[Report] China 2017 - Zhangjiajie: de Avatar à Porta do Céu

PaulaCoelho

Membro Conhecido
我的中国之旅
CHINA 2017 – ZHANGJIAJIE: de Avatar à Porta do Céu


Esta parte do report da minha viagem à China centra-se nos dias 8 a 10 desta aventura.
Foram passados entre Zhangjiajie e Wulingyuan e vem dar continuidade à parte de Longmen & Xian [Report] China 2017 - Longmen & Xian.

* Aterramos no Aeroporto Internacional Zhangjiajie Hehua (o código é DYG - Dayong) perto das 22h. Existe um shuttle gratuito consoante o horário dos voos e que vai do aeroporto até ao Civil Aviation Hotel que fica na cidade mas distante da estação de autocarros e comboio. Também existe o autocarro nº4 que dá uma volta circular aeroporto-cidade, custa 1-2¥ e funciona das 6h30-21h30. Como aterramos após esse horário combinamos transfer com o dono do hotel por 25¥ por pessoa.
* Segundo li, o táxi custa cerca de 15-25¥ e é fácil conseguir um pois quando saímos do aeroporto estão dezenas de taxistas a gritar pelos clientes. Íamos apanhando um por engano pois o nosso senhorio atrasou-se e quando disse o nome ao taxista que nos abordou ele confirmou, muito provavelmente sem perceber o que eu lhe disse!

* Ficamos 4 noites no Zhangjiajie Yijiaqin Hotel situado no bairro residencial Guanliping bem no centro da cidade, o que permite ir a pé até à estação de comboios, autocarros e teleférico para a Montanha Tianmen. Li em vários blogs e comprovei que o dono Rocky fala inglês, é bastante prestável, dá-nos mapas e ajuda os clientes a montar os roteiros consoante os dias disponíveis, trata das reservas dos bilhetes e leva-nos à estação de comboios gratuitamente. O hotel em si fica numa transversal de uma avenida principal, numa rua de terra batida numa zona de hotéis e comércio, é simples e limpo (o chuveiro não tem protecção… mais um chão molhado) e tem restaurante próprio e bom no edifício em frente. No caminho para o hotel passamos por vários edifícios iluminados e por uma enorme arena onde efectuam um espectáculo diário.


* Optamos por ficar as 4 noites em Zhangjiajie pois chegaríamos à noite e tínhamos comboio ao 4º dia de manhã cedo. A alternativa é ficar mais perto do Parque Natural, em Wulingyuan mas só existe autocarro para lá até às 17h30 e o táxi custa cerca de 150Y. Também é possível ficar dentro do Parque Natural mas os acessos são fechados ao final do dia.
* A cidade de Zhangjiajie aparenta estar a ter um crescimento rápido e não muito organizado, com algumas obras e edifícios em grande escala… à moda da china.
O turismo aumentou bastante após a estreia do filme Avatar com as suas Montanhas Hallelujah inspiradas no Heavenly Pillar do Parque Natural mas ainda não estão muito preparados para o turismo ocidental e isso observa-se bem na sinalização pois a maioria das placas está em chinês.


* Por aqui come-se bem e barato, seja no restaurante ou na rua e encontrei um cafézinho muito bom...
o expresso é daqueles de 330ml mas pedindo com mimíca eles fazem um curto e bem saboroso ;)

* Podemos dividir o que visitar em três zonas principais: Parque Natural Zhangjiajie-Wulingyuan, Montanha Tianmen e Grand Canyon. Visitar cada parque tem um custo superior a 200¥ e o bilhete dos dois últimos só serve para um dia pois são de pequena dimensão quando comparados com o Parque Zhangjiajie cujo bilhete é válido por três dias. Tendo em conta o custo podíamos apenas explorar bem o parque mas também queríamos visitar os outros pelo que a solução foi “largar os cordões à bolsa”.



