Novidades

[Report] Boas "Dicas" para Férias Inesquecíveis em Porto Seguro e Região - Início

Carol Moretti

Membro Novo
Boas "Dicas" para Férias Inesquecíveis em Porto Seguro e Região - Início

Olá meus amigos portugueses.

Dias atrás postei no "Escapadelas" um comentário sobre a importância de Santa Cruz Cabralia como verdadeiro "berço do Brasil", o "porto seguro" de Cabral, que ewspero tenha sido útil para vocês.

Agora gostaria de deixar-lhes algumas "dicas" caso decidam viajar para esta região, que nós conhecemos como a "Costa do Descobrimento", equivalente à antiga "Capitania do Porto Seguro".

Sou de São Paulo, mas moro na região de Porto Seguro há muito anos. Por isso talvez possa ajudar vocês a fazerem s/ escolhas com um pouco mais de segurança antes de comprarem um "programa de férias" para esta linda região.

Antes de mais nada indico uma relação com os melhores Sites que podem ajudá-los a obterem respostas para "quase tudo":

- www.portonet.com.br site de Porto Seguro
- www.pousadas-arraial.com.br site das Pousadas de Arraial
- www.cabralia.com site de Sta Cruz Cabralia
- www.pataxo.com.br (cultura da tribo Pataxó)
-- www.feriasbrasil.com.br (site nacional com "dicas")
- www.guiadacostadodescobrimento.com.br (*)
(*) - este Guia é muito completo podendo ser adquirido em qualquer um dos Quiosques que vendem jornais na cidade, inclusivé no Aeroporto e no Terminal Rodoviário - custo aprox.: 9 euros)

Se consultarem qualquer um dos diversos sites brasileiros que acolhem "dicas" postadas por turistas, irão perceber como é demorado (e por isso desagradável) cruzar o rio Burunhém nas épocas de "Alta Temporada" (20/dez-Carnaval, meses Julho, Agosto e Outubro e nos feriados nacionais como Semana Santa, 7 Setº, Finados, etc)...

Na Baixa Temporada as balsas só partem depois que estiverem 100% cheias, o que nos faz esperar de 20 a 40 minutos em cima delas, dentro dos carros (fora ainda é mais quente). Já na Alta Temporada elas enchem rapidamente; o problema é que esperamos nossa vez na inevitável "fila" por 1 hora e meia ou 2, muitas vezes até mais, aguardando que realizem a quantidade de travessias necessárias para chegar a n/ vez...

Pessoalmente (m/opinião, claro), escolheria um hotel de Porto Seguro. Não hotéis que fiquem dentro da cidade (que está hiper-agitada e barulhenta) mas algum localizado nas praias de Mundaí ou de Taperapuã, como por exemplo o "Hotel Porto das Naus" (é muito bom e pertence a portugueses), o ótimo "Hotel Portal do Mundaí" (inaugurado final 2006 p/ simpático casal Lúcio (celular 73 - 9979.6192) e Luciana, que também são donos do tradicional "Hotel Poty", (este um pouquinho mais recuado mas c/ preços mais baixos), o bonito e sempre elogiado "Hotel Brisa do Mar" e o excelente "Hotel Villagio Arcobaleno" (outra ótima opção), todos localizados na avenida Beira-Mar, pertinho uns dos outros e das Mega-Cabanas "Axé Moi" e "Toá Tôa" (uma belíssima localização, portanto). Mas lá (Mundaí e Taperapuã) também existem dezenas de pequenas pousadas (com conforto e custo menor) como o "Hotel-Pousada Aldeia das Flores" do Sr Lusencourt (fone 73 - 9198.3032).

