Coronavírus! O que fazer?

yara

Membro Conhecido
O reembolso do meu voo internacional no valor de 2200€, pode levar cerca de 3 meses para receber, mas prefiro esperar 3 meses do que remarcar até 31/12(penso que depois seria difícil agendar novas datas de modo a coincidir com férias escolares e sem certezas da duração desta pandemia), tenho situações em que o reembolso é em voucher, outras em crédito com validade de 365 dias a contar da data do voo (neste caso tenho tempo para planear novamente as férias para o próximo ano).
No meu caso as coisas estão a decorrer favoravelmente (também porque a maior parte dos cancelamentos têm sido da parte das companhias aéreas e da agência onde comprei o alojamento de praia), os únicos cancelados por mim dos quais já recebi o reembolso foi os alojamentos do Airbnb , outro vou receber 50% porque o hotel foi simpático quando o questionei sobre a flexibilidade em relação ao covid-19, uma vez que não tinha direito ao reembolso, deram-me 2 opções- 50% ou remarcar com custos. Tive sorte porque as férias enquadram-se no período abrangido pelo cancelamento das respectivas empresas aéreas e hoteleiras.
Mesmo sem haver direito a reembolso vejo que os hotéis estão a ser flexíveis e a dar opções, o que é de louvar, numa situação destas.
Nas opções escolheu os 50%, certo?
 
Última edição por um moderador:

petrus

Membro Ativo
A situação complica-se também para quem está "do outro lado" e não me refiro apenas a hotéis, companhias de aviação, operadores turísticos, guias...

O marido de uma colega trabalha numa conhecida agência de viagens e diz que tem tido imenso trabalho com desmarcações, cancelamentos e afins que as vendas são 0 e não vai dar para aguentar muito tempo assim!!!
 

roller

Membro Conhecido
Eu já consegui finalmente falar com a Transavia e já consegui o voucher de reembolso. Eles por telefone disseram que se quiser reembolso em € terá que partir para vias legais.

No caso do meu amigo não é grave pois vai mesmo ter que fazer a viagem. Mas preparem-se que os reembolsos em €€ vão demorar e podem vir a ser complicados.

A ver como corre um dia de cada vez ;)
 
Última edição por um moderador:

basapistas

Membro Conhecido
As companhias aéreas vão entrar em ruptura, muito brevemente e muitas abrir falência, conjuntamente com operadores turísticos, hotéis, etc!

Eu também tenho voo com a Easyjet para inícios de junho e já recebi o email para alterar os voos "gratuitamente", mas ao ver novas datas os preços estão exorbitantes!
Na prática, estão a sugerir para alterar voos que ainda não cancelaram (e que ainda vendem lol) para outras datas, a preços mais caros, sem sequer termos garantia que esse voo vai realizar-se!

Vai ser o vale tudo e vamos assistir a falência e desespero de muita gente!

Até digo mais, neste momento comprar qualquer viagem para os próximos meses (4 a 5 meses) é jogar na roleta, não há garantias!

Nada voltará a ser como antes!
 
Última edição:

Sawyer815

Membro
Portanto, tinha uma viagem pela América do Sul marcada para março e abril. O voo de ida de Madrid foi cancelado, sendo que a Iberia já me enviou um voucher para gastar. O voo de volta é da Tap no final de abril. Já pedi um reembolso no site deles (está a aguardar análise à 15 dias), já lhes tentei ligar, mandar mensagens e nada. Não tive qualquer resposta da Tap. Sendo que ainda falta um mês para a data do voo... ainda tenho tempo. Nas secções online de "gerir reserva" não me aparece qualquer opção de alterar o voo.
 