Dia 8 - Wulingyuan Scenic and Historic Interest Area

* Reconhecido como o primeiro parque florestal da China, cobre uma área de 369 quilómetros quadrados com mais de 300 locais cénicos entre montanhas, vales, florestas, grutas, lagos, quedas de água, Rio Maoyan e muito mais divididos por 4 áreas: Zhangjiajie National Forest Park, Tianzin Mountain Natural Reserve, Suoxi Valley Natural Reserve, Yangjiajie Scenic Area.
* Os pontos mais famosos dessas áreas são: Heavenly Pillar, Yuanjiajie, Golden Whip Stream, Ten-mile Natural Gallery, Shuiraosimen, Mandarin Duck Waterfall, Baofeng Lake, Yellow Dragon Cave, Xiangzhi Stream, Qingfeng Gorge, Hundred Monkey Valley, Four Gates Surronded by Water, Baizhang Gorge, First Bridge of the World, Writing Brush Peaks …

Como chegar ao Parque Natural
* Existe autocarro de Zhangjiajie até Wulingyuan a cada 15 minutos entre as 6h30-17h30 sendo o último regresso por volta das 18h30-19h. A viagem de 40km dura menos de 1h. Tinha lido que a viagem seria 12¥, no autocarro está escrito 19¥ mas toda a gente pagou 20¥. Também existe autocarro directo para Suoxi Valley (6h-17h30 a cada 15 minutos, demora 1h).
* Os autocarros são muito velhos, poucos cintos prendem e aparentemente vão partindo à medida que enchem.
* Por volta das 7h o nosso senhorio Rocky foi connosco e duas jovens tailandesas a pé até à estação e indicou-nos o minibus a apanhar. A sinalização está toda em chinês, os autocarros não têm números e para não variar éramos as únicas ocidentais. O bilhete é cobrado a meio da viagem: antes de passarmos a portagem o autocarro pára, entra uma senhora que está à beira da estrada debaixo de um chapéu, cobra o dinheiro aos passageiros, aponta tudo numa agenda que está no tablier e volta a sair!! :confused: A paisagem pelo caminho é muito verde, entre montanhas e túneis até à estação final em Wulingyuan, tendo feito apenas outra paragem pelo caminho.
* Da estação de Wulingyuan temos de caminhar cerca de 1,5km até à entrada do parque. Só encontrei uma tabuleta com indicações a meio caminho, mas saíndo da estação viramos à direita na direcção do rio e depois novamente à direita até ao fim da rua.


Bilhete e trajecto
* O parque está aberto das 7h30-18h, o bilhete custa 245¥ e é pessoal e intransmissível pois nele fica inserida a nossa impressão digital e número de passaporte. É válido para 3 dias (4 dias no Inverno) e dá direito às entradas nas 4 áreas e aos autocarros dentro do parque para nos deslocarmos pelas diversas áreas… se conseguirmos perceber bem para onde vamos pois nem todos os locais têm placas em inglês.
* Tudo o resto é pago à parte: teleférico para Tianzi 72¥, para Yangjiajie 76¥, para Yellow Stone Village 67/134¥ (um ou dois sentidos), Elevador Bailong 72¥ (construído encostado à montanha), comboio na Ten-mile Gallery 38/52¥ um ou dois sentidos, passeio de barco no Lago Baofeng 96¥, Yellow Dragon Cave 100¥.
* Entregamos o passaporte ao Rocky no dia anterior para ele poder comprar os bilhetes e no próprio dia ele entregou-nos um papel para irmos à bilheteira trocar pelo bilhete. Além disso estudou connosco o mapa do parque e assinalou o trajecto que nos aconselharia a fazer: autocarro até ao teleférico» teleférico para Tianzi Mountain» percorrer os vários pontos de interesse na área» autocarro até à paragem Tianqiao» Heaven Pillar e Ponte» apanhar autocarro para descer o Elevador Bailong ou descer a pé até ao Golden Whip Stream.
* Perto da entrada do parque existe uma pequena feira onde podemos abastecer-nos para o dia e no parque existem vários locais com comida boa e barata e até um MacDonalds.


 
Última edição:

PaulaCoelho

Membro Conhecido
* A típica fila para entrar… estava quase sem ninguém mas como eles andam sempre em excursão enquanto fomos ao WC ficou assim!

* Depois caminhamos até aos autocarros onde temos várias opções: Bailong Elevator, Ten-mile Gallery, Cableway Bottom Station. Escolhemos a do teleférico.

* Ao chegar compra-se o bilhete (sem filas além de quem vinha no bus) e aguarda-nos uma longa escadaria até à entrada do teleférico, depois é desfrutar da viagem até ao topo.

