Como é viajar de avião com crianças pequenas?

ladym

Membro Conhecido
Já vi de tudo...na ultima viagem fui 10 horas a ouvir um bebe aos gritos (10 horas seguidas sem parar...)...mas como íam muitas crianças neste voo,um bebe no meio de tantos nem foi muito mau!...Pelo que os meus amigos que viajam com crianças me contam, é imprevisivel, garotos que nunca choram vão o caminho todo a berrar, crianças que normalmente fazem birras, vão sossegadas...não há maneira de prever como vai correr. :) Como não se pode prever mais vale escolher o destino que for melhor para todos!
Obrigada pela partilha de experiências.

Penso que o meu "stress" de os levar a fazer uma viagem longa seja mesmo por eu própria não me sentir propriamente à vontade fechada tanto tempo dentro de um avião. Se calhar eles fazem a viagem muito melhor que eu. :)
Compreendo tão bem o que diz, porque tendo aerofobia não consigo sequer imaginar levar um filho (não tenho, mas numa situação potencial, se tivesse) num avião...mas depois penso, o problema é meu, só meu, e não poderia prejudicar o resto da familia por causa dos meus receios ;) Só fiz este aparte para não achar que é a unica com este tipo de pensamento...Imensos miudos viajam de avião sem dramas :)
 

sicpaiva

Membro Conhecido
Obrigada pelo feedback.

Vamos começar devagarinho. :)

Em Maio temos voo marcado para Lisboa. Mega promoção da Ryanair com os voos de 3 €. Vai ser o voo de batismo. :) E depois em Junho vamos até Menorca.

Para o ano logo se vê se nos lançamos em voos mais longos.

Eu é que sou uma cagarolas com as latas voadoras. :unsure: Mas não há-de ser nada... Um xanaxzito costuma resolver. :p
 

Patrícia881

Membro Ativo
sicpaiva disse:
Olá boas tardes!

Este ano, se tudo correr conforme planeado, pretendemos fazer as primeiras férias de avião com os filhotes.

Uma vez que é a 1ª viagem e não sei como eles poderão reagir ao avião (e a mãezinha deles também é uma medricas para longas viagens fechada dentro de um avião) temos andado a ver preços para Junho para locais mais perto - Menorca, Ibiza, Cabo Verde, Porto Santo. No entanto, ao ver os preços para estes destinos para 2 adultos e 2 crianças de 3 anos, quase que me dá vontade é de ir para as Caraíbas. :blink:

Mas as Caraíbas são tão longe.... :wacko:

Quem já fez viagens de avião com crianças com cerca de 3 anos pode partilhar comigo a experiência? Viagens longas? Curtas? Como se comportam eles? O que fazem para os entreter tanto tempo fechados no avião? Foi uma boa 1ª experiência ou foi um bocadinho "traumática" e não apetece repetir? :p

Obrigada desde já pela partilha.
Olá sicpaiva,

Eu fiz a 1ª viagem de avião dos meu filhos em Outubro passado. Não foi muito longe, fomos à Disney. Ele com 8 anos e ela com 18 meses :)

Eu estava cheia de medo da viagem, mais por ela do que por ele. O certo é que correu muito bem...
Com ela tive só de ter a preocupação de que ia a chuchar algo na altura de levantar voo e de aterrar, e ele ficou todo contente pois foi-lhe permitido mascar pastilhas :)
Ela assim que lhe coloquei a chucha adormeceu logo e fez as 3h a dormir ao meu colo (ai os meus braços), ele foi sempre distraído pois tinha entrado em contacto com a Tap e eles têm coisas para distrair as crianças e até refeição própria para eles (child & baby meal).
Para cá, a mesma coisa, tirando que a pequena veio sempre acordada e deliciada com as brincadeiras das hospedeiras, e com os presentes :)

Mas nada me garante que numa próxima viagem a coisa corra da mesma maneira, são crianças e imprevisíveis. Julgo que depende muito também do espirito dos pais nestas coisas. Vá descansada e com truques na manga para os distrair :)