Última edição por um moderador:

Gustavo Pessoa

Membro Novo
Bom dia a todos, tenho para inicio de Julho 2020 viagem comemorativa de aniversário de casamento marcada para as Maldivas(voo pela Emirates com escala no Dubai e resort/transfer pela Guna Travel).
Foi uma viagem à muito planeada e pela 1ª vez marquei viagem no ano anterior à mesma e está a passar-se o que todos sabemos🙂
Sei neste momento as condições de cancelamento e alterações da viagem(que podem ser alteradas futuramente), mas a 3,5 meses da viagem ainda falta bastante tempo para tomar uma decisão final, estando constantemente em cima das noticias sobre o Covid-19.
Obviamente nunca colocarei em causa a saúde da família, ainda mais irei com uma criança e preferirei cancelar a viagem se não me sentir confortável, mesmo perdendo parte do valor, pois "vão-se os anéis ficam os dedos" e as Maldivas vão continuar a existir 😉
Alguém por aqui que vá em Julho para as Maldivas e esteja com o mesmo dilema?
Boa Noite a todos!
Estou num dilema semelhante e um tudo nada assustador e gostava de obter respostas e conselhos dos mais calejados (uma vez que é a primeira vez que me aventuro numa viagem de tamanha dimensão).
Caso no final de junho e saiu no último dia de junho de lua de mel em direção ao Dubai num combinado com as Maldivas! Já tenho parte da viagem liquidada e acabei por comprar as passagens através de uma agência de viagem e vou por intermédio da soltropico.

Ainda falta muito tempo e o panorama da pandemia no mundo vai certamente mudar, mas há muitas dúvidas neste momento...

Desde logo digam-me o seguinte, eu posso neste momento alterar a viagem? Reagendar para evitar perder o valor da mesma (só o faria caso a situação não melhorasse,e não nos fosse permitido viajar, ou estivéssemos limitados a fazer quarentena nos destinos, algum problema com o casamento, etc...)

Quais os direitos que me assistem? Ou existe algum seguro que seria interessante subscrever, não sabendo o que estará a acontecer daqui a 3 meses?

Muito grato, e que tudo isto passe depressa!
#StayHome
 

yara

Membro Conhecido
Boa Noite a todos!
Estou num dilema semelhante e um tudo nada assustador e gostava de obter respostas e conselhos dos mais calejados (uma vez que é a primeira vez que me aventuro numa viagem de tamanha dimensão).
Caso no final de junho e saiu no último dia de junho de lua de mel em direção ao Dubai num combinado com as Maldivas! Já tenho parte da viagem liquidada e acabei por comprar as passagens através de uma agência de viagem e vou por intermédio da soltropico.

Ainda falta muito tempo e o panorama da pandemia no mundo vai certamente mudar, mas há muitas dúvidas neste momento...

Desde logo digam-me o seguinte, eu posso neste momento alterar a viagem? Reagendar para evitar perder o valor da mesma (só o faria caso a situação não melhorasse,e não nos fosse permitido viajar, ou estivéssemos limitados a fazer quarentena nos destinos, algum problema com o casamento, etc...)

Quais os direitos que me assistem? Ou existe algum seguro que seria interessante subscrever, não sabendo o que estará a acontecer daqui a 3 meses?

Muito grato, e que tudo isto passe depressa!
#StayHome
Boa noite!
Se comprou tudo através de uma agência de viagens, será melhor perguntar quais as condições de venda e cancelamento da viagem que comprou.
Neste momento, só a agência lhe pode dizer isso.

Quanto a seguros, tenho ideia que não existem seguros de viagem que cubram a situação de pandemia...
 

roller

Membro Conhecido
@Gustavo Pessoa Tal como disse a @yara não há seguro que te valha se tiveres os voos cancelados por pandemia.

Se puderes vê e acerta com a agência qual a tua data limite para tomares uma decisão de alteração/cancelamento.

Eu sei que é chato pois trata-se de uma lua de mel... mas se calhar via a hipótese de ter um plano B para adiar a lua de mel. Tem datas definidas ou algo assim para caso daqui a 1 ou 2 meses a situação não estiver resolvida ou com mais visibilidade nao correres mais riscos.

São dias muito incertos pelo que não existem formulas mágicas, temos que tentar minimizar o prejuízo que tudo isto nos está a proporcionar.
 

joker

Membro Conhecido
Como já mencionei por aqui e com saída para as Maldivas no inicio Julho 2020, vou aguardar até final de Maio para tomar uma decisão final.