* No topo da montanha podemos visitar o Tianzi Pavilion, uma série de cumes com plataformas para admirar a vista, comer algo, comprar lembranças e relaxar um pouco.

* Deste ponto existe um caminho de cerca de 2h que desce até à Ten-mile Gallery ou podemos voltar atrás e apanhar autocarro para a zona do Haven Pillar/Hallelujah Mountain, que foi o que fizemos sem grande certeza pois existiam 2 filas, pelo que fomos para a maior. Na dúvida, segue-se a multidão e raramente falha! Fomos parar ao Centro de Visitantes de Yuanjiajie e à entrada para uma das aldeias, a fila para visitar era grande pelo que seguimos no caminho contrário tentando guiar-nos pelo mapa.

 
Última edição:

PaulaCoelho

Membro Conhecido

* Aqui também pegou a moda dos cadeados além do hábito de colocar umas fitas vermelhas para pedir um desejo.

* Seguimos caminho para a Ponte Natural e o Heaven Pillar.

* A ponte natural quase passa despercebida na vegetação, não se atravessa aqui mas num caminho logo ao lado.

* Deste ponto o Rocky tinha-nos dito que ou voltávamos atrás até ao autocarro que nos leva ao Elevador Bailong ou “se nos sentíssemos fortes” descíamos a pé até ao Golden Whip Stream. Isto implicava descer mais de 2000 ou 4000 degraus numa caminhada de pouco mais de 1 hora até à entrada do parque. Obviamente que foi esta a nossa escolha e foi um bom exercício, além de que foi relaxante pois quase não se via ninguém por ali. Nesta área encontramos muitos macacos.
* As nossas companheiras tailandesas foram no elevador e disseram que era muito caro para andar apenas 2 minutos e tão cheio que mal se consegue uma boa vista.


* Chegamos ao vale a meio do Golden Whip Stream, um caminho ao longo do rio com cerca de 7.5km, algumas pontes, pequenas escadarias, zonas de descanso, mais macacos e onde é possível observar bem a dimensão das formações rochosas. Virámos à esquerda mas talvez o caminho directo à entrada do parque fosse para a direita pois após mais 1 hora a caminhar fomos parar a uma paragem de autocarro sem sinalização. Sem alternativa fomos para a curta fila e seguimos caminho… felizmente o autocarro deixou-nos à entrada do parque.


* A área definitivamente ainda não está muito preparada para estrangeiros pois a sinalização é pouca e é fácil nos perdermos, razão pela qual muitas pessoas contratam guia.
* Completamente maravilhadas e estafadas de um dia inteiro a andar, fomos até à estação de Wulingyuan, mostramos o nome do destino em chinês ao condutor e apanhamos o autocarro para Zhangjiajie cerca das 17h30. A cobrança do bilhete foi igual: paramos a meio caminho e salta uma senhora para receber o dinheiro :rolleyes:
* Mais uma vez éramos as únicas ocidentais dentro do autocarro e no parque só nos cruzamos com outros sete.
 
Última edição:

PaulaCoelho

Membro Conhecido
Dia 9 - Tianmen Mountain Natural Forest Park

* A montanha deve o seu nome ao principal ponto turístico, a Caverna Tianmen também conhecida por Porta para o Céu, com 130 metros de altura e a quase 1500 metros de altitude. Outros pontos são: Templo Tianmen, o teleférico mais longo do mundo, a avenida para o céu, as passagens de vidro.


Como chegar a Tianmen
* Para aceder à montanha vamos até à estação do teleférico situada no centro da cidade de Zhangjiajie e aí optamos por subir de teleférico e descer de autocarro pela estrada das 99 curvas (Rota A) ou apanhar o shuttle gratuito até à outra entrada da montanha a cerca de 5km, onde depois de sobe à montanha de autocarro pala estrada das 99 curvas e se desce de teleférico (Rota B).

