Autorização - Viagem com Menor

Tópico em 'Outras Dúvidas e Questões' iniciado por _ren a 5 Dez 2018.

  1. _ren

    _ren Membro Novo

    4
    0
    1
    Alguém me poderia ajudar numa dúvida de viagem com menor?
     
    Editado por um moderador: 7 Dez 2018 at 16:17
  2. Leonorb

    Leonorb Moderador Membro do Staff

    1.335
    1.010
    193
    Olá, bem vindo ao Portal
    Qual é a duvida?
     
  3. _ren

    _ren Membro Novo

    4
    0
    1
    Tenho 18 anos, um filho de 2 anos, e queria ir passar o natal à Suíça. Estou separada o pai do meu filho, nunca quis saber dele! É preciso alguma autorização ou assinatura do pai para ele ir comigo?
     
    Editado por um moderador: 7 Dez 2018 at 16:18
  4. Leonorb

    Leonorb Moderador Membro do Staff

    1.335
    1.010
    193
    Eu diria que sim... mas depende também da situação especifica
    Vê aqui:
    SEF - Serviço de Estrangeiros e Fronteiras
    Menor, filho de pais solteiros, divorciados, separados judicialmente de pessoas e bens, ou cuja casamento foi declarado nulo ou anulado:
    - A autorização de saída tem que ser prestada pelo ascendente a quem foi confiado e/ou com quem reside; Como actualmente o regime normal, em caso de divórcio, é o de responsabilidades parentais conjuntas, o menor poderá sair com qualquer um dos progenitores, desde que não haja oposição do outro*;
     
  5. _ren

    _ren Membro Novo

    4
    0
    1
    Muito obrigada!
     
  6. roller

    roller Membro Conhecido

    5.017
    1.742
    323
    Do que sei, só se for casada ou separada (com casamento valido) é que não precisa da autorização dos dois pais.
     
    Editado por um moderador: 7 Dez 2018 at 16:18
  7. _ren

    _ren Membro Novo

    4
    0
    1
    Namorei... tive o meu filho e ele nunca quis saber nada dele! Tem 2 anos.
     
    Editado por um moderador: 7 Dez 2018 at 16:19
  8. roller

    roller Membro Conhecido

    5.017
    1.742
    323
    ai pelo que sei, tem que ter a autorização do pai...
     
  9. Sílvia78

    Sílvia78 Membro Ativo

    313
    180
    43
    Se tiveres a guarda total do filho não é necessário a declaração! Basta a declaração do tribunal. Se não tiveres regulamentado o poder paternal, aí sim, necessitas.
     
    Rodrigo Ferreira e roller gostam disto.