No caso da Guna Travel e se desejar cancelar a estadia no Sun Island Resort(não coloquei ainda a questão de alterar data reserva) tenho:
After the "free cancellation" deadline the following cancellation fees will apply:
Cancellation until 30 days before arrival: 30% cancellation fees of the total amount
 

roller

Membro Conhecido
Como já mencionei por aqui e com saída para as Maldivas no inicio Julho 2020, vou aguardar até final de Maio para tomar uma decisão final.

No caso da Guna Travel e se desejar cancelar a estadia no Sun Island Resort(não coloquei ainda a questão de alterar data reserva) tenho:
After the "free cancellation" deadline the following cancellation fees will apply:
Cancellation until 30 days before arrival: 30% cancellation fees of the total amount
Essa situação mantém-se nos voos também?

Eu digo que tudo isto poderá estar a demorar porque a Ryanair dizer que vai ter TODOS os aviões no chão em abril e maio é muito estranho...
 

joker

Membro Conhecido
Essa situação mantém-se nos voos também?

Eu digo que tudo isto poderá estar a demorar porque a Ryanair dizer que vai ter TODOS os aviões no chão em abril e maio é muito estranho...
Como publiquei por aqui ontem na minha reserva Emirates Lisbo-Dubai-Malé:
PENALTIES :
CHANGES
ANY TIME
PER TICKET CHARGE EUR 100.00.
PER TICKET CHARGE EUR 200.00 FOR NO-SHOW

CANCELLATIONS
BEFORE DEPARTURE
PER TICKET CHARGE EUR 200.00 FOR CANCEL/REFUND
TICKET IS NON-REFUNDABLE IN CASE OF NO-SHOW
 

roller

Membro Conhecido
Espero que sim... pois não é que eu seja de faltar a voos ehehe mas perder um avião pode acontecer... e ainda ter uma taxa por isso vai la vai...
Se for por essas razão... até faz o seu sentido. ;)
 
Última edição por um moderador:

yara

Membro Conhecido
Como publiquei por aqui ontem na minha reserva Emirates Lisbo-Dubai-Malé:
PENALTIES :
CHANGES
ANY TIME
PER TICKET CHARGE EUR 100.00.
PER TICKET CHARGE EUR 200.00 FOR NO-SHOW

CANCELLATIONS
BEFORE DEPARTURE
PER TICKET CHARGE EUR 200.00 FOR CANCEL/REFUND
TICKET IS NON-REFUNDABLE IN CASE OF NO-SHOW
A pessoa não comparece por opção própria e ainda tem de pagar???
Eu estava lixada então...

Não compareci em voos a semana passada, perdi dinheiro por não serem cancelados e não ir e ainda pagava por cima?????
 

Paulo Leite

Coordenador
Staff
Como publiquei por aqui ontem na minha reserva Emirates Lisbo-Dubai-Malé:
CANCELLATIONS
BEFORE DEPARTURE
PER TICKET CHARGE EUR 200.00 FOR CANCEL/REFUND
TICKET IS NON-REFUNDABLE IN CASE OF NO-SHOW
Só para não se encherem paginas com o significado disto... e só desta vez cá vai...

Se cancelarem o bilhete antes da partida tem um penalização de € 200 isto é se pagaram 1000€ só recebem 800€
Se fizerem no-show , a tarifa não é reembolsável...
 

B_a_r_t

Membro Ativo
Boa noite,
Tinha reserva Faro-Porto-Faro com ida a 20 e regresso a 22 (já em Período de Emergência).
A Ryanair deu opção de trocar a viagem por outras datas mas todos os períodos que tentei seleccionar tinham uma tarifa muito mais elevada mesmo com sem o pagamento das taxas de alteração implicava o pagamento de valor superior ao que tinha pago inicialmente pelos voos.

Tentei de várias formas o contacto afim de verificar a possibilidade de troca por um voucher (mesmo sem devolução do valor) e foi de todo impossível conseguir o contacto.

Alguém sabe se tenho forma de pedir a emissão de uma vale com o valor dos voos ou o reembolso? Acho no mínimo estranho que mesmo em período de urgência a companhia continuasse a operar e fosse permitida uma viagem turística.

Obrigado!
 
Top