Novidades

Egipto - Deserto Branco?

badbones

Membro Conhecido
Estou a pensar ir ao Egipto em Dezembro. Estive a analisar alguns programas das agencias de viagens e o que me parecer mais interessante foi Cairo/Deserto Branco/Cruzeiro Nilo e Abu Simbel.

A parte menos simpatica é que o Deserto Branco encarece bastante a viagem.

Alguem tem informações sobre o Deserto Branco? Vale a pena a visita?
 
Olá,

Eu já visitei o Deserto Branco e adorei!

Diz-me qual é o progama dessa parte da viagem e era poderei dizer-te se vale a pena ou não...(claro que está de acordo com a minha opinião...)
Normalmente não se visita só o Deserto Branco, até lá chegares existem sitios lindos.
 

badbones

Membro Conhecido
Olá Cadocha

O plano é este:

1º dia
Viagem para o Cairo.

2º dia Cairo / Bahariyya
Visita de meio-dia de cidade, incluindo o planalto de Gizé e às Pirâmides de Keops, Mikerinos e Kefren (visita ao exterior) ao templo do vale de Kefren e à Esfinge, famosa guardiã da Pirâmide, conjunto monumental considerado uma das 7 maravilhas do Mundo Antigo. Em hora a determinar localmente, transporte em veículos 4x4 em direcção ao sudoeste egípcio e ao Deserto Branco. Chegada ao oásis de Bahareya, fascinante cenário onde visitará parte da antiga cidade, o monumento de Butuny e o museu que conserva as 5 múmias douradas, recentemente descobertas. Jantar e alojamento no hotel.

3º dia - Bahariyya / Deserto Branco / Farafra
Depois do pequeno-almoço, saída em direcção ao Deserto Branco. Pela manhã, visita do Tumulo de Bennuti, Ain Meftela e de Alexandre "O Grande". Almoço durante a viagem. Á tarde, continuação da visita ao Deserto Negro e à montanha de Cristal. Jantar e alojamento em acampamento.4º dia - Farafra / Dakhala
Pequeno-almoço. Partida em direcção ao oásis de Dakhla, visitando pelo caminho El Mozawaka. Almoço durante a viagem. Chegada a Mut, capital de Dakhla. Jantar e alojamento em hotel.5º dia - Dakhala / Kharga
Depois do pequeno-almoço, partida para visita ao oásis de Al Kargha, situado no vale do Nilo. Pelo caminho visita ao povoado de El Qsar, construído em estilo islâmico tradicional. Chegada e visita da cidade Al Kharga, e visita ao templo de Hibis e túmulos cristãos de Bagawat. Almoço piquenique. De tarde saída para Luxor. Chegada e transporte para o barco da categoria seleccionada. Distribuição das cabinas. Jantar e alojamento a bordo.
3º dia - Bahariyya / Deserto Branco / Farafra
Depois do pequeno-almoço, saída em direcção ao Deserto Branco. Pela manhã, visita do Tumulo de Bennuti, Ain Meftela e de Alexandre "O Grande". Almoço durante a viagem. Á tarde, continuação da visita ao Deserto Negro e à montanha de Cristal. Jantar e alojamento em acampamento.

4º dia - Farafra / Dakhala
Pequeno-almoço. Partida em direcção ao oásis de Dakhla, visitando pelo caminho El Mozawaka. Almoço durante a viagem. Chegada a Mut, capital de Dakhla. Jantar e alojamento em hotel.


5º dia - Dakhala / Kharga
Depois do pequeno-almoço, partida para visita ao oásis de Al Kargha, situado no vale do Nilo. Pelo caminho visita ao povoado de El Qsar, construído em estilo islâmico tradicional. Chegada e visita da cidade Al Kharga, e visita ao templo de Hibis e túmulos cristãos de Bagawat. Almoço piquenique. De tarde saída para Luxor. Chegada e transporte para o barco da categoria seleccionada. Distribuição das cabinas. Jantar e alojamento a bordo.


Depois cruzeiro e mais uma noite no Cairo

 
Olá,

Nos dias 2 e 3 é basicamente o percurso que fiz. A diferença é que eu regressei ao Egipto e não continuei até Dakhala nem Kharga.

No Cairo ficas pouco tempo o que não te permite ver as Mesquitas, nem o Museu Egipcio.

Em relação ao Deserto eu adorei. Foi uma experiência fantástica. Acampar ao luar, ver o nascer do sol no deserto...

Eu fui numa viagem privada com guia, contratada a uma agência do Egipto. Fui eu que fiz o meu programa e fui pedindo orçamentos...e negociando.

Espero ter ajudado.

Bjs,
Paula
 

ploferreira

Moderador Sénior
Staff
Assim de repente,

Cuidado com os câmbios, vão abordar-te várias vezes para trocar moedas de euros por notas, 90% das vezes é vigarice e dão-te uma ou duas moedas de euros e o resto em Libras, muito semelhantes em aspecto com as moedas de 2 euros mas com um valor irrisório

Regateia tudo o que queiras comprar, trazes as coisas na boa por menos de metade do que te pedem

Não andes de camelo ao pé das pirâmides, pedem-te apenas 1 euro andar, mas isso é só para subir, depois pedem-te 20 eur para descer ou então andam a dar voltas contigo até te cansares...

Confirma SEMPRE o troco e as taxas que te cobram, os Egípcios são mestres na arte dos esquemas na Hora de pagar.

A minha mala chegou a luxor destruída, ao olhar para as pessoas que manejam as malas percebes logo o porquê... se te acontecer o mesmo, faz de imediato uma reclamação por escrito e guarda o duplicado da reclamação, só assim poderás accionar o seguro em Portugal. No meu caso reembolsaram-me 100% do valor da mala

Assim de repente não me ocorre mais nada

Se tiveres alguma dúvida diz!
 
Top