Boas viagens
 

Asae

Membro Conhecido
Não consigo ler tudo o que escreveram mas pelo que tenho lido em blogs de pessoas que viajam com crianças existe uma regra que vou aplicar para viagens longas: viajar de noite porque elas dormem a maior parte do tempo e é opimo para o jetleg delas ;)
 

Matilde Sofia

Membro Ativo
A minha filha tem 3 anos e já conta com 8 viagens, 5 delas inter-continentais!
E posso dizer que a que se portou pior foi a mais curta de todas para São Miguel nos Açores...
Já fez viagens de 11h de voo com menos de 1 ano, já fez 3 voos seguidos para o Hawai no ano passado e aguenta-se bem!
É uma questão de hábito também... ela adora aviões (vai lá saber-se porquê :p)
Importante é levar sempre algo para os distrair, sobretudo em voos charter sem ecrã dedicado por passageiro.... bonecos, lápis de cor, tablet com filmes (se necessário), e muita conversa!

Ah, e levar sempre água para eles e fruta/bolachas, os miúdos têm sempre apetite nas alturas mais estapafúrdias!
Oaago temos um grupo no facebook que familias que viajam com os seus filhos partilham as suas experiencias e viagens.
Com as viagens fanstasticas que fez com a sua filha acho que era uma grande valia para a nossa pagina?Quer-se juntar a nós?
deixo o link
https://www.facebook.com/groups/537768783280402/
 

estrela

Membro
Olá!
No ultimo verão viajamos todos para Samaná (RD), eu o marido e os meus 3 filhos que à data tinham 8, 3 e 1 ano respectivamente e, correu bem. A chave nestas situações é mantê-los distraídos e não deixar que se aproximem birras mas, para isso é necessário m/ imaginação e disposição, o que por vezes os pais não têm pq estão cansados e querem descansar...

É necessário ter presente que vamos com crianças e como tal não nos podemos comparar com os vizinhos do lado que estão a dormir ou a ver filmes, etc, pq só nos irritamos mais... A n/ missão é brincar e entreter os meninos dentro da normalidade e nisso eu e o meu marido vingamos :)

Os meus filhos levam uma bagagem de mão com coisas que eles escolhem, depois no aeroporto tento sempre comprar uma novidade para as "emergências" e também levo leite, chupetas, pintarolas, bolos secos, chocolates, batatas fritas... e vou "negociando" a boa disposição deles com estas coisas, pois no dia a dia não comem destas coisas e qdo lhes dou ficam todos contentes :)

Quanto ao tempo de voo se fosse eu arriscava o mais longo, fiz sempre isso com os meus filhos, o baptismo de voo deles os 3 foi sempre para as Caraíbas e, já fizeram viagens mais curtas tipo Palma Maiorca mas sinceramente compensa distrai-los mais um pouco e compensar com um destino muito melhor e consequentemente umas férias melhores também para nós pais, porque na minha opinião com filhos só consigo ter "algum" sossego nas Caraibas.

É apenas a minha opinião / vivência.
Olá Sandra
Tire-me uma dúvida por favor...
Nós já viajamos com a nossa filha mais velha várias vezes inclusive Punta Cana. Mas quando fomos nestes voos maiores ela tinha lugar no avião e por isso a nossa função era basicamente entrete-la...
Agora já tem 7 anos e temos um pequenino que tem 18meses.
Estamos a pensar em ir novamente a Punta Cana na altura em que ele tem 23 meses e por isso tem que ir no nosso colo...
Acha que é demasiado optimista da minha parte em leva-lo no colo? É muito difícil?
É que adoramos as Caraíbas e queríamos aproveitar o facto de ele não pagar mas tenho receio de estar a ser optimista e a viagem ser um caos e incomodar toda a gente...
Obrigada desde ja
 

