Eficácia do protetor solar comprado em Portugal - nas Caraíbas

ana1988

Membro Novo
Boa tarde. Alguém sabe se os protectores da farmácia (Ávene, etc) nos protegem adequadamente dos escaldões nas caraíbas?
(Tenho a pele muito branquinha e normalmente aqui em Portugal, costumo colocar sempre factor 50+).
 

PauloNev

Moderador Sénior
Staff
Os protectores são eficazes, se cá já usa factor 50, lá utilize o mesmo mas reforce a utilização, de duas em duas horas por exemplo.
Outro factor a ter em conta é o tempo que irá passar dentro de agua.
 

yara

Membro Conhecido
Se é branquinha, desde que reforce a utilização de 2h em 2h acho que não há problema nenhum.
Ainda para mais protectores de farmácia, seguramente está protegida.
 

Ricardo_7

Membro Conhecido
Olá,

Como já foi dito acima, se a camada for reforçada de 2 em 2h não haverá problemas :) Em caso mais "extremos" podes fazer como um familiar meu, coloca de 30 e 30m e sempre que fica seco, por exemplo.

Boas Viagens :)
 

rum

Moderador
Staff
Eu diria que são eficazes enquanto a protecção existe e não se perdeu, por exemplo na água. Mas se o sol é um problema, e é bom que estejamos cientes disso (e contra mim falo), há camisolas de protecção solar e é normal haver por lá. Vêm-se muito principalmente para crianças. Sendo o tópico generalista, sobre a Caraíbas, é preciso ter atenção que há alguns parques que não aceitam que se entre no seu recinto com a maioria dos protectores. Por muito bom que seja mas se não for biodegradável fica na recepção e é devolvido no final. Um dos parques é Xel-Há, na Riviera Maya, e em alternativa eles são uma saqueta com um protector "amigo do ambiente", mas não é suficiente para um pessoa durante todo o dia.
 
Última edição:

Dsanto

Membro Conhecido
Bom dia,
vou repassar o conselho do médico das viagens: protetor acima dos 50, antes de sair do quarto e depois de 2 em 2 ou 3 em 3 horas. Depois do protetor não ir imediatamente para a água, nem se vestir de imediato, para ter certeza que é bem absorvido. Ter muita atenção a palmas das mãos, pés e orelhas que muitas vezes são negligenciados e onde se apanham queimaduras gravíssimas. Também é tão ou mais importante beber muita água que hidrata a pele que assim recebe melhor o sol. Há muita oferta de bebidas alcoólicas durante o dia, que o médico diz ser de evitar por causa das insolações, muito álcool e sol podem dar cabo das férias, então deixar o álcool para o final da tarde e noite... Com isto em mente venho sempre de lá bronzeada sem me ter escaldado e estar em lascas. ;)
 

Bee

Membro Conhecido
Reforço tudo o que já foi dito. Eu própria tenho muitos e sérios problemas de pele e não posso descurar o protetor solar, nem no Inverno. Nas férias levo sempre reforço de protetor e aplico muito frequentemente (talvez de hora a hora, se não menos). Uma coisa que eu tomo nos meses de Verão, além do protetor, é um suplemento alimentar que se destina à fotoimunoproteção (Heliocare Ultra D). Fale com o seu médico.
Outra coisa que não dispenso é água termal para aplicar no rosto.
Vá sem medos, siga os conselhos médicos, e vai amar as férias!
 
Eu diria que são eficazes enquanto a protecção existe e não se perdeu, por exemplo na água. Mas se o sol é um problema, e é bom que estejamos cientes disso (e contra mim falo), há camisolas de protecção solar e é normal haver por lá. Vêm-se muito principalmente para crianças. Sendo o tópico generalista, sobre a Caraíbas, é preciso ter atenção que há alguns parques que não aceitam que se entre no seu recinto com a maioria dos protectores. Por muito bom que seja mas se não for biodegradável fica na recepção e é devolvido no final. Um dos parques é Xel-Há, na Riviera Maya, e em alternativa eles são uma saqueta com um protector "amigo do ambiente", mas não é suficiente para um pessoa durante todo o dia.
Vou ao México em Julho e este tópico preocupa-me.
Não vou a nenhum parque mas vou ao Cenote Ik Kil e tenho receio de ter de deixar o meu protetor solar para trás.
Já estive a "estudar" as opções de protetor biodegradável mas são caríssimos (e eu já uso normalmente protetor de farmácia mas still...).
 

Cláudio Pereira

Membro Conhecido
Olá. Queria juntar uma ou duas notas ao que foi dito.

Colocar protector solar de 2 em 2 horas, reforça a protecção, como é natural. Agora, não temos(nem devemos) de estar constantemente ao sol assumindo que com o protector não há problema nenhum. Assim como usar protector, mas não evitar as horas em que o sol está mais a pique, também não é benéfico.

Agora, à parte de proteger a pele, por exemplo, de cancro da pele, há que ter em conta outro aspecto: Vitamina D.
Vários estudos de investigadores, médicos e instituições indicam que a exposição solar é necessária para não termos défice de vitamina D e o número crescente de cancro, doenças cardiovasculares, diabetes, depressão, são algumas delas.

Podem encontrar alguma info sobre o assunto aqui e aqui

Alguns trechos:
"O mesmo estudo alerta ainda para a elevada prevalência de deficiência grave de Vitamina D, que afeta quase metade (48%) da população estudada."
"O protetor solar defende-nos da radiação, evitando o cancro da pele, mas também impede a produção de Vitamina D. A melanina dificulta a produção da vitamina. Por isso, as peles mais morenas são menos eficazes na síntese desta hormona."
 
Última edição por um moderador:

rum

Moderador
Staff
Vou ao México em Julho e este tópico preocupa-me.
Não vou a nenhum parque mas vou ao Cenote Ik Kil e tenho receio de ter de deixar o meu protetor solar para trás.
Já estive a "estudar" as opções de protetor biodegradável mas são caríssimos (e eu já uso normalmente protetor de farmácia mas still...).
No Ik kil não fazem qualquer controlo. Não há problema nenhum em usar qualquer tipo de protetor. Que eu saiba, atualmente, só em Xel Ha devido à condição de aquário natural, e para preservar a fauna (e eventualmente a flora), é que não se pode usar todos os protetores.
 

ana1988

Membro Novo
Vou ao México em Julho e este tópico preocupa-me.
Não vou a nenhum parque mas vou ao Cenote Ik Kil e tenho receio de ter de deixar o meu protetor solar para trás.
Já estive a "estudar" as opções de protetor biodegradável mas são caríssimos (e eu já uso normalmente protetor de farmácia mas still...).
Também vou em julho ;)
 

Eloisa Loureiro

Membro Conhecido
No Ik kil não fazem qualquer controlo. Não há problema nenhum em usar qualquer tipo de protetor. Que eu saiba, atualmente, só em Xel Ha devido à condição de aquário natural, e para preservar a fauna (e eventualmente a flora), é que não se pode usar todos os protetores.
@rum sabe se no xcaret somos muito controlados?
 

johnny__08

Membro Novo
Eu uso melanotan 2, compro no OLX de um vendor do Porto, utilizo 1 mes antes de viajar, e depois utilizo protector solar factor 50+ sempre e nunca apanho escaldão, garantido.
 
Última edição por um moderador:
Top