Bilhete e trajecto
* A Montanha está aberta das 8-17h e o bilhete custa 258¥ válido por um dia: 75¥ de entrada + 183¥ de transportes (trajecto único de teleférico, autocarros e escadas rolantes). Existem outras atracções pagas à parte: cadeiras até ao topo 25¥ por trajecto, elevador para descer da Caverna 32¥, cobertura de sapatos para as 3 passagens de vidro 5¥ cada.
* O Rocky comprou-nos os bilhetes, deu-nos um mapa e sugeriu que fizéssemos a Rota B pois ele às 8h levar-nos-ia e a outros 4 clientes até à entrada mais distante, pelo que assim faríamos a subida até à Porta para o Céu e no regresso desceríamos de teleférico ficando logo no centro da cidade.
* Na entrada do parque apanhamos o autocarro que faz a Avenida para o Céu, também conhecida por estrada das 99 curvas, a maioria delas com 180º. Considerada uma das estradas mais perigosas, só nos apercebemos bem da sua sinuosidade quando chegamos ao topo e durante a viagem de teleférico.

* Depois de apreciar a vista podemos aproveitar para ir ao café e à casa de banho antes de enfrentar a escadaria com 999 degraus que nos leva à Caverna Tianmen, também chamada de Porta para o Céu. Ao longo da subida existem 5 patamares para descanso e que representam prosperidade, felicidade, longevidade, remuneração e boa sorte.
* Quando a visitámos estavam a montar umas plataformas de madeira e não conseguimos que nos explicassem o objectivo. Mais tarde descobrimos que era para uma competição de Parkour… grandes malucos!!


* Outra maluqueira chinesa foi a de instalar seis lances de escadas rolantes no interior da montanha para subir até ao topo.

* Chegando ao topo podemos ir para a esquerda ou direita e caminhar pelo passadiço ao redor da montanha a uma altura 1,5km, onde existem 3 passagens de vidro, a maior das quais tem 150m. O vidro é bastante grosso e aparentemente em bom estado e o que assusta é a quantidade de pessoas permitida sem qualquer controle aparente! Existe a alternativa de fazer esses troços em terra firme.


* Um dos trilhos leva ao Templo, uma zona bastante calma e com poucos turistas quando o visitei. Existe um pequeno restaurante perto.
 
Última edição:

PaulaCoelho

Membro Conhecido

* Mais voltas, trilhos e passagem de vidro

* Descemos a montanha pelo teleférico conhecido pelo maior do mundo, com 7455 metros, 98 carros e uma viagem de cerca de 30 min. Existe uma estação intermédia mas pareceu estar fechada. Li que as filas para descer podem chegar às 3h pelo que decidimos regressar perto das 14h30. Não vimos fila à entrada mas no edifício esperámos uns 20 min. A descer devemos tentar ficar do lado direito para fotografar a espectacular estrada sem “emplastros”.


* O teleférico deixou-nos no centro de Zhanjiajie e nesta montanha a estatística ocidental manteve-se: não sei quantos vi mas foram poucos!
 
Última edição:

PaulaCoelho

Membro Conhecido
Dia 10 - Zhangjiajie Grand Canyon & Glass Bridge


* O Grand Canyon fica a 20km de Wuliyuan e o parque tem uma área de 56.19 quilómetros quadrados, tendo como principais atracções a ponte de vidro, passadiço até à base e ao longo do canyon, cascatas, lago, slide, cavernas e belas paisagens.

Como chegar
* Existe minibus directo tanto de Wulingyuan (40 min) como de Zhangjiajie (1h) das 7h30-17h. O Rocky fez um rabisco do circuito a fazer, foi connosco à estação de autocarros para nos indicar o correcto e disse para fotografarmos o que estava escrito no vidro para sabermos em que autocarro voltar… ambas pensamos que enquanto tentávamos ler aquilo já o autocarro teria partido! Além disso perguntou aos outros passeijeiros quem ía para o Canyon para nós sabermos quando sair pois não é a última paragem.
* O bilhete custa 25¥ e o procedimento é igual: a meio caminho paramos, sai uma senhora de uma casa, cobra o dinheiro e aponta tudo na agenda.
* Depois somos largadas à beira da estrada… saímos sete pessoas e ficou tudo a olhar para onde ir até que umas senhoras começaram a subir por uma ladeira sem passeios e nós fomos atrás. Ao fim de uns 500 metros chegamos a um campo de terra batida com autocarros estacionados. Um tinha escrito Zhangjiajie, pelo que assumimos ser o shuttle até à entrada do parque e lá fomos nós.