sandra Cortez

Membro Ativo
Olá Sandra
Tire-me uma dúvida por favor...
Nós já viajamos com a nossa filha mais velha várias vezes inclusive Punta Cana. Mas quando fomos nestes voos maiores ela tinha lugar no avião e por isso a nossa função era basicamente entrete-la...
Agora já tem 7 anos e temos um pequenino que tem 18meses.
Estamos a pensar em ir novamente a Punta Cana na altura em que ele tem 23 meses e por isso tem que ir no nosso colo...
Acha que é demasiado optimista da minha parte em leva-lo no colo? É muito difícil?
É que adoramos as Caraíbas e queríamos aproveitar o facto de ele não pagar mas tenho receio de estar a ser optimista e a viagem ser um caos e incomodar toda a gente...
Obrigada desde ja
Bom dia Estrela!
Sim, é um pouco violento... Apenas me aconteceu 1 vez (viajar com criança ao colo) e foi para Samaná com escala... Não é que a criança sofra porque vai ao colo e está sempre a ser mimada etc... O pior é para nós pais, que ficamos todos partidos, nomeadamente quando eles dormem porque temos de adoptar sempre a mesma posição horas a fio.
Mas lá está por vezes o sacrifício compensa...
É uma decisão sua viajar sem lugar de avião mas, eu disse que nunca mais o faria... A viajem Samaná-Jamaica-Portugal foi muito morosa e consequentemente cansativa...
Pode sempre ter a sorte de o avião não ir cheio e ter mais lugares ;-) Já eu não tive essa sorte porque o avião ia repleto...
 

estrela

Membro
E mesmo esse o meu receio...
Quando fomos para Antalya a mais velha tinha 18 meses e havia alguns lugares vagos e foi uma sorte...
Posso sempre fazer uma promessa
Obrigada pela resposta... Tenho que ponderar bem
 

sandra Cortez

Membro Ativo
E mesmo esse o meu receio...
Quando fomos para Antalya a mais velha tinha 18 meses e havia alguns lugares vagos e foi uma sorte...
Posso sempre fazer uma promessa
Obrigada pela resposta... Tenho que ponderar bem
Se em termos monetários a diferença for muita, arrisca!!!
Também depende muito da época em que vás... No meu caso foi em Julho e 2 dias antes a Soltour fez uma promoção bombástica para a Jamaica o que fez com que o voo fosse lotado...
 

martinsjoao

Membro Conhecido
Viajei com o meu pequenino a primeira vez quando ele tinha 3 meses;
Voltei a repetir aos 6 meses e depois com 10, para Palma de Maiorca.
De todas as vezes foi tranquilo.... no caso dele, não pega em chupeta, a médica disse que ir a dar de mamar podia ajudar com os ouvidos; até agora correu bem!
em Abril vai a Milão e em Agosto estou com tudo apontado para Punta Cana... aliás, não fui a Punta Cana (já que tinha "melhor preço" do que Maiorca) no ano passado, porque a Mãe teve medo das condições lá... este ano espero ir;

quanto a correr bem ou mal, será sempre subjectivo... já viajei com muitos bebés sem problemas e já viajei com bebés bastante incomodados; Infelizmente os pais (na maioria dos casos) não conseguem controlar isso;
o caso que me deixou perplexo foi quando fui às Maldivas que ia uma bebé com o máximo de 6 meses, fez a viagem "comigo" desde Madrid/Doha/Malé e foi todo o caminho a rir e bem disposta.

Mas isto não é linear....
 