Quem optar por se hospedar em Arraial, certamente ficará no lugar mais simpático da Costa do Descobrimento. Mas também é verdade que irá curtir bem pouco a estadia no vilarejo (é um dos Distritos de Porto Seguro, assim como Trancoso), porque o normal é que todos passem o dia inteiro fora de lá, na praia ou em passeios, só retornando às pousadas no final da tarde, razão porque a quase totalidade dos restaurantes de Arraial não serve almoço, abrindo somente já perto do anoitecer (17:30-18 hrs). Quem curte mais Arraial acaba sendo quem vem até aqui para descansar, e por isso não pretende sair daqui, muitas vezes nem mesmo do conforto oferecido pelas pousadas, com suas boas áreas de lazer, todas com piscina.

Mas se o objetivo for esse, descansar, então há opções mais econômicas, como algumas localizadas no tranqüilo e ainda primitivo "Litoral Norte": em Santa Cruz Cabralia e no vilarejo de Sto André, 3 km depois de Cabralia (berço histórico do Brasil). Ou, para a Orla Sul, no final da "Costa do Descobrimento", onde fica o vilarejo de Caraíva. pequenino e que nem mesmo dispõe de luz elétrica, internet, etc.

E como para sul não há muita coisa mais que mereça ser visitada além de Trancoso (uma ótima opção para descansar, mas mais cara) e da praia do Espelho (bonita mas a estrada Trancoso-Espelho é horrível e lá é tudo muito caro), é natural que na maioria dos dias os turistas se desloquem para o lado de Porto Seguro, ou seja, para a Orla Norte onde estão as 3 cidades da "Costa do Descobrimento": Porto Seguro, Santa Cruz Cabralia (e seus Distritos de Coroa Vermelha, Sto André, Sto Antônio e Guaiú) e Belmonte, na foz do rio Jequitinhonha, 75km ao norte de Porto Seguro.

Para quem realmente fizer questão de hospedar-se em Arraial penso que as 3 melhores opções serão a "Pousada Mucugê Village" (fantástica por s/ localização espetacular na praia do Mucugê e por s/ estilo "resort" de beira-mar rodeado de mata atlântica e muitos coqueiros, c/ apartamentos e chalés, e com o rio Mucugê correndo paralelo à praia dividindo s/ área em duas: uma do lado da praia para lazer e a outra com as acomodações e os serviços (recepção, sala tv, bar, restaurante, etc) do lado "interior" - fones 73 - 3575.1238/1548). Outra bela opção será a pequena "Pousada Sítio Dida" (lopes.dirceu@uol.com.br fone 73-3575.1227), a preferida por alguns dos m/amigos, c/ seus poucos mas confortáveis chalés e localizada próximo à "área do agito" da noite de Arraial: o alto da Estrada do Mucugê. E, finalmente, a "Pousada Canto da Alvorada", já sugerida neste Site.

Antes de mais nada m/ sugestão é que vocês ALUGUEM UM CARRO (média de R$ 90 p/dia, km ilimitada) para ganharem uma apreciada AUTONOMIA p/ fazerem todos os passeios p/ conta própria (os passeios "opcionais" vendidos pelas Operadoras Turísticas e s/ Agentes Locais são horrívelmente caros, cerca de 3 vezes do que vocês irão gastar se fizerem eles p/ conta própria, e aqui na "Costa"não há qualquer perigo ou dificuldade para vocês circularem, até porque andamos sempre pela mesma estrada: a "Rodovia do Descobrimento", que segue paralela à Costa, a 50-100-200 metros do mar, inter-ligando os 3 municípios).

Minha sugestão para alugarem um carro comum (eles aqui são chamados de "carros fechados") é a "Locadora Grillo" do solícito Sr. Hamilton - Celular 9198.8651 (www.alugueldeveiculos.com.br), localizada na esquina da Av Getúlio Vargas (a principal da cidade) com a Passarela do Álcool, e que m/ amigos sempre usam quando vêm passar férias aqui. Asseguro que nunca nenhum deles teve qualquer desconforto com esta Locadora, e que s/ carros são novinhos, com excelente manutenção. É uma Locadora pequena, familiar, o que explica porque seus carros estão sempre em ordem, sendo trocados por novos todos os anos.

