhadas por salada, pão, manteiga, e sobremesa. De Istambul para Hurghada servem um pequeno almoço composto por ovos mexidos, e os restantes acompanhamentos referidos anteriormente. Em termos de bebidas, para além dos habituais sumos e refrigerantes, servem também vinho em garrafa, e durante o voo oferecem bebidas brancas, como whisky, gin, etc.

184005


184006


Durante o voo é-nos fornecido o já habitual formulário de entrada no Egipto.


184007

E finalmente chegamos ao nosso destino, extremamente cansados, mas ansiosos pelo início da nossa aventura.
Alerto que para entrarmos no Egipto necessitamos de possuir um visto com o custo por pessoa de 25 dólares. Podem obtê-los via online ou comprar directamente no aeroporto nos bancos que existem mesmo antes do controlo de passaportes.

184008


Primeiras impressões mal saímos do aeroporto, e indo de encontro a que muitas outras pessoas já tinham falado, é o assédio por parte de vários indivíduos no sentido de receberem a gorjeta. Toda a gente tenta-nos impingir algo, desde transfers, ajuda para carregar as malas, etc. Temos de ser antipáticos para fugirmos a tantas solicitações.
Outra coisa que nos surpreendeu foi o facto de o dia nascer muito cedo, por volta das 4 e 30 da manhã o Sol começava a raiar.
Chegados ao hotel White Beach Resort ficamos logo bem impressionados com a imponência do lobby, simples mas muito elegante.

184009


184010


184011


Após as burocracias iniciais de preenchimento de formulários de check in são nos entregues as chaves do quarto e o habitual mapa do resort e horários de funcionamento dos diversos serviços.

184012


184013


Chegados ao quarto ficamos muito contentes com a sua localização, uma fantástica vista das piscinas e do mar, uma cama King Size e uma cama extra para a criança. Casa de banho com chuveiro e banheira, com todos os acessórios, como champo, acondicionador, gel de banho, sabonete, toca de banho, kit de costura, etc.

184014


184015


184016


184017


184018


184019


184020


Em termos de estrutura o hotel está disposto em forma de U, sendo os quartos estão distribuídos por 4 pisos.
Em termos de restauração o hotel possui os seguintes espaços:
- Buffet Oriental
- Buffet Asiático
- Buffet Italiano
- Restaurante A La Carte WoW (necessita de marcação prévia que pode ser feita ainda antes de entrarmos no hotel através de envio de mail para o gabinete de relações públicas)
- Espaço de refeições e snacks ligeiros junto à praia
- Vários bares distribuídos pelas infraestruturas
No que diz respeito a infraestruturas de entretenimento o hotel possui:
- Piscina para adultos
- Piscina para crianças com vários escorregas
- Mini Golf
- Ginásio
- Spa
- Escola de desportos náuticos

Em termos de alimentação, e fazendo a habitual comparação aos resorts das caraíbas, na minha opinião, em termos de variedade a mesma é mais pequena do que nos hotéis caribenhos, no entanto em termos de qualidade do que nos é servido, bate em larga distância os ditos empreendimentos. Comida com muito sabor, com produtos que se notam terem sido selecionados com critério, uma óptima surpresa.
Ao almoço as refeições apresentadas são mais ligeiras, com as a habituais pizzas, hambúrgueres, assim como pratos mais elaborados. À noite podíamos degustar pratos mais elaborados e temáticos. De salientar que o restaurante oriental e asiático possuem comunicação interna pelo que podemos deambular pelos dois e petiscar nos dois lados.
O restaurante italiano, com as habituais pastas, pizzas e outras iguarias típicas.
Realçar que à noite no espaço exterior das zonas dos restaurantes existiam sempre churrascos e pratos de outras paragens do mundo, como por exemplo culinária Síria.


184021


184022


184023
 
Última edição por um moderador:

Rui Bandeira

Membro Ativo
Relativamente aos bares são-nos servidas várias opções de cocktails, cafés, sumos, refrigerantes, etc.

184044



Praia

Na minha opinião a praia é o item que perde pontos relativamente às caraíbas, pois a mesma não tem a beleza natural deste destino. Estamos a falar de praia privada do hotel, vigiada com seguranças a controlar entradas e saídas da mesma, com uma rede a ladear toda a zona balnear. Em termos de temperatura de água é quente e a mesma é bastante límpida. O areal possui guarda sois milimetricamente posicionados, espreguiçadeiras com colchão, corta-vento e mesa de apoio para as bebidas. Nesta área existiam empregados a servirem-nos bebidas.