Última edição:

estrela

Membro
Se em termos monetários a diferença for muita, arrisca!!!
Também depende muito da época em que vás... No meu caso foi em Julho e 2 dias antes a Soltour fez uma promoção bombástica para a Jamaica o que fez com que o voo fosse lotado...
A simulação que fiz pela soltour como se tivesse 2 anos fica cerca de 800€ a mais...
Eu acho que a diferença é grande e se calhar valha a pena o esforço. E a ideia é ir em Julho por isso deve ir lotado...
Vou ver pela agência para ver se dá igual...
Obrigada
 
Última edição por um moderador:

sandra Cortez

Membro Ativo
A simulação que fiz pela soltour como se tivesse 2 anos fica cerca de 800€ a mais...
Eu acho que a diferença e grande e se calhar valha a pena o esforço .. E a ideia é ir em Julho por isso deve ir lotado...
Vou ver pela agência para ver se dá igual...
Obrigada
Por essa diferença, acho que o levava ao colo ;-)
Atenção que os bebés não vão completamente grátis... pagam taxas...
 

sandra Cortez

Membro Ativo
Sim eu já vi mas é cerca de 170€
Vou convidar os avós para irem connosco... Com sorte vamos rodando o colo
Muito importante:
Se os avós forem convosco, pode colocar uma criança no pacote deles e vai grátis e outra no v/ pacote e também vai grátis, sendo que vão todos com lugar no avião (assento)!!!
Eu uso sempre essa técnica para usufruir de mais uma criança grátis, pois tenho 3...
 

estrela

Membro
Bem... Explique-me melhor isso
Mas tendo o bebé 1 ano consigo que vá no aviao com lugar só a pagar as taxas? Ou é grátis no hotel?
Obrigada

Muito importante:
Se os avós forem convosco, pode colocar uma criança no pacote deles e vai grátis e outra no v/ pacote e também vai grátis, sendo que vão todos com lugar no avião (assento)!!!
Eu uso sempre essa técnica para usufruir de mais uma criança grátis, pois tenho 3...
 

carla08

Membro Conhecido
E dicas para bebés de ano e meio que viajam ao colo mas não gostam de estar ao colo e não se entretem com tablets e afins? :)
A viagem não é longa, mas... ☺
 

L_C

Membro
Ola @sicpaiva.. compreendo perfeitamente a ansiedade, mas há que pensar que quanto mais complicamos mais dificil se torna. A primeira viagem do meu filho foi com 22 meses para a República Dominicana, com 3 anos fomos ao México e mais meia duzia de viagens pequenas: Açores, Bruxelas, etc. Na altura escolhi os brinquedos que ele brincava mais e algumas novidades (ainda hoje com 4 anos e meio levo sempre coisas novas para entrar em accao o factor surpresa 😂). Começar por brinquedos, jogos, etc e deixar o tablet para o fim (caso ele comece mesmo a ficar rabujento). Começo a ver com ele videos, mapas, etc do sitio onde vamos, para o entusiasmar.
Quando fui para o México levei uns insuflaveis para colocar no chao em frente ao banco que funciona como um prolongamento do mesmo e permite fazer uma "mini cama". Procure por "inflatable leg rest" no ebay ou aliexpress. Na viagem ao México dormiu 4 horas à ida e a viagem toda a vinda. Ainda hoje fala das "tartarugas, borboletas, golfinhos e coatis" que viu lá. Ainda nao fomos as ilhas espanholas nem a Porto Santo porque fico doente com esses preços.. perco logo a vontade.. vá sem medo e aproveite tudo.. eles adoram e ao contrario do que se pensa, eles lembram-se de tudo 😁
 
Última edição por um moderador:

Misabel

Membro Ativo
A minha filha já fez três viagens grandes, com 3 anos foi a República Dominicana, com 4 para o México e com 5 para Cuba, ela faz sempre as viagens bem, melhor que eu :). Durante o tenpo que vai acordada costumamos levar o tablete com filmes, livros e lápis para colorir, por norma costuma fazer uma sesta longa e umas idas a casa de banho e está feito, correu sempre bem, de vez em quando lá dá uns pontapés no banco da frente mas chamamos à atenção e está resolvido.
Como o compreendo em optar pelas Caraíbas, todos anos pensamos em optar por um destino com menus horas de voo mas com preços iguais aos das Caraíbas, preferimos ir para as Caraíbas. Este ano estamos fartos de procurar por um destino idêntico às Caraíbas mas mais perto mas parece que é impossível de encontrar.
 
Top