Já para alugarem um Buggy ("carro aberto") aconselho a "Locadora Sol da Bahia" (também pequena, com poucos buggies) do também prestativo Sr. Celestino (celular 73 - 9985.4116).

Lembro que com um carro vocês poderão visitar "TUDO", melhor e mais rapidamente, e ainda ficarão com ele de TARDE e à NOITE, podendo conhecer outros lugares que os turistas comuns nem irão imaginar que existem, simplesmente porque eles acabam ficando "limitados" aos arredores dos hotéis e pousadas, e quando resolvem sair ficam dependentes do transporte público, que é mais escasso a partir das 10, 11 da noite.

Em Arraial não deixem de conhecer a linda praia de Taípe, com s/ belas Falésias. E de irem jantar no restaurante "Don Fabrizio" (a melhor comida italiana da nossa Região). Existem muitos outros, é claro, mas este é especial. Mais barato que ele tem outros, como o do "Paulinho Pescador" que serve uma variedade de "pratos-feitos" a uns 15 reais cada.

Agora as sugestões para conhecerem outros lugares, dedicando:

- uma manhã para visitar o centro histórico de Porto Seguro (grande, por ter sido a "Sede da Capitania")
obs: normalmente esta visita já está inclusa no "city-tour" do programa-base
- uma manhã (ou até mesmo um dia inteiro) para se deliciarem no Water-Park, o maior Parque Aquático da América Latina, que fica na parte baixa de Arraial, na estrada da Balsa

- uma manhã de praia em uma das Mega-Cabanas de Porto Seguro, sendo as mais movimentadas a "Axé Moi" e a "Toa Tôa" (estou à Tôa...)
obs: à noite elas tornam-se "redutos" agitadíssimos e barulhentos dos adolescentes - seria também aconselhável evitarem o almoço por lá, porque muitos se queixam que além de caro há grande demora no serviço e são pratos mais "comerciais" (de menor qualidade)

- uma noite (de preferência na 6a-feira) para curtirem das 23 às 5 da manhã o maravilhoso Complexo de Lazer da "Ilha dos Aquários", que fica em uma ilha do rio Burunhém, do lado direito de quem segue de Porto Seguro p/ Arraial (www.ilhadosaquarios.com.br)
- uma noite para conhecerem as barracas-tabuleiro que vendem "de tudo" na Passarela do Álcool (este local lembra um daqueles mercados árabes, bem sujinho e com tudo bem desordenado...) e para jantarem em um dos muitos restaurantes e pizzarias de lá (sugiro o rest. "Pastamore" e a "Pizzaria do Nenê" - vão adorar bater papo com D.Gizelda, a irrequieta e falante proprietária)
- uma manhã para a praia do Espelho, voltando depois p/ almoçarem na praça principal do centro histórico de Trancoso, chamada de "O Quadrado" (sugiro um ótimo Bobó de Camarão no rest. "Delícias Bahianas" - boa comida/preços acessíveis)
- uma manhã para conhecerem a Aldeia Pataxó de Coroa Vermelha (15 km) ao norte de Porto Seguro e um dos distritos de Sta Cruz Cabralia), local da celebração da 1ª Missa em 1500 (lá o legal é a escolha/compra de artesanato indígena e as fotos), seguindo depois (mais 5 km) para o local do desembarque de Cabral, chamado de "Berço do Brasil": a baía Cabralia.

Esta baía é muito bonita e bem grande (15 km de ponta a ponta), toda protegida por 2 linhas de recifes, com um atol de corais a 3 km da costa, diversas ilhas e vários rios, além de ter uma fauna muito rica (lá tem a Reserva do Bicho-Preguiça) e uma flora muito variada: muitos coqueiros, grandes áreas de manguezais e alguma mata atlântica. A meio dela deságuam os rios Yáya e João de Tiba (este bem maior, só atravessado por balsa). Na sua foz fica a histórica e pequena cidade de Santa Cruz Cabralia, 1º lugar (1503) povoado do Brasil, um agradável e bonito portinho de pesca.
 
Top