51.JPG


52.JPG
53.JPG
54.JPG
55.JPG
56.JPG
57.JPG
58.jpg
59.jpg


Cairo

Como falado anteriormente as excursões foram compradas numa empresa egípcia gerida por um alemão, Egyptra Travel. Das pesquisas que fiz pareceu uma agência fiável e com preços convidativos. Em Abril aproveitamos uma promoção online e fizemos a reservas das excursões ao Cairo de avião e Luxor.

Em jeito de referência para poderem ter uma ideia a soltrópico no site apresentava a excursão ao Cairo de avião por 300 e poucos euros por pessoa, enquanto que pela Egyptra conseguimos por 130 euros.

Segunda nota o porquê da ida de avião e não de autocarro que era consideravelmente mais barato? Simples, de autocarro teríamos de sair do hotel ás 2 horas da manhã e teríamos 6 horas de viagem pela frente. De avião saímos do hotel ás 4 e 30 e apenas teríamos 45 minutos de viagem. De conversas com outras pessoas que fizeram de autocarro, penso que fizemos a melhor opção em termos de conforto e maior tempo disponível para visitar os locais.

Em termos de itinerário fizemos o seguinte:

- Museu do Cairo

- Passeio de barco pelo Nilo (opcional com custo extra de 200 libras egípcias por pessoa)

- almoço (sem bebidas incluídas)

- Visita a loja de papiros

- Pirâmides

- Passeio de camelos/cavalos (opcional com custo extra de 150 libras egípcias por pessoa)

- Esfinge

- Loja de perfumes

Saliento que o guia ao longo da excursão tenta-nos vender o mais possível de opcionais como falado anteriormente, uma vez que ele ganha comissão em todas elas.

No que diz respeito ao Cairo não há muitas palavras para descrever todo aquilo que vemos e sentimos. Deixo-vos com as fotos.

Museu Cairo (para se tirar fotos com máquina profissional tem de se pagar bilhete extra, com telemóvel é grátis. Tesouro de Tutankamon é proibido tirar fotos, mas como bons portugueses que somos conseguimos fotografar algo.)

IMG_6234.JPG
IMG_6237.JPG
IMG_6250.JPG
IMG_6286.JPG
IMG_6289.JPG
IMG_6294.JPG
IMG_6303.JPG
IMG_6318.JPG
IMG_6336.JPG
 
Última edição por um moderador:

Rui Bandeira

Membro Ativo
IMG_6337.JPG
IMG_6356.JPG
IMG_6362.JPG
IMG_6435.JPG
IMG_6477.JPG
IMG_6496.JPG
IMG_6519.JPG
IMG_6513.JPG
IMG_6531.JPG
IMG_6543.JPG
IMG_6552.JPG
IMG_6618.JPG
IMG_6631.JPG
IMG_6633.JPG
IMG_6646.JPG
IMG_6667.JPG
IMG_6685.JPG


Luxor

A excursão a Luxor é feita de carrinha de 12 lugares e saímos do hotel por volta das 5 da manhã tendo a viagem a duração de 4 horas.

Na minha opinião Luxor é muito mais rico e belo do que o Cairo. Uma zona cheia de monumentos, cheia de história, em que podemos ver a realidade do povo local e a sua cultura.

Em termos de itinerário fizemos o seguinte:

- Vale dos reis (incluído a visita a 3 túmulos. Se quisermos outros túmulos tem custo extra, incluindo Tutankamon)

- Templo de Hatshepsut

- Paragem em loja venda de lembranças de pedra

- Curta paragem para vermos os colossos de memnon

- Almoço (bebidas não incluídas)

- Viagem de barco pelo nilo (opcional com custo de 100 libras por pessoa)

- Templo de Karnak


Nada melhor do que as fotos para comtemplar tanta história e beleza.
 

Anexos

Última edição por um moderador:

Rui Bandeira

Membro Ativo
IMG_7104.JPG
IMG_7106.JPG
IMG_7108.JPG
IMG_7111.JPG
IMG_7113.JPG
IMG_7116.JPG


Já vai longo o report mas para finalizar queria deixar as seguintes notas:

- É seguro o Egipto? Sim, senti-me seguro. Hurghada, principalmente no resort, é um local seguro como todos os outros que já visitamos. Cairo, há mais gente, muita polícia, mas não presenciei nada que me pusesse em perigo ou me fizesse sentir nessa situação.

