Playa Bavaro dia 8, com receio dos Furacões

Tópico em 'República Dominicana' iniciado por hugobball a 2 Set 2008.

  1. hugobball

    hugobball Membro Novo

    10
    1
    0
    Parto (se tudo correr bem
     
  2. _Cats_

    _Cats_ Membro Novo

    623
    0
    0
    Olá hugoball

    Nunca passei nenhuma experiencia com estes fenomenos...mas fica tranquilo pois vai correr tudo bem!
     
  3. hugobball

    hugobball Membro Novo

    10
    1
    0
    Obrigado pelo incentivo, mas realmente parece que foi de proposito são 3 bixarocos desses que lá andam a rondar.:D
     
  4. Sandra Almeida

    Sandra Almeida Membro Novo

    68
    0
    0
    Olá Hugo

    Voltei hoje de Bávaro e posso dizer-te que o HANNA estava a exercer os seus danos na Républica na terça/quarta feira. Penso que agora estará mais perto de Cuba. De qq forma o problema põe-se mais para a população local devido ao tipo de casa/vida que eles têm.
    Nos complexos turisticos não haverá grande problema, apesar de poderes ficar com alguns dias perdidos por causa da chuva torrencial e ventos que se fazem sentir nessas alturas. Não existirá outro perigo.
    Conheço um Português que vive na Républica - Bávaro há cerca de 10 anos e ele diz que nunca houve problemas nenhuns.

    Se quiseres mais informações estou ao dispor

    Sandra
     
  5. _Cats_

    _Cats_ Membro Novo

    623
    0
    0
    Sandra,

    Deve ser daquelas recordações que não se esquecem....este tipo de fenómenos da natureza!
     
  6. Solitária

    Solitária Membro Ativo

    363
    85
    28
    Quando estive em Cuba em Outubro de 2005, escapei por um dia ao furacão Wilma, no dia antesde partirmos o mar começou a ficar agitado, muito vento mas nada que nos demovesse das praias :).
    No hotel já tinham afixado nas portas o que fazer em caso de tempestade,quais as medidas a tomar, nesse aspecto foram 5*.
    não cheguei a sentir os efeitos do furacão
     
  7. Sandra Almeida

    Sandra Almeida Membro Novo

    68
    0
    0
    Olá Cats

    Como disse só apanhei chuva e vento, nada que se pareça com o epicentro do furacão.
    Deve ser um sentimento de incapacidade total, e sentir o quando somos pequeninos perante este fenómenos, né??
    BJS