Bilhete
* Podemos comprar bilhete para o Grand Canyon 121¥, Glass Bridge 138¥ ou ambos. O bilhete para a ponte de vidro tem de ser comprado antecipadamente de 1 dia a 2 meses pois não se vende no local. O parque funciona das 7h30-17h e é necessário mostrar o passaporte à entrada e no guichet 5-6 para trocar o código de reserva (o Rocky comprou em nosso nome e escreveu o código num papel) pelo bilhete oficial.

* A Ponte de vidro foi construída com 99 camadas de vidro, é a ponte de vidro mais longa e alta do mundo, com 430m de comprimento, 6m de largura e situa-se a 300m de altura. Existem 4 horários de visita e à entrada dão-nos capas para os sapatos. No futuro terá uma plataforma de bungee jumping.
* Permitem um exagero de 600 pessoas em cada horário e vêem-se (e também se fazem) algumas figuras tontas :p


* No outro lado do Canyon estão a construir um passadiço e um elevador até à base, mas ainda não está a funcionar.

* Neste lado é possível descer ao Canyon por uma passagem pelo meio da rocha

* Depois do passeio pela ponte, seguimos caminho até à base do Canyon, cerca de 30 minutos sempre a descer degraus... quase apeteceu voltar para trás pela quantidade de pessoas, várias com rádio com uma musiquinha algo irritante, mas no trajecto ao longo do Canyon foi dispersando pois havia locais para repouso e comer.

 
Última edição:

PaulaCoelho

Membro Conhecido

* A caminhada termina num passeio de barco que está incluído no passeio.
Depois espera-nos mais uns bons lances de escadas com bancas e pequenos restaurantes onde aproveitámos para almoçar a bom preço.


* Este percurso termina no parque de terra batida onde apanhámos o shuttle, pelo que agora foi só descer a ladeira até à suposta paragem do minubus (não está sinalizada). Quase a chegar lá vimos o autocarro parado e o condutor começou a fazer sinal para irmos. Nem tive tempo de verificar os caracteres na fotografia, apenas disse "Zhangjiajie" e ele confirmou... entramos com algumas dúvidas mas a meio caminho reconhecemos a estrada. De resto nada de novo: sistema de cobrança igual e apenas nós duas ocidentais!


* Termina aqui mais uma etapa que adorámos!
* De manhã estava a chuviscar e o Rocky levou-nos de carro até à estação de comboios para seguirmos para o próximo destino: Chengdu :D
 
Última edição:

d3ci0

Membro Conhecido
Excelente report!!
Como já referi China é um dos países que gostava muito de conhecer, depois de ver este report, fiquei com mais vontade!!!!:D:D:D:D:D
Excelentes fotos!!!
 

Ricardo_7

Membro Conhecido
Olá Paula,

Muito obrigado por mais uma soberba partilha, simplesmente fantástico! Neste caso é algo que não conseguiria lidar, coloca muitas alturas e eu e elas não nos damos muito bem... Então aquela ponte linda de vidro, valha-me deus :rolleyes: Fico feliz por ver partilhas assim e sinto que já conheço, pronto :p

Venha a próxima etapa e boas viagens :D
 

susy4

Membro Conhecido
Soberbo!!!!
Que report brutal - que paisagens incríveis, fotos igualmente incríveis...
Amei cada bocadinho do report e aguardo ansiosa pela próxima aventura.
China me aguarde!!!!!!!!!
 

PaulaCoelho

Membro Conhecido
Obrigada a todos pelos vossos comentários :)
A China é riquíssima quer em termos culturais como em natureza... tem um pouco de tudo pelo que é fácil agradar a quase todos :D
 

rum

Moderador
Staff
Pois está claro, depois de reler com atenção, tenho de voltar à China...
 

PaulaCoelho

Membro Conhecido
Também volto de boa vontade, Rum :D... ficou tanto por ver!!

Foi mesmo TOP visitar estes parques, Flecha ;)
 

PaulaCoelho

Membro Conhecido
O parque é mesmo extraordinário, Ricardo :D
A China ainda não é um destino de primeira escolha para muita gente mas como diz o Rum "aquilo é país nunca mais acaba" e tem muito para explorar!
 

Bee

Membro Conhecido
Queria escrever algumas palavras de elogio e agradecimento pelo report... mas estou com vertigens!!!!
Eles tem um qualquer fascínio por pontes/plataformas em vidro...:eek:
 
Top