- Tive medo? Sim, tive medo, pois quando ouvimos notícias de atentados e situações desse gênero deixa-nos sempre de pé atrás, mas digam-me qual é o país do mundo que hoje em dia não está sujeito a terroristas? Nenhum.

- Voltaria ao Egipto? Já lá estaria neste momento.

Quando nada fazia prever que um destino que não estaria para já previsto nas nossas viagens, e que por sugestão do nosso agente de viagens aceitamos com algum receio, acabou por ser, talvez, o melhor país que já visitamos.

Óptima praia, hotel provavelmente o melhor hotel que já estivemos hospedados, e a cereja em cima do bolo a espantosa cultura e história deste país e do seu povo. Os egípcios são simpáticos, cordiais e trabalhadores, exceptuando os vendedores pois a sua atitude comercial extremamente agressiva pode incomodar uns e assustar outros.

Sem dúvida, caso tenham hipóteses de visitar este maravilhoso país não hesitem e arrisquem.

Tenham boas viagens!!!
 

Anexos

Última edição por um moderador:

LupiSLB

Membro
O Egipto encanta-me :) parabéns pelo report ficou ainda maior a vontade de passar por terras dos faraós 😜
 

PauloNev

Moderador Sénior
Staff
Muito obrigado pela partilha.
Mais um report do Egipto um pais que quero muito conhecer, mas que devido ao clima que se tem vivido, tem ficado para trás.
Boas viagens ;)
 

Ricardo_7

Membro Conhecido
Olá :D

Muito obrigado pela partilha, recheada de fotos :)

É um destino que cada vez me diz mais e dá sempre para fazer praia e cultura, logo junta-se o útil ao agradável :)

Boas viagens :D
 

Rui Bandeira

Membro Ativo
Muito obrigado pela partilha.
Mais um report do Egipto um pais que quero muito conhecer, mas que devido ao clima que se tem vivido, tem ficado para trás.
Boas viagens ;)
Não pense nisso, fui com o meu filho de 5 anos, e não tive em nenhum momento medo ou senti algo que pudesse por a nossa integridade em risco.
É um país maravilhoso com um bom povo.
Se pensar bem, há mais atentados na Europa do que por lá.
 

Cristina Sousa

Membro Conhecido
Que maravilha!!! 👏
O Egipto é daqueles países com uma história brutal e com locais magníficos, que espero poder visitar a curto prazo! Gostei imenso do que vi, incluindo o hotel onde ficou.
Quando referiu que a praia perde pontos relativamente às Caraíbas, tem apenas a ver com a cor da areia e do mar, ou qualquer outro aspecto?
Se bem percebi, comprou os voos e hotel à parte, não foi através de agência..... compensou?
Muito obrigada pela partilha, reports destes são sempre bem-vindos! :p:p
 

Rui Bandeira

Membro Ativo
Que maravilha!!! 👏
O Egipto é daqueles países com uma história brutal e com locais magníficos, que espero poder visitar a curto prazo! Gostei imenso do que vi, incluindo o hotel onde ficou.
Quando referiu que a praia perde pontos relativamente às Caraíbas, tem apenas a ver com a cor da areia e do mar, ou qualquer outro aspecto?
Se bem percebi, comprou os voos e hotel à parte, não foi através de agência..... compensou?
Muito obrigada pela partilha, reports destes são sempre bem-vindos! :p:p
A perda de pontos não é pela cor da areia e do mar, mas sim pelo facto de não haver vegetação na praia, e as mesmas são privadas, tendo regra geral seguranças e restrições para podermos dar uma caminhada pelas mesmas.
A viagem foi organizada pelo meu agente de viagens que me fez um pacote à medida, e comparativamente às viagens oferecidas pelos habituais operadores turísticos ficou mais barato. Por exemplo comparando com orçamentos da Abreu e Geostar consegui poupar cerca de 300€.
 

Mel C

Moderador
Staff
Que espectáculo de report de um destino há muito desejado! Obrigada pela partilha! Já agora nesta altura como estava a temperatura no Cairo/Luxor?
 

Rui Bandeira

Membro Ativo
No Cairo no dia da minha visita a temperatura rondava os 42 graus. No caso de Luxor no pico máximo estavam cerca de 48 graus.
 

PaulaCoelho

Membro Conhecido
Gostei muito do report e das fotos, especialmente do Cairo e Luxor :)
É um dos destino onde gostaria de ir um destes dias, mas quando for fujo do Junho... 48º é muito calor!
 
Top