[Mini-Report] Viajando por terra pela Europa Oriental e Central

Olá,

Tenho visto muitas pessoas buscando informações sobre como viajar entre países vizinhos na Europa Central e Oriental. Por isso resolvi fazer este report para relatar como eu fiz o trajeto Macedônia - Bulgária - Romênia - Hungria - Áustria - Eslováquia por terra e sem ter carro.

Há várias razões para a minha escolha de viajar por terra. Entre elas está o preço mais acessível das passagens, as maiores opções de horários, a possibilidade de conhecer o interior dos países, e a praticidade no deslocamento de um país para outro.

Da Macedônia à Bulgária, peguei o ônibus com a companhia Transkop Matpu e paguei 16 euros (cerca de R$ 62,00) na passagem. Saí de Escópia, capital da Macedônia, às 08:30 e cheguei em Sofia, capital da Bulgária, às 14:15. O ônibus estava vazio e o trajeto foi super tranquilo, inclusive na fronteira entre os países.

Da Bulgária à Romênia, eu acabei optando por pegar uma van com a companhia Bus Express que ia direto de Sofia a Bucareste. Paguei um pouco mais caro pela passagem (27 Euros ou cerca de R$ 105,00), mas ao menos não tive que trocar de transporte. O trajeto levou 7h30min e foi tranquilo, exceto pelo fato de o motorista correr muito e fazer ultrapassagens bem tensas.

Da Romênia à Hungria é um pouco mais complicado, porque Bucareste e Budapeste estão a 840km de distância uma da outra. Mas eu usei isso como uma oportunidade de conhecer outras cidades na Romênia. Por isso fui primeiro de Bucareste a Brasov de trem (2h30min de viagem), fiquei uns dias em Brasov, e de lá parti para Cluj Napoca (4h30min de viagem), onde também fiquei uns dias. De Cluj Napoca para Budapeste, optei pela viagem de trem com a companhia InterRegio, cuja passagem custou apenas 15 euros. A viagem levou 6h40min e foi super tranquila, inclusive na fronteira.

Da Hungria à Áustria, a viagem de ônibus foi a que apresentou melhor custo-benefício. Paguei 26 euros (cerca de R$ 102,00) na passagem com a companhia FlixBus e a viagem levou 3h. O único problema é que a companhia tem limite de 20 kg bagagem e é bem rígida com isso.

Da Áustria à Eslováquia, fui também de ônibus. Escolhi a empresa Slovak Lines em razão do preço. Paguei apenas 5 euros (R$ 20,00) na passagem e a viagem durou apenas 1h30min. O ônibus é confortável, tem água, wifi e até televisão para cada passageiro.

Espero que esse mini-report seja útil para quem pretende visitar esses países.
 
Última edição por um moderador:

Cristina Sousa

Membro Conhecido
@Viajante Fora da Curva ,
Para além das preciosas dicas que já deu, gostava de lhe perguntar se foi ao Mosteiro de Rila e, em caso afirmativo, qual o tipo de transporte que o levou de Sófia até lá.
E claro, se na sua opinião, vale a pena. Obrigada.
 
@Viajante Fora da Curva ,
Para além das preciosas dicas que já deu, gostava de lhe perguntar se foi ao Mosteiro de Rila e, em caso afirmativo, qual o tipo de transporte que o levou de Sófia até lá.
E claro, se na sua opinião, vale a pena. Obrigada.
Oi Cristina, pois infelizmente Rila ficou faltando na minha lista, pois no único dia em que eu podia ir estava chovendo sem parar. Apesar de não ter ido, conversei com algumas pessoas, inclusive guias turísticos, que recomendaram fortemente a visita. Por isso, para quem tem poucos dias na Bulgária recomendo passar alguns em Sofia, fazer um bate e volta de 1 dia em Plovdiv (facilmente acessível de trem) e fazer também um bate e volta ao Monastério.
Há tours pagos de 1 dia de duração que levam à Rila e também à Boyana, uma igreja famosa patrimônio da Unesco. Mas não são tão baratos (preços variam de 20 a 35 euros) e não incluem os bilhetes de entrada. Algumas empresas que eu vi que oferecem esses tours são Tranventuria e Rila Shuttle. Não conheço essas empresas porque não usei seus serviços, por isso não posso dizer se são boas.
A outra opção é ir por conta própria de ônibus. Você pode encontrar informações mais detalhadas sobre como ir até Rila no site Bulguides e no site da Free Sofia Tours. Aliás, a Free Sofia Tours oferece um excelente tour grátis em Sofia! Há também o Balkan Bites, que oferece um tour grátis sobre culinária búlgara que é ótimo.
Espero que essas dicas ajudem.
Abraços!
 
Última edição por um moderador:
Top